Nome do Projeto
VIII Jornada Brasileira de Sociologia - "Novas sociabilidades em tempos de sociedade informacional"
Ênfase
Ensino
Data inicial - Data final
13/12/2023 - 15/12/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Resumo
A Jornada Brasileira de Sociologia (JBS) é um evento bianual em consolidação no Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Uma de suas características principais é o envolvimento, na organização, de pós-doutorandas/os, doutorandas/os e mestrandas/os, juntamente com o apoio do respectivo corpo docente. Na edição de 2023 contamos com apoio de estudantes do curso de Ciências Sociais da UFPel como forma de fortalecer e potencializar este importante espaço de trocas e aprendizados. A Jornada, em sua oitava edição, tem como tema "Novas sociabilidades em tempos de sociedade informacional"e tem como proposta fomentar discussões em torno da temática da sociedade informacional ou sociedade da informação, fundamentalmente a partir do advento da Web 2.0, que substitui atividades antes realizadas de forma offline, com o auxílio de programas vendidos em lojas especializadas, por atividades online a partir do uso de aplicativos baseados em redes sociais e tecnologia da informação gratuitas e abertas a todos os usuários, desencadeando novas formas de sociabilidade. O evento acontecerá nos dias 13, 14 e 15 de dezembro de 2023 de forma presencial, no IFISP e CEHUS, da UFPel. As modalidades de participação serão como ouvinte, cursista, apresentador de trabalho e expositor de fotografia.

Objetivo Geral

A proposta da 8ª Jornada é fomentar discussões em torno da temática da sociedade informacional ou sociedade da informação, fundamentalmente a partir do advento da Web 2.0, que substitui atividades antes realizadas de forma offline, com o auxílio de programas vendidos em lojas especializadas, por atividades online a partir do uso de aplicativos baseados em redes sociais e tecnologia da informação gratuitas e abertas a todos os usuários. As mudanças desencadeadas pelas tecnologias digitais nos mais diversos setores da vida social têm promovido uma reestruturação radical nas formas como as pessoas fazem negócios, se inserem no mercado de trabalho, se organizam politicamente, produzem conteúdo e informação, se relacionam afetivamente e expressam suas identidades. A fim de tentar compreender a dinâmica e os desdobramentos de um cenário tão complexo como o que vivemos hoje, o evento propõe superar certa visão otimista que havia na última década do século XX sobre as potencialidades da internet, sem cair na armadilha de olhares distópicos, uma vez que, se por um lado é possível dizer que a internet não fundou uma esfera pública efetivamente ampliada onde prevalece uma razão comunicativa capaz de gerar consensos em torno de soluções que beneficiem a todos, ao menos temos com o advento das ferramentas e das redes sociais digitais uma maior possibilidade de vocalização de indivíduos e grupos que anteriormente tinham muita dificuldade de expressar suas mais diversas demandas e formas de perceber o mundo. No âmbito político, se houve uma maior democratização da produção de conteúdos e informação com ferramentas como o YouTube, Twitter, Facebook, Instagram e TikTok, por exemplo, rompendo com o monopólio que durante décadas caracterizou as mídias tradicionais, também foi potencializada a produção e disseminação de fake news, o que representa uma ameaça constante de erosão de ambientes democráticos. No que concerne ao mundo do trabalho, o fenômeno da plataformização tem intensificado os processos de flexibilização das relações de trabalho que já vinham em curso desde os anos 1980 nos países do capitalistas avançados e acabam gerando formas de ocupação precarizantes. No que concerne à vida cotidiana, o fato de ter se tornado possível carregar consigo um microcomputador incorporado ao celular muda significativamente o modo como as pessoas sociabilizam. Com a declaração da pandemia da Covid-19 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), no ano de 2020, a catalisação das convergências tecnológicas que tornou possível o ambiente WEB 2.0 foi intensificada, acelerando assim a remodelagem dos hábitos digitais e de formas de sociabilidade nas mais diversas esferas da vida social e oportunizando consolidação mais rápida da WEB 3.0 baseada na inteligência artificial. Ademais, a lógica do algoritmo que estrutura o mundo digital passa a permear fortemente como todo tipo de informação chega até as pessoas, com os mais diferentes fins no âmbito político e econômico, mapeando e fomentando padrões de consumo, tornando possível uma maior vigilância de comportamentos e reforçando laços de grupos ensimesmados que se fecham para outras fontes de informações que não reforcem seus interesses e visões de mundo. Se a sociedade da informação nos dias atuais assumiu formas de sociedade digital, isto foi possível devido à convergência oportunizada pelo desenvolvimento tecnológico que interliga computadores, telecomunicações, eletrônica e todos os participantes desse processo.

Justificativa

A realização do evento visa contribuir, através de conferências, mesas-redondas e grupos de trabalho para o debate, bem como na constituição de ferramentas teórico-conceituais e metodológicas que propiciem a reflexão sobre estas novas sociabilidades a partir da sociedade informacional ou da sociedade da informação.

Metodologia

O seminário acontecerá nos dias 13, 14 e 15 de dezembro de 2023.
A jornada está sendo organizado na modalidade presencial e algumas atividades remotas: Palestra de encerramento e alguns GTs.
Da programação geral, teremos: mesas redondas, grupos de trabalhos, oficinas e palestras os quais serão atrelados à temática geral do evento. O evento realizará grupos de trabalhos, buscando contemplar as três linhas de pesquisa do Programa e a temática do evento: (1) Cidade, Estado e Desenvolvimento; (2) Teorias Sociais e Conhecimento; (3) Trabalho, Organizações e Identidade;
Além desses eixos, como evento também está vinculado a semana acadêmica dos alunos do cursos de ciências sociais, o eixo de Ensino de sociologia também será comtemplado com um GT.
Serão emitidos certificados de organização, de palestrantes, de apresentações de trabalho, coordenações de grupos de trabalhos e de participação.

Indicadores, Metas e Resultados

Espera-se que os três dias do evento, em suas múltiplas atividades, contribuam para o debate sobre a temática do evento, bem como corrobore com a visibilidade do PPPGSociologia/UFPel. Assim, buscaremos concretizar este evento como um espaço para a troca de conhecimentos entre estudantes da graduação e pós-graduação com pesquisadores de outras regiões do país e da América Latina, garantindo uma diversidade e troca epistemológica, metodológica sobre o tema. Contribuindo, assim, para o debate sobre essa temática na Sociologia Brasileira através de discussões qualificadas e pela divulgação dos trabalhos nos anais do evento.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANA BITENCOURT BERTOLLO
ADRIANE VIEIRA FERRARINI
ADRIANE VIEIRA FERRARINI24
AMANDA ALBUQUERQUE PERES
ANA PAULA FERREIRA D´ AVILA
ANALISA ZORZI12
ANDRESA VAZ
ANIUSIA NIMA N’GHABO
ATTILA MAGNO E SILVA BARBOSA12
Aknaton Toczek Souza
André Luis Pereira
Aua Cassama
CARLOS ARTUR GALLO CABRERA4
CARLOS EDUARDO SIMÕES DA SILVA
CYNTIA BARBOSA OLIVEIRA
Cristiano das Neves Bodart
Débora da Silva Olivo
EDUARDO ROSA GUEDES
ELAINE DA SILVEIRA LEITE12
Eduardo Gomes e Silva da Costa
FELIPE VARGAS RIBEIRO
FERNANDO DE FIGUEIREDO BALIEIRO
FRANCISCO DOS SANTOS KIELING12
FRANCISCO KAIO DIAS DE SENA
Felisberto Júnior Pedro Bacurim
GABRIEL ALVES BRESQUE
Gabriela Pecantet Siqueira
HENRIQUE JESKE
JACIRA NHAGA
Jair Jose Gauna Quiroz
Jair de Souza Ramos
LAYLSON MOTA MACHADO
LEO PEIXOTO RODRIGUES12
LUANA COSTA BIDIGARAY
Lara Roberta Rodrigues Facioli
MANOELA VIEIRA NEUTZLING
MARCIELE AGOSTA DE VASCONCELLOS
MARCIO BARCELOS12
MARCIO SILVA RODRIGUES12
MARCOS AURÉLIO LACERDA DA SILVA
MARCUS VINICIUS SPOLLE48
MARI CRISTINA DE FREITAS FAGUNDES12
MONIKA WERONIKA DOWBOR12
NARA BEATRIZ MATIAS SOARES
NIKOLAS YOSHITAKA DE OLIVEIRA KONISHI
OTAVIANO DA MOTTA AQUINO JUNIOR
PEDRO SCHLEE SOLER
PIERRI ARAUJO PORCIUNCULA
RAQUEL DA CUNHA RECUERO4
RAQUEL DE OLIVEIRA MODERNEL
RICARDO GONÇALVES SEVERO
RODRIGO CANTU DE SOUZA20
RODRIGO HINZ DA SILVA
Regis Fernando Freitas da Silva
Richard Miskolci
SANDRO ADAMS
SANDRO ARI ANDRADE DE MIRANDA
SIMONE DA SILVA RIBEIRO GOMES16
TAINÁ CARDOZO DE OLIVEIRA
TAYANE MACHADO GOMES LIMA
VERA LUCIA DOS SANTOS SCHWARZ12
WILLIAM HECTOR GOMEZ SOTO16
ÁRLESON RENATO LUZ COSTA

Página gerada em 22/02/2024 07:04:34 (consulta levou 0.345886s)