Nome do Projeto
Levantamento preliminar da fauna de dípteros em localidades do Rio Grande do Sul, Brasil - Parte II
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/03/2022 - 31/12/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Biológicas
Resumo
O presente projeto compreende uma continuação do projeto "Levantamento preliminar da fauna de dípteros em localidades do Rio Grande do Sul, Brasil" (cód. COCEPE 8639) e prevê a execução de algumas partes do projeto inicial que não foram passíveis de serem realizadas durante a situação de pandemia de COVID-19, bem como propor novas ações no que tange ao conhecimento da fauna de Diptera no estado do Rio Grande do Sul. No primeiro projeto, cuja vigência se encerra em fevereiro de 2022, foram realizadas coletas em campo de dípteros nas localidades do Capão do Leão e São Francisco de Paula, utilizando armadilhas Malaise e Van Someren-Rydon, das quais resultaram uma grande quantidade de material. Até o momento, este material já foi triado e identificado para as famílias Calliphoridae, Mesembrinellidae, Drosophilidae e Syrphidae. Assim, há material pertencente a outras famílias da ordem ainda a serem triados e identificados, processo este que incluirá também pesquisadores colaboradores parceiros. Em especial, esta última atividade descrita foi fortemente impactada pela conjuntura da pandemia. Além disso, ainda no contexto do primeiro projeto, foram realizados levantamentos dos registros de ocorrência disponíveis na literatura para espécies das famílias Calliphoridae e Mesembrinellidae no Rio Grande do Sul, identificando-se assim regiões que representam lacunas sensíveis, sub-amostradas ou ainda não amostradas, no que se refere ao conhecimento da fauna no estado. Nesta segunda etapa, pretende-se expandir esse levantamento dos registros de ocorrência para outras localidades do Brasil e também para localidades de outros países incluídos dentro do Bioma Pampa, além de se averiguar a possibilidade de realização de coletas adicionais no estado, de modo a dimensionar melhor o quanto da fauna é conhecida para este ambiente.

Objetivo Geral

Assim como para o primeiro projeto, o objetivo geral deste projeto é contribuir com o conhecimento da fauna de dípteros do estado do Rio Grande do Sul, em especial no que se refere às famílias Calliphoridae e Mesembrinellidae, tanto através de coleta de espécimes em campo quanto através da sistematização do conhecimento já publicado e disponível na literatura científica. Além disso, os dados de composição da fauna e registros de ocorrência obtidos estão e continuarão sendo integrados em estudos mais amplos, envolvendo principalmente questões evolutivas dentro de Oestroidea e em outros grupos de Diptera.

Justificativa

Como informado na seção 'Resumo', muitas das atividades previstas no projeto inicial não foram realizadas em função da conjuntura de pandemia. Além disso, dos dados que foram obtidos das atividades realizadas, detectou-se ainda lacunas no conhecimento da fauna de dipteros do estado do Rio Grande do Sul, em especial no que se refere às famílias Calliphoridae e Mesembrinellidae (Calyptratae: Oestroidea), as quais deverão ser aqui melhor dimensionadas, permitindo assim o delineamento de novas estratégias e projetos futuros.

Metodologia

O projeto prevê, primariamente, a análise do material já coletado, com identificação dos grupos subordinados à ordem Diptera. Para tanto, o material será triado em laboratório, utilizando-se estereomicroscópio ou lupa. A identificação do material será feita através de chaves de identificação disponíveis na literatura. Para espécimes de algumas espécies, prevê-se o processamento do material para obtenção de dados de sequências de DNA, envolvendo as técnicas de extração de DNA, amplificação do material genético através da reação em cadeia da polimerase (PCR), eletroforese, purificação e sequenciamento. Os dados de sequências de DNA obtidas deverão ser integrados em estudos de inferência filogenética e de biogeografia, os quais já são realizados pelo coordenador do presente projeto.
No caso de se averiguar a necessidade de coletas adicionais em campo, o material deverá ser coletado através de armadilha de interceptação de voo, armadilha Van Someren-Rydon, ou outros tipos de armadilhas.
No que tange à sistematização dos dados de ocorrência e distribuição das espécies, deverão ser confeccionados mapas de distribuição das espécies, utilizando em especial o programa QGIS.

Indicadores, Metas e Resultados

A principal meta deste projeto compreende a ampliação do conhecimento gerado no primeiro projeto, em especial, expandindo-se o número de espécimes triados e de espécies identificadas para outras famílias de Diptera. Além disso, sistematizar os dados de ocorrência e distribuição para as espécies de Calliphoridae e Mesembrinellidae do Rio Grande do Sul, com a confecção de mapas de distribuição.

Dentre os resultados esperados, além dos manuscritos científicos e resumos a serem apresentados em simpósios e congressos que podem ser gerados a partir do estudo, prevê-se também a orientação de alunos de graduação e de pós-graduação, sob demanda, contribuindo-se assim para a formação de novos profissionais. No que se refere ao conhecimento científico, o projeto deverá prover avanços importantes no conhecimento da fauna de Diptera, em especial das famílias Calliphoridae e Mesembrinellidae, no estado.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DINIZ LIMA FERREIRA
Dalton de Souza Amorim
JULIANA CORDEIRO1
LAIS CARDOSO VALADAO
MARCO ANTONIO TONUS MARINHO6
MARCO SILVA GOTTSCHALK1
MONICA LANER BLAUTH1
TAÍS MADEIRA

Página gerada em 09/08/2022 16:52:43 (consulta levou 0.229996s)