Nome do Projeto
SOCIOLOGIAS MARGINAIS
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
17/08/2020 - 18/08/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Direitos Humanos e Justiça / Educação
Linha de Extensão
Metodologias e estratégias de ensino/aprendizagem
Resumo
O Projeto Sociologias Marginais parte de uma inflexão entre as chamadas sociologias tradicionais e emergentes, buscando enfatizar a potência das interjeições, reflexões e proposições sociológicas situadas nas margens de discussão, como mecanismos e estratégias de dinamização da realidade social. É neste celeiro reflexivo que se concentram as articulações de um grupo de discentes do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPel (PPGS/UFPel), que ao pensar suas perspectivas investigativas e a necessidade de adensamento teórico-metodológico constituíram esta iniciativa, assentada nos eixos de ensino, pesquisa e extensão, com ênfase na extensão. Assim, o projeto se debruça sobre o fomento da interação entre Universidade e realidade(s) social(is), mediada pela difusão da produção acadêmica em articulação com os diversos setores da sociedade civil (organizada ou não). Tal práxis objetiva identificar dispositivos de tecnologias (FOUCAULT, 2018) que corporifiquem medidas, arranjos e ferramentas de formação recíproca, em um sentido de contribuir e estimular a transformação das clivagens sociais, a partir de um olhar sociológico marginal, que dialoga de modo multidisciplinar com outras áreas do saber e do conhecimento. A metodologia envolve a organização de eventos e ações pedagógicas com foco em atividades extensionistas (debates, palestras, oficinas, visitas de campo, leituras dirigidas, grupos e/ou encontro de estudos, seminários, entre outros), que permitam espaços de troca e discussão entre academia e sociedade (extensão-ensino e vice-versa, em círculos concêntricos), e, posteriormente, a produção técnico-científica (pesquisa) vertida a partir das análises dessas atividades, compartilhadas via publicações científicas, visando contribuir para uma formação crítica.

Objetivo Geral

A iniciativa objetiva potencializar a indissociabilidade entre extensão, pesquisa e ensino, a partir do olhar de uma crítica sociológica marginal, em construção junto às reflexões investigativas dos/as estudantes do PPGS/UFPel. Nesse sentido, o Projeto buscará fomentar e conferir visibilidade à pesquisa e produção discente deste PPG, ao mesmo tempo em que mobilizará diálogos com múltiplos atores sociais, bem como promoverá a articulação de ampla rede de pesquisadores(as) da comunidade intra e extra UFPel, de modo a propiciar interação dialógica e integradora entre a Universidade e os diversos setores da sociedade. Opera-se, portanto, numa perspectiva de contribuir com a transformação da realidade social mediante a difusão do conhecimento produzido na academia, com foco na perspectiva discente, almejando-se, em dimensão longitudinal, a construção de um saber articulado COM e PARA os sujeitos que corporificam os mundos do social. Logo, o público-alvo do projeto, para além do corpo discente intra e extra UFPel, se debruça diretamente sobre a sociedade civil (organizada ou não).

Justificativa

A consagração de uma matriz central hegemônica possibilita validar todos os espaços por um ângulo homogêneo e acaba retendo para si a dinâmica exclusiva das estratégias de resistência. Por sua vez, a autodeclarada diversidade das matrizes sociológicas encobre uma unificação hierárquica de temas, assuntos e autores/as. Assim, a perspectiva homogeneizante não desaparece por completo nem entre os chamados estudos emergentes produzidos pelo Sul Global (titularizado por América Latina, Ásia, África e países periféricos da Europa). Ao se questionar, na perspectiva crítica dos emergentes, a centralidade hegemônica do bloco do pensamento consolidado nos continentes europeu e norte-americano, ainda permanecem dispersos entre os distintos backgrounds sociológicos certos fatores e particularidades postas à margem da produção do conhecimento, pois as “[...] as margens são tão plurais e diversas quantos os centros” (OLIVEIRA; NASCIMENTO, 2020).
Frente a essa inflexão que se abre na perspectiva crítica latino-americana, este projeto tenciona no âmbito acadêmico da UFPEL e do seu entorno universitário por um constante debate que mobilize reciprocamente cientistas e a(s) realidade(s) social(is). Também retoma um antigo e prolífico ambiente intelectual entreposto na sociedade civil organizada, nos movimentos sociais e nas organizações políticas. Não se objetiva consolidar um novo recinto de formação, mas tentar desvelar os próprios preconceitos, bem como reforçar a desmistificação da cisão imaginada entre a sociedade e o ambiente de produção das teorias sociológicas. Outrossim, constrói uma ponte no canal complexo interposto nas sociologias marginais.
A necessidade desse debate emerge na atualidade frente a um contexto de negacionismo científico, envolto em questionamentos depreciativos sobre a relevância das ciências sociais no que tange ao ensino público superior.

Metodologia

A metodologia proposta para o desenvolvimento do projeto está baseada na organização de eventos e ações pedagógicas com foco em atividades extensionistas (debates, palestras, oficinas, visitas de campo, leituras dirigidas, grupos e/ou encontro de estudos, seminários, entre outros), que permitam espaços de troca e discussão entre academia e sociedade (círculos concêntricos de extensão-ensino e vice-versa).
As reflexões e ponderações entabuladas nessas múltiplas etapas constituirão produto acadêmico propriamente dito, a ser analisado de modo heurístico, com instrumental teórico e metodológico específico, vertido em ações de pesquisa, cujas reflexões e resultados serão compartilhados por meio de publicações científicas e outras formas de divulgação bibliográfica (artigos, ensaios, boletins, relatórios, capítulos de livro, E-book, livros, etc).
No primeiro momento de execução do Projeto, em virtude da vigência da pandemia do COVID-19, há uma redução do contato presencial em razão das barreiras sanitárias, portanto, as atividades estarão circunscritas ao plano do online. Contudo, mesmo nesta plataforma será possível dialogar com a comunidade “extramuros universitários”, tanto frente à presença potente e crítico-reflexiva de representantes da sociedade civil e movimentos sociais ministrando atividades inseridas no escopo do Projeto, quanto a partir da participação desses segmentos sociais entre o público destinatário dessas ações, que também contempla a representação discente.

Indicadores, Metas e Resultados

Indicadores:
Demarcadores teóricos, histórico-materiais e estruturais (cultural, sexo, etnia, classes, geracional, acessibilidade, econômico, origem, educacional, cor/raça, sexualidade, gênero, religião, migração, família, poder, instituições, dentre muitos outros) que emergem do locus inserido nas atividades, discussões e pesquisas contempladas pelo Projeto.

Metas:
Estimular a aproximação e inserção de discentes do PPGS/UFPel em atividades e projetos extensionistas;
Intensificar a formação dialógica fruto da troca de saberes e conhecimentos entre a sociedade e os discentes e/ou egressos participantes das diversas facetas do Projeto;
Contribuir para o adensamento da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão no corpus da produção discente do PPGS/UFPel;
Produzir o levantamento de novos aparatos teórico-metodológicos;
Incentivar a abertura de novas frentes de pesquisa.

Resultados:
Realização de eventos e ações pedagógicas com foco em atividades extensionistas (debates, palestras, oficinas, visitas de campo, encontro de estudos, seminários, entre outros);
Construção de contribuições teóricas e metodológicas que possam subsidiar as mobilizações da sociedade civil na luta por transformação do social;
Produção acadêmica e bibliográfica registrando as atividades do Projeto;

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALINE DOS SANTOS PEREIRA
ALINE DOS SANTOS PEREIRA5
CAROLINA FREITAS DE OLIVEIRA SILVA
Débora da Silva Olivo
Fabricio Sanches Medeiros
LUANA COSTA BIDIGARAY
MABIELLE PEDRA FANTI
MARA BEATRIZ NUNES GOMES
MARA BEATRIZ NUNES GOMES6
SANDRO ADAMS
THOMAS DE AGUIAR DE OLIVEIRA2

Página gerada em 14/05/2021 07:38:40 (consulta levou 0.424952s)