Nome do Projeto
Bioatividade de novos materiais odontológicos biocerâmicos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/08/2019 - 31/07/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia
Resumo
O uso de estratégias que utilizem princípios biológicos em odontologia é de importância fundamental para que novas opções de tratamentos clínicos possam ser futuramente explorados. O entendimento dos mecanismos moleculares e celulares estimulado por biocerâmicos odontológicos pode ajudar a elucidar os eventos de reparo tecidual, o que pode implicar na melhora dos desfechos clínicos, desde uma perfuraçõa radicular, cirurgia paraendodontica, lesão de furca, ou mesmo exposição pulpar acidental. Desta forma, o objetivo desse projeto é avaliar o papel bioativo de 2 (dois) novos materiais biocerâmicos quanto a capacidade deles de estimular a proliferação de novas células endoteliais, bem como a capacidade deles de inibir as metaproteinases I e II, e também a capacidade antimicrobiana destes.

Objetivo Geral

Desta forma, esse projeto se propõe a analisar o perfil de bioatividade in vitro de dois novos biocerâmicos prontos para uso oriundos da empresa brasileira: Angelus S/A quanto ao seu perfil bioativo, os testes serão
Analisar o capacidade dos novos materiais de induzirem a angiogênese atraves de células endoteliais in vitro pela técnica de sprouting
Analisar o desfecho de inibição de metaloproteinases I e II através do método de zimografia
Analisar a capacidade antimicrobiana desses produtos pela técnica de acumulação de biofilme e microcosmos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
EVANDRO PIVA130/04/201931/07/2025
JULIANA SILVA RIBEIRO130/04/201931/07/2025
LAYLLA GALDINO DOS SANTOS130/04/201931/07/2025
RAFAEL GUERRA LUND130/04/201931/07/2025
WELLINGTON LUIZ DE OLIVEIRA DA ROSA130/04/201931/07/2025

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
ANGELUS Indústria de Produtos Odontológicos SAR$ 20.000,00

Página gerada em 14/11/2019 04:13:34 (consulta levou 0.085173s)