Nome do Projeto
Pedagogia da Presença: redes de desenvolvimento humano em tempos de pandemia
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
02/06/2020 - 20/12/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Cultura
Linha de Extensão
Temas específicos / Desenvolvimento humano
Resumo
Esta proposta tem a intenção de fortalecer as redes de desenvolvimento junto a profissionais da educação em tempos de pandemia através de encontros e construção de estratégias para a promoção de saúde mental, bem-estar e formação continuada de professores. A necessidade de isolamento social mudou a configuração do trabalho docente e ampliou suas demandas por formação humana, uma vez que o professor já não atua somente nos ambientes escolares, mas é solicitado a orientar as rotinas das famílias de modo que a educação das crianças e jovens possa ocorrer, agora, de forma remota. Estas mudanças não somente sobrecarregam o trabalho docente como também afetam seu desenvolvimento emocional. Neste contexto, o projeto exercita uma pedagogia da presença mediante práticas de reflexão e cuidado de si. Além disso, fomenta o planejamento de um retorno ao trabalho presencial pós-pandemia, baseado em outras estratégias de acolhimento para as crianças e relação entre os pares.

Objetivo Geral

Fomentar processos de (auto)formação e desenvolvimento emocional, ressignificando memórias e concepções sobre o trabalho docente para as necessidades humanas em cenários de pandemia e pós-pandemia.

Justificativa

Esta proposta será desenvolvida no contexto do Grupo de Pesquisa Laboratório de Formação e Estudos da Infância (LABForma), permitindo o fortalecimento da relação escola-universidade e a ampliação dos processos formativos dos profissionais de Educação, assim como dos estudantes do curso de Pedagogia. Neste momento de pandemia, é premente a necessidade de diálogo sobre o sentido do fazer humano e as perspectivas para o trabalho docente pós-pandemia. Isso promove uma pedagogia da presença que qualifica tanto os aspectos profissionais, quanto os movimentos subjetivos e intersubjetivos, trazendo a todos saúde mental, bem-estar, senso de compaixão e pertencimento.

Metodologia

A proposta vincula-se a uma perspectiva hermenêutica-reconstrutiva, que considera a historicidade dos sujeitos e dos acontecimentos para uma compreensão mais ampliada e situada contextualmente. A proposta efetiva-se em circuitos de encontros semanais/quinzenais, de 2h, com diálogos e atividades lúdicas sobre a capacidade humana de ampliar a resiliência, a tolerância e a consciência de si e do outro na relação pedagógica. A intenção é desenvolver uma maquinaria de afetos e habilidades para lidar em um novo cenário educacional, reconhecendo em si e no outro a diversidade que nos aproxima e fortalece nossa humanidade.

Indicadores, Metas e Resultados

Aproximação com as instituições de ensino e grupos de professores, especialmente de Educação Infantil.
Desenvolvimento emocional dos professores e qualificação das relações humanas e pedagógicas durante e após a pandemia.
Qualificação dos processos de formação profissional inicial e continuada dos professores através de uma escuta sensível de si.
Fortalecimento de imagens positivas do ser professor, rompendo com mitos sobre a redenção social através da docência.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANE VIEIRA GRIMM
ALESSANDRA LONDERO ALMEIDA
ANA FRANCINE MONTENEGRO EDOM
DAIANE LILGE VIEIRA
DANDARA LIMA CARDOSO
ELISA DOS SANTOS VANTI5
ESTEFÂNIA ALVES KONRAD
GABRIELLA VETROMILLA MARTINS
JOAO LUIS PEREIRA OURIQUE3
JULIANA ALOY BERNY
JULIANA MARQUES DE FARIAS
Juliana Lemes Ribeiro
LAIS RIBEIRO SOLER
LAIS RIBEIRO SOLER
LARISSA SOARES PRIEBE
MAIANE LIANA HATSCHBACH OURIQUE9
PAOLA CASSURIAGA SANDIM
RITA DE CASSIA TAVARES MEDEIROS2
SHAIANE PIZANI SILVEIRA
TAMARA INSAURIAGA BUENO
TATIANE MENA SILVEIRA MELGARES

Página gerada em 23/01/2021 21:41:10 (consulta levou 0.107606s)