Nome do Projeto
Perfil de suscetibilidade de Bactérias Multirresistentes oriundas Hospitais em Pelotas frente a novos compostos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/05/2019 - 06/03/2020
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Microbiologia
Resumo
O aumento da resistência bacteriana a diferentes classes de antibióticos e a alta taxa de mortalidade tem impulsionado a corrida em busca de novos agentes antimicrobianos, principalmente os patógenos ESKAPE (Enterococcus faecium, Staphylococcus aureus, Klebsiella pneumoniae, Acinetobacter baumanni, Pseudomonas aeroginosa e Enterobacter spp.), que são conhecidos por sua virulência e resistência aos antibióticos existentes. As bactérias Gram-negativas têm causado grande preocupação pela produção da enzima betalactamase que inativa o antimicrobiano principalmente da classe dos Carbapenêmicos e as Betalactamases de espectro estendido. As bactérias Gram-positivas como o S. aureus são resistentes a meticilina (MRSA) e a vancomicina, linezolida e a daptomicina; assim como Enterococcus spp., que tem mostrado resistência à linezolida, a daptomicina e a resistência aumentada do Enterococcus faecium à ampicilina e à vancomicina (VRE). Nesse contexto o objetivo deste trabalho é analisar o perfil de suscetibilidade à antibióticos de bactérias oriundas dos setores de internação hospitalar, como: Unidade de Terapia Intensiva (UTI), enfermarias e leitos particulares ; atendimento ambulatorial e domiciliar de três hospitais da cidade de Pelotas. As amostras bacterianas serão adquiridas através da cedência coletadas pelos serviços de cada um dos hospitais,, que apresentarem resistência a pelo menos três classes de antibióticos das quais será analisado o perfil de suscetibilidade frente a diferentes antibióticos. Será verificada a frequência de resistentes e sensíveis de cada espécie bacteriana frente a cada antibiótico comparando os três hospitais. Espera-se que o levantamento da suscetibilidade das amostras clínicas de três hospitais contribua com o estudo da epidemiologia de resistência bacteriana na cidade de Pelotas, onde os dados serão divulgados como artigos em revistas indexadas.

Objetivo Geral

O objetivo deste trabalho é analisar o perfil de suscetibilidade à antibióticos de bactérias oriundas de três hospitais de Pelotas e testá-las frente a novos compostos de origem sintética.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDRESSA VIEIRA FREDIANI105/04/201906/03/2020
CAROLINA LAMBRECHT GONÇALVES205/04/201906/03/2020
CLAUDIO MARTIN PEREIRA DE PEREIRA105/04/201906/03/2020
FABIANE KNEPPER ZEHETMEYR FERNANDES105/04/201906/03/2020
MARISA CASTRO JARA1005/04/201906/03/2020
PEDRO RASSIER DOS SANTOS205/04/201906/03/2020

Página gerada em 14/10/2019 08:03:06 (consulta levou 0.106984s)