Nome do Projeto
Projeto Mais Turismo e desenvolvimento territorial
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
29/04/2019 - 21/12/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Comunicação
Linha de Extensão
Turismo
Resumo
Este projeto busca identificar recursos específicos pouco utilizados, desconhecidos ou não descobertos que podem ser usados pela atividade de turismo como potencial atrativo ou mesmo com força atrativa ainda não revelados ou mesmo comercializados nos municípios da zona Sul do Estado. A intenção é orientar os interessados a gerar iniciativas locais de desenvolvimento territorial, ora carente de conhecimento sobre seus reais efeitos na realidade social vivenciada. Em termos territoriais, o projeto busca sensibilizar a comunidade local a identificar e valorizar os elementos - recursos e/ou serviços, com força de atratividade turística, mas que ainda necessitam de qualificação para seu efetivo funcionamento, reconhecimento social e desenvolvimento sustentável. Assim, o projeto Mais Turismo e desenvolvimento territorial é o primeiro passo para efetivo uso e mobilização do turismo como parte de um dos processos de desenvolvimento territorial capaz de agregar valor aos território, a partir da superação de limites físicos, políticos e espaciais existentes, em favor das ações turísticas. Com isso reunem-se as diferentes dimensões da realidade, seja social, cultural, ambiental, econômica, entre outras, na possibilidade de desenvolvimento integrado do município e seu entorno. Portanto, este projeto busca identificar tais recursos específicos, podendo inclusive redimensionar as práticas de turismo existentes para maior visibilidade e contribuição mercadológica.

Objetivo Geral

Realizar oficinas de orientação e capacitação sobre a atividade de turismo a partir da solicitação municipal, de modo que as comunidades interessadas (gestores públicos, comunidade local e empresários) possam reconhecer seus recursos e elementos de atratividade turística, atuando com visão holística e sustentável diante do uso de equipamentos, serviços e atrativos turísticos, num processo de base territorial de desenvolvimento.

Justificativa

O projeto é uma oportunidade de agregar valor no território aonde o turismo é latente, por vezes pouco expressivo em termos mercadológicos ou carece de agregação de valor para sua efetiva contribuição na realidade social. Tal proposta se baseia no sentido territorial de desenvolvimento porque acredita-se que o turismo possa ser uma ferramenta que agrega diferentes dimensões em sua concepção, seja, social, cultural, ambiental, econômica, religiosa, ou outra, tal qual as iniciativas de sentido territorial preveem (PECQUEUR, 2005). A sensibilização e capacitação do turismo atinge bares, restaurantes, hotéis e outros equipamentos e serviços ligados direta e indiretamente ao turismo, assim como, identificar locais com atratividades naturais e culturais com atratividade. Portanto, é preciso que os municípios, superem os conceitos localistas e busquem, em termos abrangentes, reunir forças e oportunidades para que o turismo possa agregar valor em âmbito territorial. Isso significa reconhecer a força turística agregada dentro e fora dos limites espaciais, importando a parceria e a integração para um turismo efetivo e sustentável. Tal iniciativa permite aplicar os conhecimentos produzidos e discutidos em sala de aula entre acadêmicos e docentes, perpassando por diferentes disciplinas da formação acadêmica ( Turismo Rural, Gestão de Eventos, Gastronomia, Meios de Hospedagens, Projetos turísticos, entre outras) até a plenitude de sua formação.

Metodologia

O projeto Mais Turismo e desenvolvimento Territorial é operacionalmente executado por meio de oficinas de capacitação, preliminarmente elaboradas no Laboratório de Planejamento e Gestão do Turismo (LAPGETUR) para atender as demandas municipais a partir do conhecimento produzido e/ou gerado no âmbito acadêmico e aplicado a realidade que se quer intervir. Está previsto cinco etapas, a seguir explicitadas:
Primeira etapa: Seminário de lançamento das ações para o município interessado : carga-horária de 2 horas-aula, executado pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura
Segunda etapa: Construção da base piloto nos municípios com carga-horária de 4 horas-aula;
Terceira etapa: Execução das oficinas de turismo conforme as especificidades identitárias do município interessado, com carga-horária a ser definida junto ao município, e compatível com a disponibilidade docente e discentes para execução. Nesta etapa, o curso de turismo poderá atender até o máximo de 3 oficinas.
Quarta etapa: Seminário de avaliação das ações: carga-horária
de 2 horas executado em parceria com a Pró-reitoria de Extensão e Cultura
Quinta etapa: Diagnóstico e Prognóstico das atividades do projeto Mais Turismo e Desenvolvimento Territorial
Portanto, nesta primeira proposta de oficinas de capacitação e qualificação do turismo, entende-se que quando houver a demanda para mais de uma oficina no mesmo município, este compreenderá a segunda e terceira etapa somente. Para o primeiro ano do projeto está previsto, junto a PREC, o atendimento do município de Canguçu, o qual fará parte do estudo piloto da metodologia proposta. O pagamento do custeio de bolsa discente e os deslocamentos docentes serão custeadas pelas prefeituras parceiras mediante a assinatura do plano de colaboração, a ser gerenciado pela PREC.

Indicadores, Metas e Resultados

Espera-se que o projeto Mais Turismo e Desenvolvimento Territorial possa ser uma ferramenta que torne os atores locais capacitados para identificar, reconhecer e desenvolver ações de turismo com pleno sentido territorial. O resultado é fazer com que as municipalidades possam sentir-se como atores de um processo de desenvolvimento territorial de iniciativa própria, conhecendo e sendo capaz de agir, decidir, executar e monitorar as ações de turismo do seu território de pertencimento. Com isso é possível agregar valor ao desenvolvimento territorial numa nova concepção de turismo, respeitando a sustentabilidade e as diferentes dimensões que fazem parte da construção social da realidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALUISIO PEREIRA DA FONSECA
ANDYARA LIMA BARBOSA2
CARLOS DAVID UEZ
CAROLINE CILIANE CERETTA8
DALILA ROSA HALLAL2
DANIELE GUERREIRO DA ROSA
GISELE SILVA PEREIRA2
LAURA RUDZEWICZ2
MARIA DA GRACA GOMES RAMOS2

Página gerada em 17/08/2019 12:35:46 (consulta levou 0.087169s)