Nome do Projeto
Utilização de um composto a base de butafosfan e cianocobalamina em vacas leiteiras: efeitos orexígenos e imunológicos
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
15/05/2020 - 30/09/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Resumo
Prorrogação - O período de transição de vacas leiteiras, compreende as três semanas pré-parto até as três semanas pós-parto sendo marcado por intensas modificações a nível nutricional, imune e metabólico as quais demandam uma alta capacidade de adaptação. A redução da Ingestão de Matéria Seca nesse período, associado a maior demanda energética, provoca uma redução nos níveis circulantes de glicose, Insulina e IGF-I e consequente elevação de ácido graxos não esterificados e acetona. A alteração desses metabólitos, tem como principais implicações a redução da função imune predispondo os animais a maior ocorrência de doenças. Diversos estudos vêm sendo realizados buscando minimizar essas alterações no período de transição, neste sentido uma alternativa a ser estudada é a utilização de um composto a base de butafosfan e cianocobalamina. Estas duas moléculas participam do metabolismo energético, onde o fósforo possui um importante papel no ciclo ADP/ATP enquanto a cianocobalamina atua como cofator enzimático da enzima metilmalonil - CoA mutase. Com isso, o objetivo desse estudo é verificar se a utilização de um composto a base de butafosfan e cianocobalamina em vacas leiteiras é capaz de gerar um incremento na IMS, melhorando assim o status metabólico e imune. O estudo será realizado utilizando 187 animais divididos aleatoriamente em 3 grupos com 62 e 63 animais cada de acordo com os tratamentos. O G1 receberá uma dose de Butafosfan associado a cianocobalamina (5mL/ 100Kg) (Catosal B12®) nos dias 21 pré-parto, 0, 3 e 7 dias pós-parto, totalizando 4 doses do produto. O G2 receberá 1 dose de solução salina (5mL/ 100Kg) 21 dias pré-parto e no dia 0 iniciará o tratamento com Butafosfan+cianocobalamina (5mL/ 100Kg), seguindo nos dias 3 e 7 pós-parto, totalizando 3 doses do produto. Grupo 3 receberá 4 doses de solução salina (5mL/ 100Kg) nos dias -21, 0, 3 e 7 pós-parto. Serão realizadas avaliações clínicas e zootécnicas para monitoramento de enfermidades, coletas de sangue para realização de hemograma e avaliações do status mineral, energético e inflamatório dos animais, além de biópsia hepática para avaliação de genes relacionados ao metabolismo energético.

Objetivo Geral

Objetivo geral
Verificar se a utilização de um composto a base de butafosfan e cianocobalamina em vacas leiteiras é capaz de gerar um incremento na IMS, melhorar o status metabólico e imune.

Objetivos específicos
1) Avaliar se a administração de butafosfan + cianocobalamina no periparto:
a) produz um efeito orexígeno aumentando a IMS em vacas leiteiras e por consequência, atenuando o BEN nos primeiros 28 dias de lactação.
b) pode gerar uma melhoria na função do sistema imune através do aumento do número e atividade de neutrófilos.
c) pode reduzir a ocorrência de doenças.

Justificativa

A prorrogação é necessária pois ainda restam fazer análises referente a expressão gênica de amostras de tecido hepática previamente coletadas e armazenadas. A partir desses resultados será gerado um manuscrito submetido a revista qualis A1.

Metodologia

Para a análise da expressão gênica do tecido hepático e das células da
granulosa, será extraído o RNA total usando reagente Trizol (Invitrogen, USA)
junto com um sistema de purificação por coluna (MiRNEasy mini Kit, Qiagen,
Alemanha) e tratado com DNAse (Qiagen, Alemanha), seguindo as
recomendações do fabricante. A concentração do RNA total será obtida em espectofotômetro Nanodrop Lite (Thermo Fischer Scientific Inc., USA) e a
integridade do RNA será verificada por eletroforese em gel de agarose (80V,
durante 1,5 horas). O DNA complementar (cDNA) será sintetizado utilizando iscript cDNA synthesis Kit (Bio-Rad, USA) em termociclador MyCycle TM Thermo
Cycler (Bio Rad, USA) no volume de 20 µL usando as seguintes temperaturas:
25°C por 5 min, 42ºC por 30 min e 85°C por 5 min.
A PCR em tempo real (RTq-PCR) será conduzida usando SYBR Green
Mastermix (Applied Biosystems®, Foster City, CA, USA) no equipamento 7500
RT-PCR (Applied Biosystems®). Para cada ensaio serão corridos 40 ciclos (95
°C durante 15s e 60 °C durante 30s) e uma curva de dissociação vai ser incluída
no final da reação para verificar a amplificação de um único produto de PCR. .
A expressão relativa será calculada a partir da equação 2
A-B/2C-D (em
que A é o valor limiar do ciclo [Ct] para o gene de interesse na primeira amostra
do controle; B, o valor de Ct para o gene de interesse na amostra analisada; C,
o valor de Ct para o gene controle na primeira amostra do controle e D, o número
Ct para o gene controle na amostra analisada). A primeira amostra do controle
será expressa como 1,00 por esta equação, e todas as outras amostras serão
calculadas em relação a este valor. Depois disso, os resultados do grupo controle
serão ponderadas e todos os outros resultados serão divididos pelo valor médio
da expressão relativa neste grupo, para se obter a mudança na expressão dos
genes de interesse em comparação com o grupo de controle (Fold change)
(Masternak et al. 2005). O gene de transcrição da ubiquitina (UXT) será o
controle nas amostras de fígado (Bionaz & Loor, 2007) e o gene histona
membro da família Z (H2AFZ) será utilizado como controle nas amostras de
células da granulosa.

Indicadores, Metas e Resultados

Metas:
Durante o período do projeto:
• Produzir uma tese de Doutorado;
16
• Publicar, pelo menos, 4 artigos em revistas de circulação nacional ou
internacional, classificadas como “A” no “Sistema de Classificação de
Periódicos, Anais e Revistas” da CAPES;
• Divulgar os resultados em 3 congressos da área em âmbito internacional,
2 nacionais e 3 regionais;
• Realizar o intercâmbio entre pelo menos 2 grupos de pesquisa de
instituições internacionais que desenvolvam projetos nesta mesma linha
ou afins, através de visitas técnicas e participação de estudantes de pósgraduação.
Indicadores:
Durante o período do projeto:
• Aumentar o número de artigos de alta qualidade na equipe;
• Aumentar o número de estudantes participando de congressos
relacionados as linhas de pesquisa da equipe;

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANTÔNIO AMARAL BARBOSA
BERNARDO DA SILVA MENEZES
BRUNA EMANUELE DA SILVA VELASQUEZ
BRUNO AUGUSTO OSTERKAMP BLOEMKER
CAMILA PIZONI
CASSIO CASSAL BRAUNER1
EDUARDO SCHMITT1
FRANCISCO AUGUSTO BURKERT DEL PINO1
JORDANI BORGES CARDOSO
JOSIANE DE OLIVEIRA FEIJÓ
KAUANI BORGES CARDOSO
MARCIO NUNES CORREA3
VINICIUS DE SOUZA IZQUIERDO
VIVIANE ROHRIG RABASSA1

Página gerada em 25/10/2020 01:31:27 (atualização a cada 15 minutos)