Nome do Projeto
Efeito do do butirato de sodio em diferentes pHs sobre a inibição in vitro de bacterias gran negativas e gran positivas isoladas de frangos de corte
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
17/05/2023 - 16/05/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Resumo
A crescente demananda por alternativas aos antibioticos promotores de crescimento tem sido uma grande preocupação devido ao desenvolvimento de resistencia bacteriana promovido pelo uso constante de antibioticos nas rações durante ciclo de produção de frangos de corte. Em função desta demanda neste trabalho serão avaliados a capacidade de inibição in vitro do Butirato de Sodio como alternativa aos promoteres de crescimento antibiotico, quando serão avaliadas as capacidades de inibição invitro do Butirato de Sódio submetidos a diferentes pHs (4,5, 5, 5,5, 6) sobre cepas de bacterias isoladas do trato gastrointestinal de frangos de corte.

Objetivo Geral

Avaliação da capacidade de inibição in viytro em diferentes phs do Buritirato de Sodio sobre bacterias Gram + e Gram - isoladas do trato gastrointestinal de frangos de corte.

Justificativa

O uso continuo e excessivo dos APC (Antibióticos Promotores de Crescimento) tem levado a desenvolvimento de resistência bacteriana e seu uso esta sendo cada vez mais regulado a nivel mundial, sendo proibido em muitos países ao redor do mundo. Em vista deste cenário alternativas aos APC, tais como o Butirato de Sódio tem sido avaliados primeiramente em estudos in vitro e numa segunda etapa in vivo.

Metodologia

O produto butirato de sodio será preparado em Caldo Luria Bertani (CLB) nas concentrações de 500, 1000, 1500 e 2000 ppm. Para cada concentração , quatro alíquotas ajustadas para os 6,0; 5,5; 5,0 e 4,5 serão testadas.
Um inoculo de 1,5x108 unidades formadoras de colônia (UFC)/ ml das bactérias testadas serãopreparados a partir do crescimento em CLB pH 7,5 de 24 horas.
As bactérias serão semeadas (1:10) nas alíquotas de CLB + butrirato de sodio nos diferentes pHs e como controle de crescimento (CT), em alíquotas de CLB nos diferentes pHs testados.
Após 24 horas, diluições seriadas de todos os crescimentos (10-1 a 10-16) serão realizadas e semeadas em triplicata em ágar Luria Bertani (ALB). Após 24 horas de crescimento será determinado a inibição de crescimento ( UFC/ml) de cada tratamento.

Indicadores, Metas e Resultados

Espera-se obter informações de inibição de bacterias em diferentes phs, similares ao intestino, para estimar os locais do TGI onde o butirato de sódio apresenta maior ação inibitoria. Esperamos obter maior efetividade sobre bacterias Gram+, em phs acidos do trato gadstrointestinal superior de maneira a evitar um menor ingresso de patógenos na area inferior do TGI onde ocorrem os principais transtornos digestivos gerados devido a colonização por patógenos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
Camilo Antônio de Freitas Beck
FERNANDO RUTZ2
VICTOR FERNANDO BUTTOW ROLL2

Página gerada em 03/03/2024 02:53:10 (consulta levou 0.123867s)