Nome do Projeto
S.O.S DUB
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
02/04/2019 - 31/12/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Biológicas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Direitos Humanos e Justiça
Linha de Extensão
Metodologias e estratégias de ensino/aprendizagem
Resumo
A escola Especial Alfredo DUB possui alunos caracterizados pela surdez em vários níveis e presta atendimento também a alunos com outras deficiências associadas à surdez. Esses alunos dependem somente dessa escola, para sua alfabetização na língua portuguesa e em libras, pois é a única do município. Entretanto, por ser uma entidade filantrópica, não recebe recursos semelhantes aos que as escolas estaduais e municipais recebem. Portanto, funciona com dificuldades tanto para aquisição de equipamentos para o ensino, como também para a manutenção do seu espaço físico em condições adequadas. A superação dessas dificuldades é essencial para os alunos cursarem um ensino fundamental de qualidade e ter a oportunidade de prover o retorno para a sociedade, como cidadãos atuantes em todos os segmentos. Por isso o objetivo do projeto consiste em promover oficinas, com metodologias alternativas, e criar modelos didáticos em 3D, para auxiliar os professores no processo de ensino-aprendizagem. De forma concomitante serão realizadas ações de captação de recursos, para auxiliar na manutenção da área física da escola. Como resultados, esperamos desenvolver estratégias que contribuam para capacitação do quadro de professores da Escola Alfredo DUB, principalmente na área das ciências morfológicas e sensibilizar a população do município de Pelotas para a importância de fazer contribuições para a Escola Alfredo DUB.

Objetivo Geral

Promover oficinas com metodologias alternativas e criar modelos didáticos em 3D, para auxiliar os professores da escola Especial Alfredo DUB e realizar ações para a captação de recursos.

Justificativa

A escola Especial Alfredo DUB possui alunos caracterizados pela surdez em vários níveis, alguns sem nenhuma percepção auditiva e outros com algum nível de percepção. A escola presta atendimento também a alunos com outras deficiências associadas à surdez como: paralisia cerebral, baixa visão, autismo e também deficientes físicos. Esses alunos dependem somente dessa escola, para sua alfabetização na língua portuguesa e em libras, pois é a única do município. Entretanto, por ser uma entidade filantrópica, não recebe recursos semelhantes aos que as escolas estaduais e municipais recebem. Portanto, funciona com dificuldades tanto para aquisição de equipamentos para o ensino, como também para a manutenção do seu espaço físico em condições adequadas. A superação dessas dificuldades é essencial para os alunos cursarem um ensino fundamental de qualidade e ter a oportunidade de prover o retorno para a sociedade, como cidadãos atuantes em todos os segmentos. Por isso o objetivo do projeto consiste em promover oficinas, com metodologias alternativas, e criar modelos didáticos em 3D, para auxiliar os professores no processo de ensino-aprendizagem. De forma concomitante serão realizadas ações de captação de recursos, para auxiliar na manutenção da área física da escola.

Metodologia

As atividades do projeto serão realizadas nas dependências da Escola Especial Alfredo DUB e no Departamento de Morfologia da UFPel. A capacitação dos professores em metodologias alternativas será promovida através de oficinas semanais ministradas pelos professores e monitores do departamento de morfologia. De forma concomitante serão realizadas ações para a captação de recursos para a escola e elaboração de maquetes para a confecção de modelos biológicos em 3D, de órgãos do corpo humano. Os professores utilizarão o programa Essential Anatomy, instalado na TV touch screnn do departamento, durante algumas oficinas, e testarão a aplicabilidade deste tipo de interação visual, com os alunos surdos e com audição limitada, no decorrer do projeto.
A avaliação do projeto será realizada mensalmente pelos participantes e equipe executora e no final haverá um evento aberto a toda comunidade para apresentação dos resultados.

Indicadores, Metas e Resultados

Indicadores:
Atingir 20% da população do município com ações de captação de recursos.
Elaborar maquetes de 50% dos órgãos do corpo humano até dezembro de 2019.
Apresentar no mínimo três tipos diferentes de metodologias alternativas para os professores.
Produzir resumos para três eventos nacionais e um internacional durante a vigência do projeto e dois artigos para periódicos em Educação e Educação Especial.
Metas
Realizar ações de captação de recursos para a escola no município de Pelotas;
Elaborar maquetes e modelos didáticos de órgãos do corpo humano em 3D;
Utilizar metodologias alternativas na capacitação do professores da Escola Alfredo DUB
Produzir resumos e artigos durante a vigência do projeto.
Resultados Esperados
Desenvolver estratégias que contribua para capacitação do quadro de professores da Escola Alfredo DUB, principalmente na área das ciências morfológicas;
Sensibilizar a população do município de Pelotas para a importância de fazer contribuições para a Escola Alfredo DUB.

Página gerada em 19/11/2019 08:39:20 (consulta levou 0.138360s)