Nome do Projeto
Organização, documentação e conservação preventiva de bens culturais
Ênfase
Ensino
Data inicial - Data final
02/05/2023 - 30/04/2027
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar
Resumo
A área de conservação e restauração se insere no contexto mais amplo da preservação de patrimônio cultural, e estrutura-se em três linhas de atuação: a conservação, a restauração e a conservação preventiva, cada uma com suas especificidades, mas sempre complementares. Por conservação preventiva designa-se o conjunto de ações não-interventivas que visam prevenir e/ou retardar os danos sofridos, minimizando o processo de degradação dos bens culturais. O Plano Pedagógico do Curso tem, como seu objetivo central, a formação de profissionais com competências e habilidades para atuar no campo da preservação do patrimônio cultural, realizar ações e procedimentos de conservação preventiva e de conservação e restauração de acervos e bens integrados, de forma criteriosa e segura. Desta forma, a Reserva Técnica do curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis constitui-se em espaço para aplicação dos conhecimentos estudados nas disciplinas de Conservação Preventiva I, II e III, local em que as teorias e práticas podem ser aplicadas e discutidas pelos alunos. A estratégia de incluir os alunos, desenvolvendo ações de documentação, higienização e organização do acervo do Museu das Telecomunicações, sob a guarda do DMCOR/ICH, com a supervisão do professor, se insere no contexto didático-pedagógico do curso, oferecendo capacitação e formação adequada aos futuros profissionais que trabalharão com a preservação de bens culturais, em contextos diversos. Os aspectos referentes às ações multidisciplinares, características do trabalho do Conservador-Restaurador, também formam a base do projeto de ensino proposto.

Objetivo Geral

Oferecer aos alunos espaços de ensino aprendizagem, com base nas orientações teóricas e práticas da Conservação Preventiva, atuando na salvaguarda do acervo das telecomunicações e itens abrigados na reserva técnica do Curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis e estruturar esses dois
ambientes, sob responsabilidade do DMCOR/ICH/UFPEL.

Justificativa

O projeto busca complementar as atividades desenvolvidas em sala de aula e ampliar as alternativas de práticas para os graduandos do curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis, e também graduandos de museologia, história e áreas afins, proporcionando contato com os espaços de reserva técnica do curso e com um importantíssimo acervo, representativo da cultura e memória - do trabalho e da evolução da tecnologia das telecomunicações - da região sul do Rio Grande do Sul. Com a supervisão do professor, as atividades previstas voltam-se, principalmente, para a conservação preventiva destes objetos, em diferentes aspectos, como a adequação e monitoramento de seus espaços de guarda, mobiliário, embalagens e a documentação de conservação das peças. A proposta justifica-se como forma de habilitar os futuros profissionais para o estudo e planejamento de ações na área de conservação preventiva; desenvolver aspectos cognitivos, a capacidade de reflexão e a responsabilidade social,
englobando os componentes éticos e afetivos; identificar, analisar e solucionar problemas de preservação e conservação em bens culturais, respeitando e discutindo as peculiaridades de cada situação e dos agentes sociais envolvidos. Com relação ao acervo das telecomunicações, o projeto dará apoio a sua comunicação à sociedade, por meio de trabalho multidisciplinar, principalmente junto ao curso de Museologia e, também, História e Antropologia.

Metodologia

A metodologia para atingir os objetivos propostos é a seguinte:
- Pesquisa bibliográfica e discussão, em grupo, dos métodos de conservação adequados à situação em que se encontra o acervo;
- Pesquisa sobre a coleção e seu contexto;
- Organização e higienização dos espaços e mobiliário existente nas reservas técnicas;
- Diagnóstico do estado de conservação das peças;
- Higienização mecânica dos objetos de diferentes tipologias;
- Documentação individual dos itens do acervo;
- Inserção das informações em base de dados;
- Definição e execução de melhores condições para armazenamento dos objetos, considerando os materiais disponíveis;
- Acondicionamento do acervo;
- Planejamento das rotinas e métodos de conservação e monitoramento dos espaços de reserva e os objetos ali abrigados;
- Implementar o monitoramento, com base no plano proposto;
- Análise das informações obtidas por meio do monitoramento.

Indicadores, Metas e Resultados

- Estabelecimento de espaço para práticas pedagógicas de acordo com o Plano Político Pedagógico do Bacharelado em Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis, complementando os conteúdos vistos nas disciplinas;
- Estabelecimento de espaço para práticas pedagógicas para alunos do curso de Museologia, História e áreas afins;
- Implantação de um plano de conservação para a Reserva Técnica do curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis;
- Atendimento às diretrizes da Lei nº 11.904/2009, quanto à gestão do patrimônio museológico brasileiro;
- Criação de novas oportunidades para projetos de pesquisa e extensão.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALESSANDRA SAMARA BERNARDINO DOS SANTOS
ANA BEATRIZ MOREIRA DE LIMA
ANDREA LACERDA BACHETTINI1
ANNA LUISA ORTEGA DE FREITAS
ANNELISE COSTA MONTONE4
INGRID LAPUENTE CAVALHEIRO
JOYCE FREITAS SOUSA
KELI CRISTINA SCOLARI2
NORIS MARA PACHECO MARTINS LEAL2
SAYWA YOLANDA ALMARAZ FLORES

Página gerada em 24/07/2024 22:36:17 (consulta levou 0.133354s)