Nome do Projeto
ENSINO CONTEMPORÂNEO DE DANÇA NA EDUCAÇÃO BÁSICA: PEDAGOGIAS POSSÍVEIS
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
18/05/2020 - 31/08/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes
Resumo
O projeto aborda a produção de conhecimento e processos de ensino e aprendizagem da Dança na escola contemporânea brasileira em relação a movimentos artísticos para além do ambiente escolar. Com ênfase no território sul-rio-grandense, numa perspectiva dialógica com professoras e professores de Dança em atuação, as ações do projeto visam tecer vivências baseadas em uma perspectiva colaborativa e a/r/tográfica. O Projeto foi criado em 2016 (cadastrado no módulo antigo do Cobalto com o código 7958 COCEPE - Projeto de Pesquisa) e desde lá desenvolve ações e publicações relacionadas à docência em Dança na Educação Básica.

Objetivo Geral

Investigar processos de ensino e aprendizagem e compartilhar práticas pedagógicas em Dança na Educação Básica, tendo como pressuposto de pesquisa o diálogo com professoras e professores de Dança atuantes em contextos escolares de diferentes municípios do Rio Grande do Sul.

Justificativa

Levando em consideração os avanços legislativos referentes à inserção do professor de Dança nas escolas, torna-se pertinente o aprofundamento de teorias sobre o tema, assim como uma expansão e divulgação de atividades pedagógicas e abordagens docentes apropriadas para o contexto escolar. Acredita-se que, com o desenvolvimento do Projeto, seja possível a criação de um entrelaçamento de saberes na tentativa de ampliar as possibilidades de trabalho em Dança na Educação Básica, problematizar mitos a respeito do ensino da Dança e pesquisar o universo que engloba a sua prática.
Essa iniciativa justifica-se, também, em função de ter como local de origem um curso de Licenciatura em Dança, ou seja, refletir acerca da Dança na Educação Básica tem relação direta com a qualificação da formação docente dos acadêmicos envolvidos e com a compreensão de questões que remetem ao mercado de atuação profissional das professoras e professores de Dança. Pois, para um(a) docente da Dança, exige-se um estado de ação inventiva, na qual ele(a), mais do que um(a) reprodutor(a) de passos, deve exercitar as suas capacidades criadoras, adaptando os conteúdos a diferentes situações e expectativas (STRAZZACAPPA, 2012). Embasado neste entendimento de docência, o projeto buscará investigar e agir na exploração artístico-pedagógica de professoras e professores de Dança na Educação Básica.

Metodologia

Ao pensar a disciplina de Dança na escola de forma ampla, com seus referenciais, seus objetivos, seus conteúdos e seus procedimentos didáticos, a pesquisa ocorre nos âmbitos reflexivo e empírico e propõe a discussão das relações entre saberes docentes, discentes, teóricos e práticos.
Neste sentido, tem-se como objetivos específicos: contextualizar o ensino de dança na educação básica a partir de estudo histórico e legislativo sobre o tema; pesquisar possibilidades didáticas e metodológicas para o ensino de dança na escola; estudar o movimento artístico da dança na contemporaneidade e suas características artístico-pedagógicas; reunir atividades de Dança para o público infanto-juvenil dos níveis de Educação Infantil e Ensino Fundamental da educação formal; proporcionar ações de ensino e aprendizagem de dança no ambiente escolar; refletir acerca do corpo e suas potencialidades artísticas na escola e elaborar um material didático sobre o ensino contemporâneo de dança na educação básica que seja referência para futuros professores. O projeto tem cunho qualitativo e envolve pesquisa documental, bibliográfica e pesquisa de campo. Para tanto, serão estudadas as teorias de Duarte Jr. (2012), Laban (1978; 1990), Marques (2010), Strazzacappa e Morandi (2006), Corrêa e Santos (2014; 2019), Andrade e Godoy (2018) e Silva (2016), entre outros. A análise documental diz respeito ao estudo de documentos como os Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino da Dança e o Referencial Curricular Lições do Rio Grande: Linguagem, Códigos e suas Tecnologias – Arte e Educação Física, além da legislação vigente, entre outros.
Em resumo, as investigações do Projeto acontecerão através de:
- Reuniões de estudo e planejamento;
- Leituras de textos sobre as temáticas envolvidas no projeto;
- Promoção de mesas redondas, recepção de palestrantes, professores e artistas convidados;
- Pesquisa de campo, resultando em produção e análise de dados;
- Sistematização e organização dos dados produzidos;
- Produção cientifica sobre a pesquisa realizada;
- Difusão e socialização da produção por meio de publicações e participações em eventos;
- Confecção do relatório final e conclusão da pesquisa.

Indicadores, Metas e Resultados

Resultados esperados:
Considera-se que os resultados obtidos através do desenvolvimento da pesquisa terão impacto local, regional e nacional. Impacto local, na medida em que envolve uma comunidade escolar e uma universidade localizadas na cidade de Pelotas RS, o que mobilizará diferentes agentes, como estudantes de educação básica, estudantes de graduação, professores de educação básica e do magistério superior, famílias dos estudantes, de modo geral, e pesquisadores que atuam na área do ensino de dança. Isso significa que, além de ser proporcionado a este público o contato e o estudo da arte da dança, também será viabilizada uma reflexão que parte das necessidades do contexto local em relação com os processos artístico-pedagógicos desenvolvidos. Nesse sentido, o estudo poderá sensibilizar e dar visibilidade ao corpo que dança na escola pública sul-rio-grandense, mais especificamente na cidade de Pelotas RS.
Impacto regional, na medida em que a investigação envolve profissionais e acadêmicos da Universidade Federal de Pelotas e da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, que atuam e propagam, através da realização de ações de ensino de dança em diferentes localidades do Estado, como Pelotas, Porto Alegre, Santa Maria, Rio Grande, entre outros municípios. Assim, os colaboradores envolvidos trazem ao projeto uma visão mais ampliada sobre o ensino de arte no contexto escolar do Rio Grande do Sul, assim como levam, a partir da experiência no projeto, possibilidades de ensino e invenção em arte para a sua rede de atuação em nível regional. Também, pretende-se, nos seminários que serão organizados, envolver professores de dança atuantes em escolas do Rio Grande do Sul, a fim de estabelecer um intercâmbio entre profissionais que atuam na área.
E, por fim, acredita-se que o projeto também tenha impacto nacional, uma vez que o país está em fase de adaptação à Lei 13.278, promulgada em 2016 (com período de adaptação até 2021), lei que inclui quatro linguagens artísticas (artes visuais, a dança, a música e o teatro) como constitutivas do Ensino de Arte no currículo escolar da educação básica; o que implica a necessária revisão das práticas artístico-pedagógicas em ambientes escolares. Nesse sentido, é possível inferir que a publicação e divulgação do material bibliográfico didático-pedagógico sobre ensino de dança que o grupo de trabalho pretende desenvolver, poderá ser referência sobre o tema em diferentes Cursos de Licenciatura em Dança do país, assim como em escolas de educação básica de diferentes localidades brasileiras. Também, é preciso mencionar que existe um resultado em cadeia, pois o projeto tende a ressoar, a curto, médio e longo prazos, na prática pedagógica dos professores de dança em formação que participarão da investigação. Por fim, acredita-se que os resultados da investigação contribuirão, significativamente, para o enriquecimento e aprofundamento das pesquisas acerca do tema em questão.


Indicadores:
Produção Científica Indexada;
Produção Artística;
Produção Científica Não Indexada.

Metas
Produção Científica Indexada – produção e submissão de 01 artigo científico em periódico e publicação de 01 livro;
Produção Artística – produção de um documentário sobre o ensino de dança em Pelotas RS;
Produção Científica Não Indexada – produção e apresentação de 03 resumos em eventos científicos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDRISA KEMEL ZANELLA1
CARMEN ANITA HOFFMANN1
CAROLINA MARTINS PORTELA
CAROLINA PINTO DA SILVA
CAROLINE DA SILVA VILLAR
CATIA FERNANDES DE CARVALHO1
DÉBORA SOUTO ALLEMAND
ISABELA CORRADI VIANNA SIMOES
JACIARA JORGE
JANETE RODRIGUES DA SILVA
JOSIANE GISELA FRANKEN CORREA15
MANOEL GILDO ALVES NETO14
MARIA FONSECA FALKEMBACH1
MARINA BECKER MOCELLIN
STEPHANIA FITARONI BATISTA LENGRUBER
TAINÁ MADRUGA ROMERO
TAUANA OXLEY PEREIRA
TAÍS CHAVES PRESTES
Thiago Silva de Amorim Jesus1

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
FAPERGS / Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado Rio Grande do SulR$ 18.418,55Coordenador

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
Outros serviçosR$ 6.300,00
Passagens e despesas com locomoçãoR$ 200,00
Despesas com diáriasR$ 500,00
Equipamentos e material permanente (móveis, máquinas, livros, aparelhos etc.)R$ 11.418,55

Página gerada em 05/12/2020 12:53:24 (consulta levou 0.145980s)