Nome do Projeto
Divulgando a biodiversidade em Pelotas
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
31/07/2017 - 30/07/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Meio ambiente / Educação
Linha de Extensão
Educação Ambiental
Resumo
O projeto tem como foco divulgar a importância da conservação da biodiversidade em Pelotas, em especial a importância da implantação de uma Unidade de Conservação na área do Pontal da Barra/várzea do Canal São Gonçalo. As formas de divulgação que se pretende usar incluem: 1) realização de palestras para diferentes públicos; 2) elaboração de oficinas de confecção de material didático junto ao público escolar e dos bairros; 3) realização de vivências ou imersões nos ambientes preservados da área em foco, com enfoque didático e lúdico; 4) realização de exposições sobre a biodiversidade, tanto fora quanto dentro da UFPel; 5) realização de reuniões no Conselho Municipal de Proteção Ambiental (COMPAM), visando divulgar e defender a proposta de criação de uma Unidade de Conservação na área do Pontal da Barra/várzea do Canal São Gonçalo; 6) realização de caminhadas educativas, em trilhas e bairros; 7) realização de eventos de curta duração sobre a biodiversidade local, sua importância e a responsabilidade de cada cidadão/cidadã em conservá-la; 8) realização de outras atividades, não previstas anteriormente.

Objetivo Geral

Divulgar a biodiversidade e a importância de sua conservação em Pelotas, em especial a importância da área do Pontal da Barra/várzea do Canal São Gonçalo, visando a implantação de uma Unidade de Conservação na área.

Justificativa

A principal justificativa para a realização do projeto em tela é a carência de conhecimento por parte da população em relação à rica biodiversidade que existe no território do município de Pelotas, as ameaças a este patrimônio e as formas possíveis de conservá-la para as futuras gerações. Entre as justificativas pontuais mais importantes está a presença de populações significativas de espécies globalmente ameaçadas de extinção e espécies endêmicas na área do Pontal da Barra/várzea do Canal São Gonçalo.

Metodologia

A compilação da informação para uso no projeto ocorrerá por meio de revisão bibliográfica e por revisão documental. A revisão documental, em grande parte, terá como base o rico acervo de anotações de campo e fotografias de fauna e flora acumuladas pelo coordenador do projeto nos últimos 30 anos de trabalhos de campo em ambientes naturais em Pelotas.
Os métodos e ferramentas para a execução do projeto incluem: 1) realização de palestras para diferentes públicos; 2) elaboração de oficinas de confecção de material didático junto ao público escolar e dos bairros; 3) realização de vivências ou imersões nos ambientes preservados da área em foco, com enfoque didático e lúdico; 4) realização de exposições sobre a biodiversidade, tanto fora quanto dentro da UFPel; 5) realização de reuniões no Conselho Municipal de Proteção Ambiental (COMPAM), visando divulgar e defender a proposta de criação de uma Unidade de Conservação na área do Pontal da Barra/várzea do Canal São Gonçalo; 6) realização de caminhadas educativas, em trilhas e bairros; 7) realização de eventos de curta duração sobre a biodiversidade local, sua importância e a responsabilidade de cada cidadão/cidadã em conservá-la; 8) realização de outras atividades, não previstas anteriormente.
Os referenciais técnicos / teóricos para o presente projeto serão, principalmente, a Política Nacional da Biodiversidade (Decreto N° 4.339, de 22 de agosto de 2002. Institui princípios e diretrizes para a implementação da Política Nacional da Biodiversidade. Diário Oficial da União, N° 163, seção 1. 23 de agosto de 2002) e o artigo "A importância ambiental da área do Pontal da Barra/várzea do canal São Gonçalo, Pelotas (RS): justificativas para a implantação de uma unidade de conservação" (Maurício, G.N., 2017, Cadernos do CIM, vol. 1, nº 1, janeiro/junho de 2017).

Indicadores, Metas e Resultados

A adesão e interesse dos atores envolvidos - população, veículos de comunicação, alunos de escolas visitadas, gestores públicos etc... - ao tema abordado será o principal indicador do projeto. Estima-se que o nível de adesão / interesse será percebido nas primeiras atividades do projeto.
Entre as metas do projeto, pode-se elencar as seguintes: 1) atingir mais de 30.000 alunos nas redes de ensino em Pelotas; 2) obter espaço na mídia local para a divulgação do projeto e suas propostas; 3) sensibilizar a comunidade favoravelmente à proposta de criação de uma Unidade de Conservação na área do Pontal da Barra/várzea do Canal São Gonçalo.
Entre os resultados esperados, o principal é a criação da demanda entre a comunidade de Pelotas pela criação de uma Unidade de Conservação na área do Pontal da Barra/várzea do Canal São Gonçalo. Em outras palavras, espera-se que a população em geral, incluindo lideranças políticas, possam ter a noção precisa da importância da conservação da biodiversidade, especialmente com relação à proposta de criação de uma Unidade de Conservação na área do Pontal da Barra/várzea do Canal São Gonçalo

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANE REGINA BOM GENTIL
ADÃO FONSECA ANÇA
ALICE PEREIRA LOURENSON
ALINE VIANA LACAVA
ANA JANICE MOTA BONIFÁCIO
ANA SANTOS DE MELO
ANDRESSA RIBEIRO CARDOSO
ANDRÉA MAGELA SILVEIRA DE SILVEIRA
ANTÔNIO AGRELLO MARTINS
ARTHUR DA SILVA KATREIN
CAROLINE TERRA DE OLIVEIRA
CLAUDIA DA SILVA TORINO
CÂNDIDA FERNANDA GOULART BRASIL
CÍNTIA LIDIANE GUIDOTTI AGUIAR
DANIELA DELAMARE TAVARES
DANIELA R. B. DE MOURA
DIEGO DE PAULA GUIMARAES
DÉBORA CHAROPEN BELMONTE
EDILENE CUNHA SINOTT
FABIANA DE FREITAS BUENO
FABIOLA FUMAGALLI DE MORAES
GIOVANNI NACHTIGALL MAURICIO32
GIULLYAN BEATRHYS DE CARVALHO FERNANDES DOS SANTOS
HELOISA CANTARELI DA ROSA
ILDA ROSA BARROS ZIEMAN
ISABEL CRISTINA MOTA DA SILVA
IZABEL CRISTINA MÜLLER
JESILAINE TEREZINHA SALTON
JOSIANA BACELO
JOÃO GABRIEL DA SILVA SCHNEIDER
JUAN CARLOS LOZANO GUZMÁN
JUSCELIA DOS SANTOS SILVA LIMA
KÁTIA REJANE NUNES OLIVEIRA
LARA MACHADO DA SILVA
LETÍCIA ADRIANA PEREIRA AMATO
LILIA ROCHEDO DE SOUZA
LISIANE JODAR FAGUNDES
LISIARA DA SILVA RIBEIRO
LOURDES REGINA GOMES DE ASSUMPÇÃO
LUCIANA DE FREITAS MOREIRA
LUCIANE MARQUES DILLI
LUCIANE VERGARA GONÇALVES
LUIZA DOS SANTOS CAMEJO
MAIARA DUTRA SOARES
MARA REGINA SILVEIRA ORTIZ
MARIA CAROLINA MEDEIROS RODRIGUES
MARIA CLÁUDIA UGOSKI BACCHIERI
MARISTELA MENDES LIMA
MATHEUS ROSA DA COSTA
MAURICIO PINTO DA SILVA1
NAILE PINTO IUNES
NATHALIA CRISTINA BERNARDES CERUTTI
PATRICIA DE OLIVEIRA BARCELOS
PAULA PERCEU DE SIQUEIRA CAMEJO
QUEZIA IASODARA COSTA DE OLIVEIRA BALHEGO
RAFAELA DE OLIVEIRA KURZ
RENAN VAZ DE SOUSA
RODRIGO DUTRA CALDEIRA
ROGÉRIO RANGEL DE LIMA
SAMANTHA PLAMER LARROSSA
SHANA MONTE PEREIRA RAMOS
SUELEN SUDATTI NUNES
THIAGO ANTONIOLLI
TIAGO DA SILVEIRA MARIN
TÂNIA TEREZINHA G. DOS SANTOS
VANESA TELES GARCIA
VERA LÚCIA TAVARES RAPETTO
WILLIAN SILVA RIVAROLI

Página gerada em 22/11/2019 16:06:31 (consulta levou 0.137275s)