Nome do Projeto
Saúde Pública para todos: metodologias ativas de aprendizagem em Microbiologia e Parasitologia
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
21/04/2016 - 20/04/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Microbiologia
Resumo
O projeto de ensino de uma unidade universitária, construído na vertente histórico-social, a partir das bases, é o instrumento necessário para se evitar a alienação e fragmentação dos sujeitos envolvidos nessa construção - docentes, alunos e técnicos, e do curso de ensino superior onde estão atuando, bem como garantir a sua articulação às finalidades da Universidade enquanto instituição social. Durante a execução do projeto vamos abordar dinamicamente o assunto, Saúde pública, através de metodologia que facilite a compreensão do aluno, auxiliando o docente a aliar teoria e prática, através de um ensino socialmente comprometido capaz de torná-lo um agente transformador.

Objetivo Geral

Em se tratando de um projeto de ensino para monitoria, o objetivo maior tem a ver com o processo de formação dos alunos, contribuir para a melhoria do ensino de graduação e despertar no monitor o interesse pela carreira docente.

Justificativa

O programa de monitoria deve ter responsabilidade no processo de socialização na docência universitária, assim como na qualidade da formação profissional oferecida em todas as áreas. Que reverterá a favor da formação do futuro docente e na melhoria do ensino. Pesquisas mostram que a aprendizagem ativa é uma estratégia de ensino muito eficaz, quando comparada com os métodos de ensino tradicionais, como aula expositiva. Com métodos ativos, os alunos assimilam maior volume de conteúdo, retêm a informação por mais tempo e aproveitam as aulas com mais satisfação e prazer (Silberman, 1996). Independentemente do método ou da estratégia usada para promover a aprendizagem ativa, é essencial que o aluno faça o uso de suas funções mentais de pensar, raciocinar, refletir, dentre outras que, em conjunto, formam a inteligência, segundo a concepção de Pcotche (2011). O uso adequado de alternativas didáticas certamente estimula a participação, valoriza a iniciativa, ocorrem avanços coletivos e individuais contribuindo para uma aprendizagem de Microbiologia e Parasitologia mais eficiente. A metodologia do projeto pretende favorecer o trabalho em grupo, com atividades de ensino desenvolvidas pelos monitores, com a participação dos docentes, alunos e técnicos. É importante salientar que a proposta do projeto se fundamenta mediante a presença do aluno monitor.

Metodologia

Para o desenvolvimento do Projeto de Ensino será necessário a atuação direta de 20 (vinte) bolsistas em funções de monitoria no apoio ao desenvolvimento de metodologias ativas das seguintes disciplinas de graduação: 0030017 Microbiologia e Imunologia Básica (Curso Veterinária); 0030018 Parasitologia (Curso Veterinária); 0030019 Microbiologia e Imunologia (Curso Odontologia); 0030022 Parasitologia (Curso Ciências Biológicas); 0030079 Microbiologia Geral (Curso Ciências Biológicas); 0030078 Bioética (Curso Ciências Biológicas); 0030058 Didática do Ensino de Ciências (Curso Ciências Biológicas); 0030029 Parasitologia (Curso Nutrição); 0030035 Microbiologia e Imunologia (Curso Nutrição); 0030062 Microbiologia (Curso Medicina); 0030063 Parasitologia (Curso Medicina);0030064 Imunologia (Curso Medicina); 0030066 Parasitologia Básica (Curso Farmácia); 0030070 Microbiologia Básica (Curso Farmácia); 0030077 Microbiologia e Imunologia Animal (Curso Zootecnia); 0030076 Parasitologia dos Animais Domésticos (Curso Zootecnia) e 0030056 Microbiologia e Parasitologia (Curso Enfermagem). O Projeto atenderá mais de dezessete (17) turmas, sendo a maior parte com 50 ou mais alunos em cada disciplina. As etapas do Projeto, listadas a seguir:
1. Durante o período de bolsa, o monitor irá auxiliar os alunos de graduação de cada uma das disciplinas, além da criação de metodologias alternativas, com foco na melhoria da qualidade do processo ensino/aprendizagem.
2. Produção e edição de "folder", com temas de Microbiologia e/ou Parasitologia de interesse em Saúde Pública.
3. Oficinas de construção de apostilas didáticas para uso no ensino de Microbiologia e Parasitologia.
4. produção de sites ou redes sociais com temas e tópicos atuais e emergentes em Microbiologia e Parasitologia.










Resultados Esperados

- Comprovação dos benefícios dessas metodologias para a melhor formação profissional.
- Espera-se que o programa de monitoria tenha responsabilidade no processo de socialização na docência, e que possa reverter a favor da formação do futuro docente e na qualidade do ensino de graduação.
- Em se tratando de um projeto de ensino para monitoria, espera-se que os objetivos contribuam com a formação do aluno.
- Impactos que favoreçam o desenvolvimento da criatividade e inovação.
- Evidenciar o processo de trabalho em equipe onde todos têm lugar e papel e onde se aprende a conviver solidariamente.
- O protagonismo do aluno durante todo o processo.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADEMIR BELCHIOR MOTTA221/04/201620/04/2017
ALBINO MAGALHAES NETO421/04/201620/04/2017
CLÁUDIA COSTA PORTO608/08/201620/04/2017
DAIANE DRAWANZ HARTWIG121/04/201620/04/2017
DANIELA ISABEL BRAYER PEREIRA121/04/201620/04/2017
DULCINEA BLUM MENEZES121/04/201620/04/2017
EDUARDO BERNARDI121/04/201620/04/2017
FABIANE KNEPPER ZEHETMEYR FERNANDES221/04/201620/04/2017
FRANCELE DE ABREU CARLAN121/04/201620/04/2017
GERTRUD MULLER ANTUNES121/04/201620/04/2017
GLADIS AVER RIBEIRO121/04/201620/04/2017
JERONIMO LOPES RUAS221/04/201620/04/2017
KAIO HEIDE SAMPAIO NÓBREGA1201/07/201631/12/2016
KARINE MASSIA PEREIRA221/04/201620/04/2017
LUIZ CARLOS BOEMEKE JUNIOR221/04/201620/04/2017
MARCOS MARREIRO VILLELA121/04/201620/04/2017
MARIA ANTONIETA MACHADO PEREIRA DA SILVA221/04/201620/04/2017
MILENE BICCA DA SILVEIRA608/08/201620/04/2017
NARA AMELIA DA ROSA FARIAS121/04/201620/04/2017
PATRICIA DA SILVA NASCENTE121/04/201620/04/2017
TAILA FREITAS XAVIER608/08/201620/04/2017

Página gerada em 18/10/2019 16:02:59 (consulta levou 0.055065s)