Nome do Projeto
Vem Ser Rugby 2.0
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
25/03/2024 - 25/03/2026
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Eixo Temático (Principal - Afim)
Saúde / Educação
Linha de Extensão
Esporte e lazer
Resumo
O Vem Ser Rugby (VSR) será um projeto com foco no desenvolvimento de atletas a longo prazo (DALP), realizado pelo Laboratório de Estudos em Esporte Coletivo (LEECol) da UFPel e oriundo do Programa Vem Ser Pelotas (VSP). O VSR realizará identificação e seleção de escolares através do Programa VSP e oferecerá treinamento sistematizado e suporte multidisciplinar para atletas, que participarão de eventos e competições. A identificação de jovens para o projeto será realizada através de avaliações de escolares em instituições públicas de ensino (VSP), seletivas e festivais de rugby escolar. Quanto ao processo de avaliações, selecionar-se-á jovens de escolas públicas que apresentarem valores de desempenho a partir do percentil 80 na sua faixa etária em, no mínimo, duas das seguintes variáveis: estatura, potência de membros inferiores, velocidade, velocidade com troca de direção e capacidade cardiorrespiratória. Estes valores de referência foram determinados por treinadoras(es), pesquisadoras(es) e especialistas, considerando as demandas do jogo e a ideia de formação de uma equipe de rugby. A seleção ocorrerá para meninos e meninas entre 12 e 14 anos de idade, ao serem inseridos no projeto, os/as selecionados/as passarão por um processo de DALP até os 19 anos de idade, quando realizarão transição para a categoria adulta. A rotina de treinamento tático-técnico e físico do projeto consistirá em três sessões semanais, de aproximadamente 90 minutos. As treinadoras que conduzirão as sessões possuirão formação em Educação Física e realizarão Curso de Coaching Nível 1 ou 2 da World Rugby. O suporte da equipe de Fisioterapia, psicologia e nutrição da UFPel será realizado em paralelo aos treinamentos e competições.

Objetivo Geral

Identificar crianças e adolescentes entre 11 a 15 anos com elevado padrão de desempenho motor para a prática de Rugby;
Constituir um banco de talentos motores passível de constituir-se numa base de consultas sobre crianças e adolescentes com elevadas possibilidades de tornarem-se atletas de alto rendimento no Rugby;
Identificar e selecionar crianças e adolescentes com altos níveis de aptidão física para o rendimento esportivo para constituir as equipes de rendimento do Vem Ser Rugby, feminino e masculino;
Oportunizar à crianças e jovens a possibilidade de ingressar na prática do esporte de rendimento;
Contribuir com o Plano Nacional de Desenvolvimento Esportivo

Justificativa

O Esporte brasileiro se ressente de uma política nacional de desenvolvimento esportivo. Partindo da lógica de que as evidências científicas, testadas e retestadas, no âmbito das universidades em parcerias com outras instituições é um dos pilares importantes para as tomadas de decisões políticas que irão fundamentar um plano nacional de desenvolvimento esportivo. Nesta senda, foi criado o Vem Ser Pelotas, que é um projeto estratégico da Universidade Federal de Pelotas, vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e Cultura e executado pela Escola de Educação Física e Fisioterapia. O projeto consiste em aplicar uma bateria de medidas e testes tocante ao crescimento somático, aptidão física relacionada à saúde e ao desempenho e ao estado nutricional. As medidas e testes aplicados são de baixo custo, fácil aplicação e são do cotidiano das escolas (estatura, estatura sentado, envergadura, massa corporal, sentar e alcançar, força resistência abdominal, força de preensão manual, potência de membros superiores e inferiores, velocidade linear e com troca de direção e capacidade cardiorrespiratória). São avaliados/as estudantes de 11 a 15 anos de idade de escolas públicas da cidade de Pelotas. A partir do banco de dados constituído, os/as estudantes são identificados, selecionados e direcionados para projetos relacionados à saúde e ao rendimento esportivo. Neste documento iremos tratar especificamente de projetos de Rugby, Remo e Basquetebol relacionados ao rendimento esportivo, a saber: Vem Ser Rugby, Remar para o Futuro e Vem Ser Basquete.
Este projeto se direciona a modalidade Rugby.

Metodologia

Identificaremos no banco de dados do Vem Ser Pelotas meninos e meninas acima do percentil 80 nas variáveis de estatura, potência de membros inferiores (salto horizontal), capacidade cardiorrespiratória (corrida e/ou caminhada em 6 minutos); e abaixo do percentil 20 em velocidade (corrida em 20 metros) e velocidade com troca de direção (teste do quadrado)

Comunicaremos a escola e convidaremos os pais para reunião de engajamento, na qual iremos apresentar o projeto.

Os treinamentos ocorrerão três vezes por semana, na escola superior de educação física e fisioterapia (ESEF)

Os/as treinadores/as serão estudantes de pós graduação da ESEF/UFPel.

Os cursos de fisioterapia, nutrição e psicologia serão convidados para compor as comissões técnicas.

Serão atendidos/as 25 atletas em cada naipe.

Indicadores, Metas e Resultados

Espera-se:

25 atletas em cada Naipe
10 estudantes de pós graduação envolvidos diretamente
10 estudantes de graduação envolvidos diretamente
Ter 20 atletas dos dois naipes convocados/as para seleção gaúcha
Ter 20 atletas dos dois naipes convocados/as para seleção brasileira.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AIRI MACIAS SACCO
AMANDA FRANCO DA SILVA
CAMILA BORGES MÜLLER4
CIANA ALVES GOICOCHEA
DOUGLAS LOBATO MACHADO
ERALDO DOS SANTOS PINHEIRO4
GABRIEL GUSTAVO BERGMANN4
GUSTAVO DIAS FERREIRA4
Igor André Correa Silveira

Página gerada em 30/05/2024 09:38:56 (consulta levou 0.192872s)