Nome do Projeto
Dimensões corporais e crescimento de recém-nascidos prematuros internados em uma unidade de terapia intensiva do Rio Grande do Sul
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
05/12/2018 - 05/12/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Nutrição
Resumo
O presente estudo é o resultado de diversos questionamentos na área da prematuridade e as relações desta com o crescimento e os desafios enfrentados durante o período de internação neonatal. O principal objetivo foi descrever as dimensões corporais e o crescimento de recém-nascidos prematuros, hospitalizados em uma unidade de cuidados intensivos neonatais de acordo com características clínicas. Foram aferidos o peso em gramas, o comprimento e o perímetro cefálico em centímetros, na admissão, no sétimo, no 14º, 21º e 28º dia de internação e avaliado o ganho de peso em g/kg/dia a partir do peso da internação. Para avaliar o estado nutricional foram utilizados os indicadores antropométricos peso, comprimento e perímetro cefálico de acordo com a idade gestacional. A classificação do peso e os valores de escore-z basearam-se nas curvas de referência para a idade gestacional obtidas por Fenton e Kim, (2013), avaliados de acordo com os critérios de normalidade ± 1 escore-z estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde. Após a análise, a maioria dos recém-nascidos prematuros teve peso adequado para a idade gestacional (64,44%), com idade gestacional média de 32 semanas. O tempo de internação mostrou influência estatística sobre os indicadores do estado nutricional (p=0,040). No entanto, o escore-z de peso foi o indicador com maior variação negativa, especialmente quando comparado ao 1º dia de internação (p<0,001). Constatou-se um marcante aumento das medianas do ganho de peso (g1.kg-1.dia-1) no 14º, 21º e 28º dias de internação, comparadas as do 7º dia (p<0,05), apesar das medianas do período de acompanhamento corresponderem a 0,96;-8,22/14,78 (g1.kg-1.dia-1). Verificou-se coeficientes positivos e diferença entre os escore-z de peso e comprimento (r= 0,800; p<0,001), peso e perímetro cefálico (r= 0,601; p< 0,001) e comprimento e perímetro cefálico (r= 0,561; p<0,001). A correlação do ganho de peso e comprimento foi negativa e significativa (r= -0,287; p=0,033). Entre o ganho de peso (g1.kg-1.dia-1) e a oferta energética (kcal1.kg-1.dia-1) o coeficiente de correlação foi positivo e significativo para os RNPT (r=0,422; p<0,01). Conclui-se que a avaliação seriada de escore-z do peso, relacionada aos indicadores de escore-z do comprimento e perímetro cefálico, permite detectar a presença e a direção do crescimento em recém-nascidos prematuros. As taxas de ganho de peso indicaram melhora do estado nutricional e clínica dos recém-nascidos prematuros.

Objetivo Geral

• Descrever as dimensões corporais e o crescimento de recém-nascidos prematuros, hospitalizados em uma unidade de cuidados intensivos neonatais de acordo com características clínicas;
• Identificar os recém-nascidos prematuros admitidos na UTIN quanto:
 Idade, raça, renda, escolaridade, cuidado pré-natal, estado nutricional gestacional e pré-gestacional, uso de substâncias tóxicas e doenças materna;
 Idade gestacional de nascimento, peso, comprimento e perímetro cefálico (PC) ao nascer;
 Presença de doenças e/ou intercorrências ao nascimento e durante a internação;
• Descrever as dimensões corporais e o crescimento de recém-nascidos prematuros, de acordo com idade gestacional utilizando os indicadores e medidas:
 Peso/ IG;
 Comprimento/ IG;
 Perímetro cefálico/ IG;
 Perímetro braquial/ IG;
• Analisar a associação dos indicadores antropométricos de crescimento de RNPT, segundo o tempo de internação, idade gestacional e a classificação do peso ao nascer em relação à idade gestacional;
• Comparar o crescimento pós-natal entre os diagnósticos nutricionais antropométricos obtidos por meio das curvas padrão de Fenton e Kim e de referência produzidas pelo Intergrowth-21st.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDRIELE MADRUGA PERES405/12/201805/12/2022
BETÂNIA BOEIRA SCHEER405/12/201805/12/2022
BRUNA MARTINS UARTHE405/12/201805/12/2022
JULIANA DOS SANTOS VAZ105/12/201805/12/2022
LUDMILA CORREA MUNIZ105/12/201805/12/2022
MARIA VERONICA MARQUEZ COSTA405/12/201805/12/2022
MARIA VERONICA MARQUEZ COSTA405/12/201805/12/2022
SIMONE MUNIZ PACHECO405/12/201805/12/2022
SIMONE MUNIZ PACHECO405/12/201805/12/2022
VITÓRIA GRACIÉLA QUANDT405/12/201805/12/2022

Página gerada em 21/04/2024 18:41:42 (consulta levou 0.049506s)