Nome do Projeto
Filosofia, Literatura, Educação e Formação Humana
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/07/2021 - 30/06/2025
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Resumo
O presente projeto unificado substitui e dá continuidade ao projeto de pesquisa, que se encontra em fase de encerramento, intitulado "Paradigmas filosóficos na educação: perspectivas para pensar a educação e formação humanas". Seu escopo amplia o espectro das investigações lá desenvolvidas, agregando a Literatura à rede de construções culturais cujas práxis fornecem rico material à formação humana. O projeto insere-se no contexto das diversas pesquisas desenvolvidas no Grupo de Pesquisas Filosofia, Educação e Práxis Social (FEPráxiS) e se articula às orientações de Graduação, Iniciação Científica, Mestrado, Doutorado e Pós-doutorado desenvolvidas pela coordenadora do Projeto.

Objetivo Geral

Das construções filosóficas que contribuíram na conformação nossa cultura, das teorias pedagógicas produzidas pelos educadores ao longo da história da educação, bem como das obras literárias que a criação artística tem legado à humanidade, extrair ideias-força que ajudem a melhor compreender os processos formativos a que nossa sociedade está submetida, assim como a propor novas práxis de formação humana.

Justificativa

Antes de tudo, é preciso partir de um mínimo de clareza conceitual, identificando os possíveis sentidos do vocábulo formação em nossa linguagem de educadores. Em termos gerais, entende-se a formação como processo de devir humanizador, no qual o ser natural devem pessoa, ou seja, ser cultural. Tal sentido encontra sua maior riqueza nas acepções do verbo reflexivo, numa indicação de que o próprio sujeito é agente responsável por sua construção. Trata-se, prioritariamente, de processo autoformativo do ser social.
A retomada das construções filosóficas que atravessaram nossa cultura, das ideias pedagógicas articuladas por grandes educadores que nos precederam, bem como das produções literárias, que simultaneamente escondem e revelam concepções filosóficas e visões gerais de mundo, permite melhor aquilatar a historicidade e o verdadeiro teor do conceito e das práticas de formação humana que temos contemporaneamente, possibilitando-nos fundamentar a proposição de novos rumos formativos do ser social em nossos dias.

Metodologia

A natureza da investigação filosófica tem, sem dúvida alguma, maior afinidade com a pesquisa bibliográfica. Entretanto, afirmar unicamente que será esta a metodologia empregada pode ser pouco esclarecedor. Importa destacar que no bojo dessa denominação genérica de “pesquisa bibliográfica”, com seus procedimentos já bem solidificados, diferentes podem ser as orientações de conduta do pensamento. No caso da presente investigação, cujo objetivo não é exclusivamente a exposição de diferentes concepções filosóficas, educacionais ou literárias que influenciaram e compõem o cenário formativo de nossa cultura, será privilegiada a abordagem analítico-sintética. Trata-se, pois, de apresentar diferentes construções filosóficas, pedagógicas e literárias, mostrar como se desenvolveram de um modo organizado e ordenado, captar seus elementos essenciais e princípios básicos, bem como tecer articulações entre todos esses elementos e a práxis formativa.
A estratégia de ação que caracterizará a pesquisa será uma reconstrução de síntese das múltiplas relações das diversas categorias filosóficas, pedagógicas e literárias, nos moldes de uma totalidade complexa. A reconstrução dessa totalidade teórica permitirá, num segundo momento lógico, a compreensão mais clara e detalhada de cada um dos conceitos trabalhados. Trata-se, agora, de tarefa analítica. O desdobramento do conjunto da rede categorial filosófica, a análise de seus conceitos-chave tornará possível compreender mais precisamente o vigor de cada um na construção do pensamento educacional como um todo. Mas ainda mais do que isso: permitirá que se descubra a potencialidade de tais conceitos ajudarem no esclarecimento de outras situações que não aquelas imediatamente tomadas como alvo de nossas preocupações. Assim, os conceitos filosóficos, pedagógicos e literários contidos nas diferentes construções poderão ser tomados, num momento subsequente, como categorias explicativas mais gerais para a compreensão das políticas e práticas educacionais.

O passo decisivo da pesquisa será a construção de uma nova síntese. Trata-se, neste momento, da rearticulação da rede reflexionante estudada, desta vez, porém, guiados pela intencionalidade específica que mobiliza esta investigação, qual seja, a proposição de novas práxis formativas. Em resumo, a conduta do pensamento segundo uma abordagem analítico-sintética não apenas tematizará sobre o modo como a filosofia, a pedagogia e a literatura desenvolveram-se no passado, não mostrará somente como foram organizadas e como têm sido utilizadas para ajudar a planejar políticas e práticas educacionais, reproduzindo-se descritivamente, mas extrairá de suas formulações uma produtividade vigorosa para a compreensão dos problemas contemporâneos da educação e da formação humanas.

Indicadores, Metas e Resultados

- Publicação de pelo menos um artigo científico por semestre;
- Formação de novos pesquisadores, em diferentes níveis de graduação e pós-graduação;
- Desenvolvimento de pelo menos uma ação de extensão ao ano;
-Desenvolvimento de ao menos uma ação de ensino por ano.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANA GARCIA MENDES
ADRIANE DA SILVA MACHADO MÖBBS
ALESSANDRO SANTOS DOS SANTOS
ANA MARIA SOUZA DE SOUZA
ANA PAULA GRELLERT
ANDREA MAGELA SILVEIRA DE SILVEIRA
AVELINO DA ROSA OLIVEIRA
Aguinaldo Soares Hammes
Ailson Barbosa de Oliveira
Alex Oliveira de Castro Castelo
Alexandre Reinaldo Protásio
Angelina Gottardi
Ariane Ribeiro Souza
CARLA BEDUHN WEBER
CARLOS BRASIL ALMEIDA VILELA
CAROLINA NOGUEIRA DA ROSA
CAROLINA SALDANHA NUNES
CAROLINE TERRA DE OLIVEIRA20
CRISTINA MEDEIROS CORRÊA
Camila Rampelotto da Silva
Conrado Alencastro Bueno
Cristina Macke dos Santos
DIRLEI DE AZAMBUJA PEREIRA20
Daniela Pereira de Oliveira
ELIANE GODINHO
ETIANE CORVELLO DA SILVEIRA
EVA TEREZINHA FERREIRA JORNADA
Enedina Soares Gonçalves
Eva Verginia Cunha da Silva
FABIANA CELENTE MONTIEL
FLAVIO PEREIRA DE OLIVEIRA
FRANCIELE CORVELLO DA SILVEIRA
GABRIELA MARTINS MATTOS
GABRIELA TEIXEIRA GOMES
GIOVANI DE SOUZA BARBOSA
GOMERCINDO GHIGGI
Goreth Cristina Veloso Pereira
HELEN RODRIGUES OLIVEIRA
Ingrid Evelin Queli Silveira Machado Leal Perez
JOSIANE BELONI DA CRUZ
JULIANA WESTPHAL BUENO
JULIO CESAR MADEIRA
JULIO CESAR PIRES PEREIRA
Juliano Boettge Peres
KERLEN BRUNA GONÇALVES MARTINS
Karen Paola Taborda Monção
KÁTIA APARECIDA POLUCA PROENÇA
LAERCIO DA SILVA NEBEL
LARISSA BORBA DE MIRANDA
LAURA SILVA COSTA
LEONOR GULARTE SOLER
LETÍCIA MARIA PASSOS CORRÊA
LISANDRA FERREIRA JARDIM
LUIZ EDUARDO MADEIRA
MARA LUCIA TEIXEIRA BRUM
MAYARA CRISTINA VARGAS
Maria Constância Ferreira de Sousa
Michele Candido Moraes
Míriam Furquim Gonçalves Alvira
NATHALIA VIEIRA RIBEIRO
NEIVA AFONSO OLIVEIRA36
PAULO EDUARDO DIAS TADDEI
PRISCILA BORGES SILVEIRA
PRISCILA FERNANDES PALACIO
RAQUEL DO SACRAMENTO WALLY
RITA DE CÁSSIA GRECCO DOS SANTOS
ROBENSON AZOR
ROSELI RODE ALCHIERI
Rita de Cássia Pinheiro dos Santos Castanheira
SANDRA MARA AVERO BARRETO MEIRELLES
SANDRO CAVALHEIRO SOUZA
TALISSA CRISTINI TAVARES RODRIGUES
TATIANA PATRICIA SEIMETZ
VANDERLEI GULARTE FARIAS
VIVIANE AQUINO ZITZKE
VIVIANE DA COSTA WREGE
Victor Fernando Alves
Vilmar Dorneles Aprato Neto
WAGNER PIRES DA SILVA
YASMIN MACHADO DA SILVA
ZULEYKA DA SILVA DUARTE

Página gerada em 21/10/2021 08:04:20 (consulta levou 0.177296s)