Nome do Projeto
III ACERVOS EM REDE: perspectivas para os museus e a Museologia
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
20/01/2021 - 31/12/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Cultura / Comunicação
Linha de Extensão
Patrimônio cultural, histórico e natural
Resumo
Organização do Evento acervos em rede. Este é um evento que acontece a partir dos cursos de museologia da Região Sul em Parceria com a Equipe Tainacan - Laboratório de Inteligência de Redes (UNB). A primeira edição aconteceu na UFRGS, a segunda na UFSC e a terceira será na UFPel.

Objetivo Geral

Estimular a discussão do uso das tecnologias digitais para a gestão, comunicação e interoperabilidade de acervos culturais, com foco especial nos museus da região Sul do País.

Justificativa

O Evento acervos em rede é um importante momento de discussão sobre a preservação dos acervos digitais. O uso das tecnologias digitais é cada vez mais uma realidade nas instituições culturais. Em especial, as chamadas instituições memoriais, pela peculiaridade de1coletarem, armazenarem e difundirem acervos culturais, têm buscado nas tecnologias digitais da informação uma forma de não só melhorarem seus processos preservacionista, como também de ampliarem a difusão dos patrimônios sob sua guarda para um número mais amplo de pessoas. Dessa forma, seja internamente, na gestão, pesquisa e organização das coleções, seja na sua interface pública, por meio de sites, repositórios digitais de acervos, exposições interativas e produtos educacionais, as tecnologias digitais têm se constituído como importantes aliadas no cumprimento da missão social dessas instituições. Sendo o Bacharelado em Museologia da UFPel, o terceiro curso de graduação federal, este tem buscado constantemente a participação na discussão dos novos temas do campo, e os acervos digitais devem com muita rapidez serem tratados com a responsabilidade necessária. Este evento que acontece em rede com outros cursos da região sul é de extrema importância para fortalecer a área neste momento em que as políticas publicas para a museologia desapareceram. Desta forma o evento justifica-se pela necessidade de discutirmos a museologia no Brasil e mais especificamente na Região Sul, alem de podermos traçar um panorama a respeito da preservação dos acervos.

Metodologia

A partir da organização das três universidades -UFPEL, UFRGS, UFSC - em parceria com a UNB, será organizado um evento em outubro que a principio acontecerá de forma virtual, podendo ser mudado o seu formato, conforme as condições sanitárias do país durante o ano de 2021. A sede do evento será a UFPel e contará com conferências, mesas redondas, e apresentações de trabalhos

Indicadores, Metas e Resultados

Número de participantes - esperasse em torno de 500 inscritos
Trabalhos iscritos - 50 inscrições

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALINE REGIANE DE JESUS MOTA
AMANDA FERREIRA DE GONÇALVES
ANA CAROLINA GELMINI DE FARIA
AUGUSTO DUARTE GARCIA
Atenea garcia Gomez
Calíope Victor Spíndola de Miranda Dias
DANIEL MAURICIO VIANA DE SOUZA32
DANIELLE DO CARMO
DIEGO LEMOS RIBEIRO32
Dalton Lopes Martins
JOANA SOSTER LIZOTT2
JOCELEM MARIZA SOARES FERNANDES
JOSSANA PEIL COELHO
Luciana Conrado Martins
MARIANA BRAUNER LOBATO
NORIS MARA PACHECO MARTINS LEAL33
RAFAEL TEIXEIRA CHAVES
RENAN MARQUES AZEVEDO DA MATA
RENATA CARDOZO PADILHA
ROSEMAR GOMES LEMOS32
SARAH MAGGITTI SILVA32

Página gerada em 04/07/2022 09:07:21 (consulta levou 0.131279s)