Nome do Projeto
AVALIAÇÃO DO PERFIL SÓCIO ECONÔMICO, DEMOGRÁFICO, NUTRICIONAL E DA QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES DIABÉTICOS ATENDIDOS NO CENTRO DE DIABETES E HIPERTENSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/09/2016 - 01/12/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Resumo
As Doenças Crônicas Não Transmissíveis são as principais causas de mortalidade. Dentre elas, destaca-se o Diabetes Mellitus, cujo controle exige alterações de comportamento em relação à dieta e ao estilo de vida, podendo comprometer a qualidade de vida do indivíduo acometido. Segundo a Organização Mundial da Saúde, Qualidade de Vida é definida como a percepção do indivíduo de sua posição na vida no contexto da cultura e sistema de valores nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações. Pacientes com diabetes enfrentam mudanças significativas no seu estilo de vida, com alterações nos hábitos alimentares e adesão a esquemas terapêuticos restritivos, afetando assim sua qualidade de vida. O levantamento de indivíduos com diabetes é importante, pois possibilita a implantação de políticas de saúde que visam diminuir as dificuldades dessas pessoas, propiciando melhorias no seu tratamento, com repercussões positivas na sua qualidade de vida. O Centro de Diabetes e Hipertensão presta um atendimento multidisciplinar aos pacientes portadores de doenças crônicas, especificamente aos diabéticos e hipertensos, encaminhados pelas unidades básicas de saúde da rede pública de saúde do município de Pelotas. O objetivo do estudo é avaliar o perfil sócio econômico, demográfico, nutricional e a qualidade de vida dos pacientes diabéticos atendidos no Centro de Diabetes e Hipertensão. Será realizado um estudo transversal com todos os pacientes atendidos no centro. Para analisar o perfil socioeconômico será utilizado o questionário proposto pela Associação Brasileira de Empresas de pesquisa. A qualidade de vida será avaliada por meio do instrumento WHOQOL-bref. Para a avaliação do estado nutricional, os pacientes serão pesados e medidos e o critério utilizado para a classificação será o índice de massa corporal. Os dados serão coletados por meio de entrevista realizada enquanto os pacientes aguardam o atendimento médico no Centro de Diabetes e Hipertensão. As análises estatísticas serão realizadas no programa STATA 12.0. A análise descritiva será apresentada por meio de médias com seus respectivos desvios padrões. As comparações e testes de associação serão realizados pelos testes de qui-quadrado ou exato de Fischer. O nível de significância para todas as análises será de 5%.

Objetivo Geral

Avaliar a o perfil sócio econômico, demográfico, nutricional e a qualidade de vida de pacientes diabéticos atendidos no Centro de Diabetes e Hipertensão da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pelotas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINE DOS SANTOS COSTA401/09/201601/12/2017
Carolina Victoria Martins Brandão401/09/201601/12/2017
FRANCIELY BUBOLS MONTE401/09/201601/12/2017
MARIANA SILVEIRA MELLO SILVA401/09/201601/12/2017
RENATA TORRES ABIB BERTACCO401/09/201601/12/2017
TAIANE SOUZA KNEIP401/09/201601/12/2017

Página gerada em 17/10/2019 20:58:36 (consulta levou 0.099237s)