Nome do Projeto
Pecuária Leiteira Digital: Circuito fechado de informação e metabolismo
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/02/2019 - 30/09/2022
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Resumo
Para o desenvolvimento deste estudo, serão nomeados conjuntos de dados, na forma de Big Data, de forma mais ampla possível de um sistema de produção leiteira, incluindo: análise, captura, curadoria de dados, pesquisa, compartilhamento, armazenamento, transferência, visualização e informações sobre privacidade dos dados.Serão utilizados dados fornecidos de três fazendas produtoras de leite, localizadas no estado do Rio Grande do Sul: Granja 4 Irmãos, Gadolatte e Chichelero. Através das informações obtidas com os diferentes sistemas, sensores e análises realizadas serão desenvolvidos modelos de software, algoritmos e indicadores de produção, econômicos e de saúde do rebanho, voltados para os diferentes distúrbios metabólicos com o objetivo de facilitar e otimizar a tomada de decisões e intervenções no rebanho quando necessário, além de determinar a influência de tais distúrbios no rendimento econômico das fazendas, com o desenvolvimento de um Sistema Integrado de Informações sobre a produção leiteira.

Objetivo Geral

Objetivo Geral:
Desenvolver um sistema de avaliação integrado de dados, que permita a
compreensão do desempenho animal e financeiro, considerando o máximo possível de
informações, obtidas a partir dos sistemas de gerenciamento zootécnico e econômico,
mas também do metabolismo animal (nos aspectos sanitários, nutricionais e
reprodutivos).
Objetivos Específicos:
- Através de uso de ferramentas de Tecnologia da Informação, estruturar um software
que integre todas as informações do sistema em si, incluindo as econômicas e as
respostas dos animais, algo que nesse formato é inédito no mercado mundial;48 meses
- Criar um aplicativo que favoreça a avaliação remota das informações mencionadas;
48 meses
- Favorecer diagnóstico de doenças e transtornos em geral, acelerando a percepção
dos problemas no rebanho; 24 meses
- A partir do diagnóstico, propor protocolos nutricionais ou farmacêuticos para uso nos
animais cujos problemas tenha sido detectados; 36 meses
- Melhorar as decisões que possam significar maior eficiência operacional, redução de
risco e redução de custos; 48 meses
- Formação de profissionais, neste segmento, com visão multidisciplinar e
interdisciplinar; 48 meses

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CARLA AUGUSTA SASSI DA COSTA GARCIA801/02/201930/09/2022
CASSIO CASSAL BRAUNER101/02/201930/09/2022
EDUARDO SCHMITT101/02/201930/09/2022
FRANCISCO AUGUSTO BURKERT DEL PINO101/02/201930/09/2022
VIVIANE ROHRIG RABASSA101/02/201930/09/2022

Página gerada em 18/07/2019 10:18:01 (consulta levou 0.080591s)