Nome do Projeto
Café Arqueológico
Ênfase
Ensino
Data inicial - Data final
01/07/2023 - 31/05/2026
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Resumo
O projeto Café Arqueológico será realizado como atividade de ensino do Laboratório de Ensino e Pesquisa em Antropologia e Arqueologia (LEPAARQ-UFPEL) e vinculado ao Bacharelado de Arqueologia da UFPEL. O projeto consiste em palestras, oficinas, seminários, webnários, grupo de estudo e cursos de curta duração ministrados por pesquisadores egressos da UFPEL, que tiveram atuação durante seus cursos de graduação e pós-graduação no LEPAARQ-UFPEL. Da mesma forma, participarão como ministrantes de palestras, cursos e grupo de estudos, pesquisadores convidados não egressos da UFPEL e que possam contribuir com suas pesquisas junto ao grupo de pesquisadores e alunos do LEPAARQ, do Bacharelado em Arqueologia e do Programa de Pós-graduação em Antropologia (PPGANT). As palestras terão temáticas relacionadas à antropologia, arqueologia e patrimônio e serão desenvolvidas com o objetivo geral de fortalecer um ciclo de ensino-aprendizagem entre profissionais e alunos, através de um espaço de troca de experiências.

Objetivo Geral

Objetiva-se contribuir para o processo de formação dos alunos que atuam como colaboradores, laboratoristas e bolsistas no LEPAARQ-UFPEL, do Bacharelado de Arqueologia e do Programa de Pós-graduação em Antropologia, nos mais variados projetos de pesquisa e extensão desta instituição. Com este projeto, objetiva-se proporcionar um espaço de troca de experiências, reflexão e diálogo entre profissionais egressos do LEPAARQ-UFPEL e de fora da instituição e alunos que atuam nesta instituição.
Como objetivos específicos são:
1) proporcionar espaços de troca de experiências entre alunos e profissionais através de palestras e cursos de curta duração;
2) criar um ambiente de estudos de textos extra classe;
3) fomentar a maturidade teórica e prática dos alunos que atuam em projetos de ensino, pesquisa e ou extensão.
4) Com abordagens extra-classe, busca-se abrir espaço de engajamento de novos estudantes nos projetos, uma estratégia para o combate à evasão. Vale lembrar que o projeto terá temáticas que se articulam aos componentes curriculares do PPP do Bacharelado em Arqueologia e do Bacharelado em Antropologia.

Justificativa

O projeto se justifica pela necessidade de formação de jovens pesquisadores e extensionistas. Na medida em que os alunos se formam atuando no LEPAARQ-UFPEL e nos Bacharelados e ingressam em programas de pós-graduação dentro ou fora da UFPEL podem contribuir com palestras e grupo de estudos voltados às demandas de pesquisas da instituição.
A equipe do LEPAARQ-UFPEL historicamente teve a preocupação em um rodízio de conhecimento, ou seja, os alunos mais antigos ajudam na formação dos alunos recém ingressos. Quando se formam, via de regra, tornam-se pesquisadores associados do LEPAARQ-UFPEL, assumindo sub-coordenação em pesquisas e auxiliando na formação de novos pesquisadores. O projeto Café Arqueológico busca a formalização dessas atividades de ensino que envolve, de um lado, pesquisadores egressos do LEPAARQ e dos Bacharelados e pesquisadores de fora e, de outro lado, alunos em processo de formação.
Justifica-se, portanto, pela criação de um espaço de reflexão e troca de ideias, entre alunos e profissionais. Um espaço de debates e diálogos, de leitura e de troca de experiências. Este espaço terá também visa o reconhecimento de profissionais formados na instituição, os quais irão ensinar o que aprenderam nesta Universidade. Trata-se, portanto, de uma política institucional de valorização dos profissionais formados por esta instituição.
Sabidamente os índices de evasão dos cursos de graduação da área de ciências humanas estão em torno de 60% a 75%. Estratégias estão sendo criadas por todas as unidades e pela UFPEL como um todo, para diminuir o abandono escolar na instituição. O projeto Café Arqueológico é uma dessas estratégias, que visa incorporar o alunado em atividades de aprendizado extra-classe através de temáticas vinculadas aos componentes curriculares, especialmente, dos Bacharelados em Arqueologia e Antropologia.

Metodologia

O projeto será desenvolvido de três formas: palestras e webnários, grupo de estudos e curso de curta duração. Fica a cargo do profissional ministrante, em concordância com a coordenação, qual o modo preferencial de exposição:
1) Através de palestras esporádicas ministradas por profissionais e ex-alunos da UFPEL que atuaram em sua formação no LEPAARQ-UFPEL e no Bacharelado ou PPGANT. Neste sentido, a metodologia do projeto envolve palestras de aproximadamente 40 minutos com uso de data-show. As palestras serão realizadas, preferencialmente, no espaço do LEPAARQ-UFPEL, em meio aos espaços de trabalho. A ideia central é que o espaço proporcionado pelo projeto seja o mesmo espaço de muitas das pesquisas que forem divulgadas pelas palestras dos profissionais ministrantes. Estão previstos seminários, seguindo a tendência daquilo que se popularizou na pandemia, atingindo públicos extra-universidade.
2) Através de grupo de estudos que envolva a leitura e discussão de textos da área de arqueologia, antropologia e patrimônio.
3) Através de curso de curta de duração de 20hs ou 40hs, que pode ou não envolver leitura de textos e atividades práticas de campo e laboratório.

Indicadores, Metas e Resultados

Espera-se que o projeto possibilite um espaço de diálogo, reflexões, debates e troca de experiências entre profissionais e alunos que atuam no LEPAARQ-UFPEL. Espera-se que tais palestras, cursos e grupo de estudos possam contribuir para a formação dos alunos envolvidos nas pesquisas do LEPAARQ-UFPEL e que qualifiquem os alunos para as atividades de pesquisa e extensão da mesma instituição. Espera-se também o reconhecimento dos profissionais egressos desta instituição e, por fim, espera-se que as atividades de ensino do projeto possam contribuir para a diminuição da evasão de alunos do Bacharelado. Espera-se também contribuir com a queda dos índices de evasão, que oscilam em torno de 60% a 75% nos cursos de ciências humanas da UFPEL. Para tal, o engajamento em projetos em desenvolvimento é fundamental.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
Andréa Jorge do Amaral Dominguez
JEFFERSON FOSTER DA SILVA
MARIA EDUARDA FERREIRA SANTANA
RAFAEL GUEDES MILHEIRA2

Página gerada em 14/07/2024 01:39:04 (consulta levou 0.275793s)