Nome do Projeto
Estudos Empíricos sobre Concessões
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/05/2018 - 02/03/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Métodos e Modelos Matemát. , Econométricos e Estatísticos
Resumo
Este projeto tem como objetivo, avaliar empiricamente os contratos de concessões, principalmente aquelas formuladas no molde de PPP. Para atingir esse propósito, toma se como base os estudos de Hammami et al. (2006) e Sharma (2012), que buscam identificar quais canais determinam o número de projetos de parcerias e o valor investido nesses empreendimentos. Para este fim, examinam-se o efeito de fatores, bem como, a restrição orçamentária do governo, o ambiente político e de negócios, as condições macroeconômicas, o sistema legal, a qualidade institucional e a demanda por infraestrutura. Essa análise inclui quatro setores importantes na determinação da infraestrutura, sendo eles: água, energia, telecomunicações e transporte.Além disso, pretende-se analisar como o ambiente político e econômico podem afetar o desempenho desses contratos. Nessa perspectiva segue-se o trabalho de Guash et al (2008) que avaliam como fatores políticos afetam o cumprimento do prazo e a renegociação desses contratos. Essa análise pode fornecer indícios interessantes que possa auxiliar a formulação de políticas públicas no que tange aos contratos de PPPs para o Brasil.

Objetivo Geral

O objetivo deste trabalho é investigar os potenciais determinantes das PPPs para os principais setores em que são concentrados esse tipo de contrato. Utilizando como base os estudos de Hammami et al. (2006) e Sharma (2012), que buscam identificar quais canais determinam o número de projetos de parcerias e o valor investido nesses empreendimentos. Para isto, apura-se o efeito de alguns fatores, como, a restrição orçamentária do governo, o ambiente político e de negócios, as condições macroeconômicas, o sistema legal, a qualidade institucional e a demanda por infraestrutura. Além disso, usar-se-á o trabalho de Gausch et al (2008) como base para avaliar-se os possíveis fatores políticos responsáveis pela renegociação de contratos de concessão para a economia brasileira.

Especificamente tem-se o seguinte:

• Identificar os canais determinantes do número de projetos de Parcerias Público-Privadas e o valor investido nesses contratos; Verificar se o esses determinantes se diferenciam para os tipos específicos de contrato. Investigar por quais motivos os contratos são renegociados; Contribuir para a criação de políticas públicas, especialmente para o caso brasileiro, tomando como base os resultados empíricos; Colaborar com a literatura sobre as PPPs;

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANNE GOMES SACCO102/05/201802/03/2023
BRIDA TEIXEIRA PADILHA2001/08/201831/08/2021
BRIDA TEIXEIRA PADILHA202/05/201831/07/2019
CLAUDIO DJISSEY SHIKIDA202/05/201802/03/2023
DIANIFER LEAL BORGES302/05/201809/05/2019
FABRICIO SANTOS RAIMUNDO2001/08/201931/12/2019
IGOR FERREIRA CARDOSO2001/01/202031/07/2020
VICTOR LUCAS TAVEIRA MENDES REBELO202/05/201804/03/2019

Página gerada em 27/11/2020 09:22:18 (consulta levou 0.079393s)