Nome do Projeto
Extrato da casca de pinhão (Araucaria angustifolia) rico em compostos fenólicos encapsulados em nanofibras de amido de batata solúvel
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
03/06/2019 - 03/06/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos
Resumo
A casca do pinhão representa, aproximadamente, 20% da semente, sendo um resíduo descartado no meio ambiente, que leva um tempo considerável para sua decomposição. Essa casca é rica em compostos fenólicos, cuja atividade antioxidante é reconhecida e avaliada para utilização em diversos segmentos industriais. Objetiva-se com o projeto encapsular em nanofibras de amido de batata, o extrato da casca de pinhão (Araucaria angustifolia) rico em compostos fenólicos. As amostras de pinhão serão adquiridas de um produtor na cidade de Vacaria. Será preparado um extrato aquoso das cascas do pinhão (15%), o qual será homogeneizado em diferentes concentrações (0,5%; 1,0% e 1,5%) com solução de amido solúvel de batata (50%) em 10 mL ácido fórmico 75% e submetidos a injeção no electrospinning para a formação das fibras. Será utilizado para injeção seringas de 3 mL com 0,7 mm de diâmetro, a taxa de fluxo controlada por uma bomba de infusão de seringa 0,50 mL.h-1 (KD Scientific, Modelo 200, Inglaterra), a distância da agulha até o coletor será de 16 cm e a tensão em torno de 20 kV. No decorrer do processo, a temperatura ambiente será controlada a 23 ± 2 °C por condicionador de ar e a umidade relativa a 45 ± 2%, controlada por um desumidificador. No extrato será determinado o teor de compostos fenólicos totais, já nas fibras serão determinados a eficiência de encapsulação, atividade antioxidante, morfologia, grupos funcionais, comportamento térmico e liberação controlada. Como resultado espera-se obter nanofibras de extrato da casca de pinhão com alta atividade antioxidante, resistentes a temperatura e que propiciem a liberação controlada.

Objetivo Geral

Geral
Encapsular em nanofibras de amido de batata, o extrato da casca de pinhão (Araucaria angustifolia) rico em compostos fenólicos.


Específicos
Obter extratos da casca do pinhão ricos em compostos fenólicos.
Caracterizar os extratos quanto aos teores de compostos fenólicos totais.
Nanoencapsular os extratos ricos em compostos fenólicos utilizando como material de parede amido solúvel de batata via electrospinning.
Caracterizar as nanofibras quanto à eficiência de encapsulação, atividade antioxidante, morfologia, grupos funcionais, comportamento térmico e liberação controlada.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CRISCIANE SOUZA BORBA409/12/201903/06/2020
ELESSANDRA DA ROSA ZAVAREZE103/06/201903/06/2020
FRANCINE TAVARES DA SILVA229/04/202003/06/2020
JEAN PAULO DE OLIVEIRA203/06/201903/06/2020
LAURA MARTINS FONSECA403/06/201903/06/2020
ROSANE LOPES CRIZEL229/04/202003/06/2020

Página gerada em 30/11/2020 20:09:54 (consulta levou 0.093834s)