Nome do Projeto
Ocorrência de parasitos gastrintestinais em rebanhos bubalinos de aptidão leiteira e de corte do Rio Grande do Sul
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
10/07/2018 - 10/07/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Biológicas - Parasitologia
Resumo
A bubalinocultura tem se mostrado uma importante atividade para elevação da renda média na atividade agropastoril, assim auxiliando na permanência do homem no campo. Isso se deve pela alta capacidade produtiva do búfalo, tanto para carne como para o leite originando produtos com excelentes valores nutricionais, para o consumo humano. Assim é importante um manejo adequado, visto que diversas enfermidades podem afetar os bubalinos, causando perdas para a produção. Dentre as diversas enfermidades que ocasionam perdas para bubalinocultura os parasitos gastrintestinais podem cursar com quadros de diarreia, inapetência, perda de peso, diminuição no ganho de peso, podendo levar a morte e ainda cursar com surtos em algumas propriedades. Os principais parasitos gastrintestinais que acometem os bubalinos são nematodos como Toxocara vitulorum e protozoários do gênero Eimeria spp. e Cryptosporidium spp., com perdas direta e indiretamente para a produção. Esses parasitos são encontrados no ambiente e podem infectar principalmente animais jovens e imunossuprimidos, podendo causar a morte dos mesmos. Assim esse trabalho tem o objetivo de verificar a ocorrência de parasitos gastrintestinais em rebanhos bubalinos do estado do Rio Grande do Sul, com intuito de ampliar as informações sobre este assunto que é pouco discutido no sul do Brasil.

Objetivo Geral

Objetivo geral:
Verificar a ocorrência de parasitos gastrintestinais em fezes de Buballus bubalis (búfalos) de aptidão leiteira e de corte.
Objetivos específicos:
Identificar a presença de oocistos de Cryptoporidium spp. em fezes de búfalos pela técnica de Ritchie modificada e coloração de Kynioum.
Identificar a presença de oocistos Eimeiria spp. em fezes de búfalos pela técnica de Gordon e Whitlock modificada.
Identificar a presença de ovos de nematodos gastrintestinais em fezes de búfalos pela técnica de Gordon e Whitlock modificada.
Correlacionar à ocorrência de parasitose gastrintestinal em búfalos de aptidão leiteira e de corte, levando-se em conta a forma de manejo de cada sistema de produção em diferentes localidades do estado do Rio Grande do Sul.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEXSANDRO ALVES410/07/201810/07/2020
ANDRESSA DE CARVALHO MARQUES410/07/201810/07/2020
ANDRIOS DA SILVA MOREIRA410/07/201810/07/2020
BRUNA BACCEGA410/07/201810/07/2020
BRUNO SILVA JUSTINO410/07/201810/07/2020
CAROLINA CAETANO DOS SANTOS410/07/201810/07/2020
FELIPE GERALDO PAPPEN210/07/201810/07/2020
MIRIAN PINHEIRO BRUNI410/07/201810/07/2020
NARA AMELIA DA ROSA FARIAS410/07/201810/07/2020
NATÁLIA SOARES MARTINS1010/07/201810/07/2020
SARA PATRON DA MOTTA2010/07/201810/07/2020
TAINÁ ANÇA EVARISTO MENDES CARDOSO410/07/201810/07/2020

Página gerada em 19/11/2019 01:12:46 (consulta levou 0.128831s)