Nome do Projeto
Relação entre a ansiedade e a compulsão alimentar em adolescentes
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
03/04/2023 - 15/12/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Resumo
Existe uma grande preocupação instalada na sociedade referente a existência de um ideal de beleza, que vem sendo passado de geração para geração, mas que vem pressionando principalmente os adolescentes que se encontram em um processo de desenvolvimento da sua própria imagem corporal. Essa vontade de alcançar a magreza está conectada com o desenvolvimento de comportamentos alimentares inadequados, que podem acabar evoluindo para um quadro mais grave, influenciando o desencadeamento de episódios de transtornos alimentares. Destaca-se também o transtorno de ansiedade, que é caracterizado por vários sentimentos negativos, como o medo, o nervosismo, a preocupação e a angústia. Em relação aos sentimentos negativos causados pelo transtorno de ansiedade, é provável que esse transtorno seja concomitante com o transtorno de compulsão alimentar, porque quando essas sensações ruins aparecem o paciente, inconscientemente, acaba ingerindo de forma obsessiva alimentos calóricos que influenciam na liberação de serotonina, hormônio que regula o humor, proporcionando um prazer imediato, mas que não será duradouro. Sendo assim, o objetivo desta pesquisa é avaliar a relação entre ansiedade e compulsão alimentar entre adolescentes de 14 a 18 anos, bem como analisar os hábitos alimentares destes adolescentes. A pesquisa será realizada no Colégio Municipal Pelotense, na cidade de Pelotas - RS, com adolescentes de ambos os sexos, com idades entre 15 e 18 anos, matriculados no ensino médio. A coleta de dados ocorrerá por meio da auto aplicação supervisionada por entrevistadores de 2 questionários, a Escala de Compulsão Alimentar Periódica e o Screen for Child Anxiety-Related Emotional Disorders, além da aplicação de questionário de frequência de consumo de marcadores de consumo alimentar. A pesquisa já foi aprovada pelo CEP da Faculdade de Enfermagem da UFPEL.

Objetivo Geral

Avaliar a relação entre ansiedade e compulsão alimentar entre adolescentes de 14 a 18 anos. Objetivos específicos: Verificar a prevalência de ansiedade em adolescentes de 14 a 18 anos; Avaliar a prevalência de compulsão alimentar nos adolescentes com ansiedade; Analisar os hábitos alimentares dos adolescentes com ansiedade e compulsão alimentar.

Justificativa

O transtorno de ansiedade tem se tornado cada vez mais frequente entre adolescentes e ocorre principalmente pelo desejo de aceitação, que atinge a autoestima, por precisar se encaixar nos padrões que a sociedade e as redes sociais impõem (LOPES; SANTOS, 2018). Nos últimos anos os distúrbios alimentares começaram a aparecer em maior evidência, aumentando os estudos referentes ao assunto, com objetivo de pontuar quais são os principais critérios de diagnóstico do transtorno de compulsão alimentar (ANJOS, et al., 2020). Desse modo, compreende-se que o tratamento integrado entre profissionais da psicologia e profissionais da nutrição seria a melhor opção, já que as emoções e os sentimentos negativos causados pela ansiedade possuem forte influência na quantidade alimentar ingerida pelo paciente que tem compulsão alimentar (MELCA et al., 2014). O transtorno de compulsão alimentar juntamente com o transtorno de ansiedade, são considerados os fatores de risco que estão em maior evidência atualmente na sociedade em geral, mas principalmente entre os adolescentes. Portanto é importante a realização de um estudo direcionado a esse público, para identificar o surgimento desses problemas na vida desses jovens. Por isso, essa pesquisa tem como intuito analisar a presença de compulsão alimentar e de ansiedade, e também analisar os hábitos alimentares desses adolescentes, para que os dados dessa análise possam servir de auxílio na nutrição comportamental.

Metodologia

Trata-se de um estudo quantitativo de caráter transversal. A pesquisa será realizada no Colégio Municipal Pelotense, na cidade de Pelotas - RS, Brasil. Serão incluídos adolescentes de ambos os sexos, com idades entre 14 e 18 anos, que estiverem matriculados no ensino médio. Serão excluídos do estudo gestantes, indivíduos que não se encaixarem na faixa etária escolhida e que não assinarem o TALE e TCLE. Foi calculada uma amostra representativa dos adolescentes matriculados no ano de 2022 (600 alunos), totalizando 175 participantes, com nível de confiança de 95%. A coleta de dados ocorrerá por meio da auto aplicação supervisionada por entrevistadores, em sala de aula, de três questionários específicos. No primeiro momento os participantes preencherão o questionário sobre compulsão alimentar, com objetivo de avaliar a presença dos episódios compulsivos nos adolescentes. O Binge Eating Scale (BES) criado por Gormally et al (1982), e traduzido como Escala de Compulsão Alimentar Periódica (ECAP) por Freitas et al (2001), é um questionário de caráter autoaplicável, por meio do qual será possível avaliar a presença dos episódios de compulsão alimentar entre os adolescentes. Essa ferramenta é composta por 16 questões e 62 afirmativas, que abordam desde manifestações comportamentais até emoções causadas por esses episódios. será auto aplicado o segundo questionário, relacionado à ansiedade, a fim de verificar a presença de casos de ansiedade entre os adolescentes. O Screen for Child Anxiety-Related Emotional Disorders (SCARED), desenvolvido com base na classificação do DSM-IV de transtornos de ansiedade. Por último, será aplicado um questionário de frequência alimentar com base nos marcadores de consumo alimentar do SISVAN.

Indicadores, Metas e Resultados

Serão utilizados como indicadores as escalas dos questionários e as análises. Espera-se encontrar maior prevalência de ansiedade e compulsão alimentar entre as meninas; Associação entre ansiedade e compulsão alimentar, ou seja aqueles(as) que apresentarem ansiedade terão maior prevalência de compulsão alimentar e Associação do consumo de alimentos ultraprocessados com ansiedade e/ou compulsão.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAMILA IRIGONHE RAMOS
CAMILA IRIGONHE RAMOS1
ERONITA MOREIRA PINTO
INES LACO DE ASSIS
MARIANA GIARETTA MATHIAS3
SUELLEN SILVEIRA MORAES

Recursos Arrecadados

FonteValorAdministrador
financiamento próprioR$ 300,00Coordenador

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
339033 - Passagens de Despesas de LocomoçãoR$ 100,00
339030 - Material de ConsumoR$ 200,00

Página gerada em 21/04/2024 17:19:37 (consulta levou 0.151176s)