Nome do Projeto
USO DE UM IMUNOMODULADOR PARA A PREVENÇÃO DE DOENÇAS RESPIRATÓRIAS EM TERNEIRAS DA RAÇA HOLANDÊS
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
23/10/2020 - 23/09/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Resumo
A Doença Respiratória Bovina é uma das mais importantes doenças que acomete os terneiros durante as primeiras 3 semanas de vida. Causa elevado custo dentro do sistema produtivo devido aos gastos com tratamento e perdas produtivas, podendo causar a morte e comprometer taxas de reposição dentro do sistema, impedindo o retorno do investimento. Juntamente com a diarreia neonatal, é a maior causa de morbidade e mortalidade em terneiras (USDA, 2007). Estudos mostram que as taxas de mortalidade de bezerros no Brasil, devido a diarreias e pneumonias, podem chegar a 25%. Dentre as situações que podem causar estresse físico aos animais, são comuns: falhas de transferência de imunidade passiva; deficiências nutricionais; desmama; mudanças alimentares; cirurgias como descorna e castração; fome, desidratação e exaustão durante o transporte; mistura de animais de diferentes origens e faixas etárias em espaços restritos nas feiras e leilões; ventilação inadequada, com níveis elevados de umidade e gases de dejetos, dentro das instalações; quantidades excessivas de lama em confinamentos; e cargas elevadas de parasitos (RADOSTITS et al., 2006; SMITH, 2001). O período mais crítico para que as pneumonias e outras doenças em terneiros ocorra é a partir do quinto dia de vida, onde a imunidade passiva adquirida a partir do colostro diminui, ao mesmo tempo que ainda não há maturação completa do sistema imune ativo do terneiro, o que vai ocorrer a partir do 14° dia de vida, até sua completa maturação ao redor do 30° dia de vida (HEINRICHS, A.J.; JONES, C.M., 2003). Uma das alternativas na prevenção de doenças infecciosas, sem agravar a situação de resistência aos antibióticos, é o uso de substâncias imunomoduladoras, as quais atuam ativando a imunidade inata, e assim acelerando a resposta imune quando o organismo entra em contato com agentes infecciosos (APPOLINÁRIO & MEGID, 2007). Dentre estas substâncias, destaca-se um imunomodulador formado por um tipo especial de DNA plasmideal envolto por uma camada lipídica, ou lipossoma, o qual apresenta uma atividade imunoestimulatória por mimetizar uma infecção e assim dar início a resposta imune inata. Ao contrário dos adjuvantes, que obrigatoriamente têm de ser administrados em conjunto com o antígeno para potencializar uma resposta imune, os imunomoduladores podem ser administrados independentemente (TIZARD, 2002; APPOLINÁRIO & MEGID, 2007).

Objetivo Geral

O objetivo deste estudo é determinar a incidência de doenças respiratórias e demais doenças neonatais em bezerras leiteiras tratadas preventivamente com Imunomodulador aos 5 ou 14 dias de idade.

Justificativa

Devido ao uso sistemático e indiscriminado de antibióticos para tratamento de broncopneumonias em animais de produção, o surgimento de bactérias resistentes tem sido cada vez mais frequente (Catry et al., 2005). Estudos realizados na suíça por Vogel et al., (2001) e Wettstein e Frey, (2004) observaram que 43% das bactérias Mannheimia haemolytica isoladas de pulmões de terneiros eram resistentes a penicilina e ampicilina, ainda P. multocida e M. haemolytica demonstraram alta resistência a estreptomicina (48% e 100%), tetraciclina (15% e 43%), sulfonamidas (44% e 14%) e sulfa-trimetropim (11% e 0%).
Dessa forma, é necessário a busca por diferentes alternativas em prevenção e tratamento de doenças em animais de produção.

Metodologia

Este projeto é a continuação do projeto de Pesquisa cód COCEPE 9088
Após a caracterização de animais com sucesso ou falhas na transferência de imunidade
passiva e seleção dos animais a serem utilizados nas análises experimentais,determinou-se a
incidência de doenças respiratórias e demais doenças neonatais em bezerras leiteiras
tratadas preventivamente com Imunomodulador aos 5 ou 14 dias de idade.
Serão realizadas análises de dados no software SAS University e escrita dos trabalhos científicos.

Indicadores, Metas e Resultados

- Empregar o uso do imunomodulador para a prevenção de doenças em neonatos bovinos;
- Levar ao conhecimento dos produtores os impactos das doenças de neonatos dentro de um sistema produtivo.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANE DALLA COSTA DE MATOS
Ana Luiza Kalb
BERNARDO DA SILVA MENEZES
CAROLAINE GARCIA DE MATTOS
CASSIO CASSAL BRAUNER1
EDERSON DOS SANTOS
EDUARDO SCHMITT1
FRANCISCO AUGUSTO BURKERT DEL PINO1
MARCIO NUNES CORREA1
NATÁLIA MACHADO RAHAL
VIVIANE ROHRIG RABASSA2

Página gerada em 07/07/2022 01:27:37 (consulta levou 0.212111s)