Nome do Projeto
Compostos químicos promissores contra fungos do complexo Sporothrix schenckii com sensibilidade e resistência ao itraconazol
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
05/05/2018 - 05/05/2022
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Resumo
A esporotricose é a principal infecção fúngica com elevado potencial de transmissão de animais para o homem, sendo uma zoonose caracterizada atualmente como uma epidemia em expansão no Brasil. Assim como no Rio de Janeiro, o Estado do Rio Grande do Sul apresenta crescentes registros positivos de esporotricose humana, felina e canina. Essa doença é reconhecida como negligenciada e a problemática da resistência aos antimicrobianos já foi reconhecida nos fungos do complexo Sporothrix schenckii, inclusive ao medicamento convencional na terapia de humanos e animais com a doença, o itraconazol. Esse cenário atual tem dificultado o controle da doença, bem como no sucesso terapêutico dos casos clínicos em medicina humana e medicina veterinária. Novos produtos ativos devem ser encontrados para contornar a situação da resistência medicamentosa pelos microorganismos, e esse projeto visa avançar os estudos científicos com compostos naturais e sintéticos, a fim de obter informações sobre a eficácia dos mesmos quanto ao mecanismo de ação em Sporothrix spp. sensíveis e resistentes ao itraconazol, bem como as respectivas seguranças farmacológicas, quanto ao grau de toxicidade in vitro frente a linhagens leucocitárias humanas e o grau de irritação em modelo alternativo in vivo. Destaca-se a importância dos estudos, já que estas informações são escassas e pertinentes, para o melhor entendimento para elaboração de um fármaco antifúngico. Ainda, o potencial antibiofilme dos produtos naturais e/ou sintéticos selecionados, também são de interesse, uma vez que recentes estudos revelaram a capacidade de formação de biofilmes pelo gênero Sporothrix spp.

Objetivo Geral

Este projeto visa avaliar as propriedades fungistáticas e fungicidas de compostos químicos provenientes de produtos aromáticos com reconhecida atividade contra fungos do complexo Sporothrix schenckii, bem como de compostos sintéticos. Esses compostos serão avaliados para uso promissor na terapia de felinos e caninos com esporotricose por fungos do complexo Sporothrix schenckii com sensibilidade e resistência ao medicamento convencional de eleição na medicina humana e medicina veterinária, o itraconazol. Dessa forma, esse projeto pretende selecionar os compostos químicos com melhor atividade antifúngica e aprofundar os estudos quanto à interação medicamentosa com o itraconazol em ensaios in vitro; à avaliação do mecanismo de ação sobre a célula fúngica; ao compreendimento do grau de toxicidade celular em leucócitos, bem como o grau de irritação em modelo alternativo in vivo, e avaliação do potencial antibiofilme em células de Sporothrix spp. capazes de formar biofilme.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA CAROLINA DE ASSIS SCARIOT205/05/201805/05/2022
ANGELITA DOS REIS GOMES205/05/201805/05/2022
ANTONIO GONCALVES DE ANDRADE JUNIOR605/05/201805/05/2022
CARLA BEATRIZ ROCHA DA SILVA205/05/201805/05/2022
FABIO CLASEN CHAVES105/05/201805/05/2022
LUIZA DA GAMA OSORIO205/05/201805/05/2022
MARLETE BRUM CLEFF105/05/201805/05/2022
MÁRCIA KUTSCHER RIPOLL1005/05/201805/05/2022
OTAVIA DE ALMEIDA MARTINS205/05/201805/05/2022
ROGERIO ANTONIO FREITAG105/05/201805/05/2022
STEFANIE BRESSAN WALLER1205/05/201805/05/2022
TÁBATA PEREIRA DIAS605/05/201805/05/2022
VITTÓRIA BASSI DAS NEVES605/05/201805/05/2022

Página gerada em 23/07/2019 00:00:37 (consulta levou 0.069549s)