Nome do Projeto
Sistema Oxigênio - Gestão de Informações para área da Saúde
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
19/02/2024 - 07/02/2028
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar
Resumo
A informatização de fluxos e informações é uma realidade em todas as áreas do conhecimento que acarreta em otimização de trabalhos burocrático, melhorando a efetividade e eficiência dos serviços. Na área da saúde, a informatização de cadastro de pacientes traz diversos benefícios para os usuários, sejam eles pacientes, membros da administração ou profissionais da área da saúde. Dentre os benefícios da informatização, a agilidade e praticidade no acesso à informações bem como a possibilidade de armazenamento de informações e dados de pacientes permite o acesso rápido e eficiente ao histórico médicos, exames complementares, planos de tratamento, entre outros dados relevantes, fazem com que o serviço como um todo seja mais eficiente, possibilitando dentre outras coisas, segurança jurídica aos usuários pelo armazenamento das informações no histórico do paciente bem como pela economia no que diz respeito à redução de necessidade de documentos impressos e extravio de documentos e exames. Do ponto de vista administrativo, a centralização de dados e fluxos permite a melhoria na coordenação do serviço, possibilitando que diferentes profissionais possam ter acesso ao cadastro do paciente, facilitando a comunicação e o atendimento multiprofissional, sem que haja necessidade de duplicação de documentos ou retrabalho para tomada de informações, cenários que ocorrem quotidianamente dentro de uma Faculdade de Odontologia. Além disso, a informatização diminui a possibilidade de erros relacionados a registros manuais, como erros de digitação ou perda de informações bem como evita-se a duplicação de cadastros, garantindo a integridade e a consistência dos dados. Ainda, a informatização do cadastro de pacientes possibilita o gerenciamento de materiais de estoque, agendamentos e encaminhamentos de pacientes bem como a criação de relatórios sobre diversos aspectos variando da utilização de materiais de consumo de uma determinada disciplina como a obtenção de todo o histórico de atendimentos realizados. No que diz respeito ao ensino, a informatização permite aos estudantes da área da Saúde a aproximação ainda maior com a realidade profissional e, havendo maior rapidez no acesso, sem o risco de extravio, permite melhor formação aos estudantes ao fornecer informações completas e atualizadas sobre a história médica/odontológica do paciente, permitindo a fácil identificação de possíveis alergias a medicamentos, acesso a radiografias anteriores e uma visão abrangente do paciente, que por sua vez possibilita o processo de humanização do paciente e a tomada de decisões clínicas pelo futuro profissional. Neste sentido, o desenvolvimento de sistema de gestão de informações para a área da saúde poderá trazer benefícios significativos, incluindo acesso rápido à informações, melhoria na tomada de decisões clínicas e administrativas, otimização da gestão, segurança dos dados.

Objetivo Geral

Projeto com viés de INOVAÇÃO, que visa implementar sistema eletrônico de gestão de informação com diversas funcionalidades.

O sistema permitirá que os alunos, professores e servidores técnico-administrativos da FO-UFPel registrem as informações relacionadas ao atendimentos odontológicos, uso de materiais de consumo, agendamento de clínicas e regulação dos pacientes nas diferentes disciplinas/especialidades.

Justificativa

Atualmente, a FO-UFPel não possui sistema de gestão de informações relacionados aos atendimentos clínicos e aos serviços que se inter-relacionam com a prestação de serviços à comunidade. Neste sentido, a perda ou extravio de informações importantes relacionadas à pacientes ocorre com frequência, o que é indesejável.

Ainda, não há ferramentas específicas de controle de procedimentos SUS ou de controle de estoque de materiais de consumo ou até mesmo de avaliação do serviço prestado, por parte dos pacientes.

Neste sentido, identifica-se que a informatização de prontuários e fluxos administrativos é essencial ao Curso de Odontologia e demais cursos da Saúde , com vistas a otimização dos serviços de atendimento à população bem como para a manutenção da qualidade do ensino dos alunos da instituição.

Sendo assim, justifica-se que o desenvolvimento e implementação de sistema eletrônico de gestão de informações relacionadas à área da Saúde atende ao princípio constitucional da ECONOMICIDADE e EFICIÊNCIA em virtude da não necessidade de pagamentos mensais, que atualmente é a única possibilidade de informatização da FO-UFPel. Além disso, há um caráter de inovação no projeto, que poderá ser adaptado pra diferentes cursos e instituições, podem ser uma fonte de captação de recursos no futuro.

Metodologia

O sistema será desenvolvido em formato de aplicação web, utilizando repositórios do Github, e linguagem de programação HTML, CSS, PHP, Javascript e SQL, de modo à atender as demandas já identificadas na ação "25953 - Discussão e planejamento de fluxos e processos da FO-UFPel" do projeto de pesquisa "7247 - Desenvolvimento e implementação de sistema de gestão de informações para a área da saúde com ênfase em Odontologia através da adaptação de módulos pré-existentes do sistema Cobalto".

Indicadores, Metas e Resultados

Com o desenvolvimento de sistema de gestão de informações específico para a área da Saúde, com ênfase em Odontologia, objetiva-se a melhoria do ensino e gestão da FO-UFPel, vislumbrando-se a possibilidade de criação e registro de métricas qualitativas relacionadas ao processo de ensino-aprendizagem dos alunos, bem como a contabilização de produção clínica e de ensino em tempo real, permitindo o desenvolvimento de indicadores de monitoramento, otimizando os processos internos, a eficiência dos serviços prestados e o uso de recursos financeiros da Unidade.

Desta maneira, as atividades que hoje são realizadas em prontuários de papel, que correm risco de extravio ou rasura, bem como o gerenciamento de triagem e regulação de pacientes, estoque de materiais de consumo, que são atualmente realizados em planilhas de computador, poderão passar a ser realizada e controlado por um sistema institucional, indo ao encontro do PDI e PDTIC vigentes.

A partir deste sistema, há a possibilidade de apresentação do sistema como inovação à diferentes Universidades e Cursos de áreas da Saúde do país.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FABIO GARCIA LIMA1
JULIA TELESCA BICCA
JULIANA DOSSO
LAURA AZAMBUJA FERNANDES
MATEUS BERTOLINI FERNANDES DOS SANTOS11
OTAVIO PEREIRA D AVILA1
PEDRO AFONSO MACHADO NUNES

Página gerada em 21/06/2024 11:20:25 (consulta levou 0.173521s)