Nome do Projeto
Tecnologias Educacionais Digitais para o Ensino de Engenharias
Ênfase
Ensino
Data inicial - Data final
13/05/2020 - 13/05/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar
Resumo
O projeto visa contribuir no desenvolvimento dos cursos de Engenharias da UFPel, incentivando a inovação pedagógica e tecnológica, por meio de ações de formação docente e discente que promovam a aplicação e avaliação do uso de Tecnologias de Informação e Comunicação, notadamente Tecnologias de Comunicação Digital (TCD) no processo ensino-aprendizagem. Os esforços terão uma abordagem transversal a todos os cursos do CEng. As ações de formação docente do projeto estarão direcionadas à inovação em estratégias e/ou metodologias pedagógicas utilizando as TCD nos cursos de Engenharia e à inovação em produtos tais como Objetos de Aprendizagem, Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA), Simuladores, Laboratórios virtuais, entre outros. Os docentes participantes poderão refletir sobre a possibilidade de substituir a metodologia tradicional de ensino por outras que favoreçam o uso de Tecnologias de Comunicação Digital para estruturar métodos de ensino que favoreçam a integração de conteúdos, a integração social dos alunos e a aprendizagem na prática. As ações de formação discente se concentram em atividades tanto nas Oficinas como também em disciplinas ministradas pelo Coordenador do Projeto, no auxilio na elaboração de conteúdos utilizando TCD.

Objetivo Geral

Objetivo geral
Aperfeiçoar as técnicas e condições do ensino de Engenharias mediante a incorporação de Tecnologias de Comunicação Digital (TCD) para inovar no processo de ensino-aprendizagem.

Objetivos específicos
-Apresentar estratégias e/ou metodologias pedagógicas utilizando TCD nos cursos de Engenharias;
-Utilizar Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) nos cursos de Engenharias;
-Empregar ferramentas inovadoras para aprendizagem colaborativa;
-Usar ferramentas de apoio à produção de conteúdo;
-Avaliar resultados da utilização de TCD no processo de ensino-aprendizagem.

Justificativa

O projeto visa refletir sobre novas formas de ensinar e de aprender, onde os conteúdos são importantes, mas considera-se que os métodos de trabalho constituem a pedra angular de toda e qualquer inovação que a docência e a aprendizagem do futuro irão exigir (TAVARES, 2003). O projeto procura incentivar a inovação e utilização de novas tecnologias em sala de aula e na a oferta de disciplinas de cursos de Engenharias, incorporando o uso integrado de tecnologias de informação e comunicação para a realização dos objetivos pedagógicos, conforme previsto no Art. 81 da Lei n.9.394, de 1.996 e na Portaria no 2.117 do MEC, 06/12/2019, que no Art. 2o habilita às IES a introduzir a oferta de carga horária na modalidade de EaD na organização pedagógica e curricular de seus cursos de graduação presenciais, até o limite de 40% da carga horária total do curso. Paralelamente, os discentes envolvidos nas atividades da abrangência do projeto serão expostos à utilização de tecnologias que são de utilidade não apenas para atingir objetivos pedagógicos das disciplinas em tela, mas de utilidade para o exercício da profissão. As contribuições do projeto vão ao encontro dos fundamentos do Projeto Pedagógico Institucional (PPI) e do Projeto de Desenvolvimento Institucional (PDI) da UFPel, onde é que considerada fundamental a figura do professor como basilar na aplicação das novas tecnologias no processo de ensino-aprendizagem, principalmente dentro de inovações, tecnologias e procedimentos construtivistas, que possibilite a abordagem de procedimentos e tecnologias diferenciados, para que se possa contemplar de uma maneira harmônica as diferentes habilidades de cada aluno. Notadamente, o PDI da UFPel aponta a necessidade de "pactuar uma concepção acadêmica que verdadeiramente integre o ensino, a pesquisa e a extensão; que atenda aos interesses da coletividade; que assegure um processo de ensino-aprendizagem interativo; que considere a aplicação das novas tecnologias nesse processo; e que respeite e se adéque às individualidades de cada acadêmico" (pag. 6) e de "incentivar o uso de mídias e outras tecnologias na educação" (pag. 15). No PPI da UFpel é considerada como um dos princípios fundamentais, dentro das mais modernas concepções sobre o processo de ensino-aprendizagem, a importância da figura do professor como basilar na aplicação das novas tecnologias (pág. 4) que possibilite a abordagem de inúmeros procedimentos e tecnologias diferenciados, para que se possa contemplar de uma maneira harmônica as diferentes habilidades de cada estudante (pag. 5). Citando ainda o PPI da UFPel, para que o professor efetivamente seja incorporado à nova concepção e à nova realidade educacional, mormente de acordo com uma pedagogia interativa e moderna, entende-se como necessários o pressuposto de conhecer as novas tecnologias educacionais (pág. 12). Para concluir a justificativa do projeto, cabe destacar que as novas Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Engenharia (2019), no capítulo do perfil e competências esperadas do egresso, apontam a necessidade de que os alunos sejam capazes de expressar-se adequadamente, inclusive por meio do uso consistente das tecnologias digitais de informação e comunicação, mantendo-se sempre atualizado em termos de métodos e tecnologias disponíveis (Art.4, V, a)

Metodologia

Atuarão no projeto de ensino alunos colaboradores para auxiliar na elaboração de conteúdo para as Aulas e Oficinas. A atuação de alunos colaboradores é de relevância para a consecução dos objetivos do projeto, já que, após receberem formação adequado em Tecnologias de Comunicação Digital, eles atuarão no desenvolvimento de conteúdo para auxiliar aos professores que estarão realizando as oficinas assim como a alunos que estão desenvolvendo trabalhos suportados por TCD. Durante a execução do projeto, os alunos colaboradores terão oportunidades de complementação acadêmica tanto no que diz respeito à utilização de Tecnologias de Comunicação Digital como também nos aspectos pedagógicos da sua utilização. Trata-se de uma proposta metodológica inovadora que oferece um papel privilegiado atribuído à participação ativa do aluno colaborador e sua interação com os professores e outros alunos, visando à colaboração na construção de conhecimento. Do ponto de vista metodológico do projeto, inovar significa estruturar atividades de ensino que requeiram o envolvimento ativo do aluno no planejamento e na realização das atividades propostas.

Indicadores, Metas e Resultados

O projeto impactará no desenvolvimento do Centro de Engenharias (CEng) da Universidade Federal de Pelotas, assim como outros cursos de Engenharias da UFPel mediante o incentivo à inovação pedagógica e tecnológica, por meio de ações de formação discente e docente que promovam a aplicação e avaliação do uso das TCD para atingir objetivos pedagógicos. Cabe destacar que o CEng conta com mais de uma centena de docentes, duas dezenas de servidores administrativos e aproximadamente dois milhares de estudantes matriculados. Como resultados esperados almejamos a sensível adoção por parte dos docentes do CEng, e de outros cursos de Engenharias, de estratégias e/ou metodologias pedagógicas inovadoras utilizando as TCD com repercussão na formação dos profissionais do século XXI. As pesquisas de opinião sobre o projeto, o quantitativo de disciplinas do CEng criadas no AVA, o quantitativo de alunos do CEng acessando o AVA e a comparação dos índices de aprovação dessas disciplinas poderão ser utilizados como indicadores para avaliar os resultados do projeto.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALESSON IVEN MIELKE
DIEGO MION DO CARMO12
EDUARDO DA SILVA SCHNEIDER12
JOAO CARLOS ROEDEL HIRDES
LANDRESSA RITA SCHIEFELBEIN
LARISSA MEDIANEIRA BOLZAN12
RAFAEL MONTEIRO BOTELHO
WALTER RUBEN IRIONDO OTERO8

Página gerada em 27/05/2022 23:17:39 (consulta levou 0.092429s)