Nome do Projeto
Tele Consulta: acoes de educação e cuidados no atendimento a pessoas com sindromes gripais
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
28/04/2020 - 28/04/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Eixo Temático (Principal - Afim)
Saúde / Saúde
Linha de Extensão
Saúde humana
Resumo
Considerando a necessidade de organização dos serviços de saúde, para o enfrentamento da Pandemia do COVID-19, a Secretaria Municipal de Saúde juntamente com a Universidade Federal de Pelotas, Universidade Católica de Pelotas, Hospital Escola UFPel/EBSERH, apresentaram uma Proposta de Reorganização dos Serviços de Saúde, com vistas a dar suporte no processo de enfrentamento do COVID-19. Trata-se de um serviço de atendimento à população disponibilizado através da ferramenta Tele Consulta, com o objetivo de realizar a triagem de pessoas com suspeita de corona vírus. Essa modalidade de atendimento, evita que as pessoas saiam de suas residências, mantendo assim o isolamento social e diminuindo a circulação de pessoa nas unidades de saúde. A ferramenta dispõe de três linhas de atendimento sendo uma para triagem de pacientes com síndromes gripais, outra para o atendimento médico, e uma terceira para atendimento psicológico. Este serviço conta a participação de profissionais da área da saúde como médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, educadores físicos e outros, que realizam atendimento pré-clínico por telefone à população de Pelotas, de acordo com protocolos pré-estabelecidos. Os profissionais que atendem nesta central são na sua maioria profissionais de saúde afastados das suas atividades presenciais por decorrência da Pandemia COVID –19 da Secretaria Municipal de Saúde, da Universidade Federal de Pelotas e da Universidade Católica de Pelotas. Esse serviço visa agilizar o atendimento de casos de síndrome gripal em Pelotas, incluindo os casos de COVID-19 e evitando o contágio local com outros pacientes, reduzindo a circulação e evitando o deslocamento das pessoas até a unidade de saúde, quando não for necessário. O serviço realiza teleconsulta as pessoas que apresentem sintomas leves como febre aferida ou referida, acompanhada de tosse ou dor de garganta, que tenham recomendação de permanecer em casa e orientações sobre como se proteger da transmissão pelo vírus, onde buscar atendimento quando necessário, segundo a estratificação da gravidade de casos de Síndrome Gripal, Ministério da Saúde, 2020, e realizando o encaminhamento as UBS e UPA Areal nos casos classificados como graves. Também presta atendimento a pessoas que já estiveram no serviço de saúde e necessitam de maiores esclarecimentos. O serviço funciona com um 0800, sendo que todas as informações são gravadas e armazenadas, o que possibilitará a tomada de decisões e entendimento da evolução da pandemia no município de Pelotas.

Objetivo Geral

Essa iniciativa visa ofertar a população orientações e encaminhamentos de forma mais segura, sem que as pessoas saiam de suas residências, mantendo assim o isolamento social.

Justificativa

O enfrentamento ao COVID-19, impôs mudanças nas rotinas sociais das pessoas, e o isolamento social, orientado pelas autoridades em saúde se fez necessário por ser apontado como uma medida eficiente de achatamento da curva epidemiológica para reduzir a disseminação do coronavírus.
Assim, a Tele Consulta para o enfretamento da COVID-19, se configura como uma estratégia de disponibilização de serviço de atendimento pré-clínico de saúde, que visa amplo esclarecimento da população sobre a doença e quando procurar atendimento presencial. Tem o papel de orientar e ajudar a população a identificar os sintomas do coronavírus e evitar o deslocamento, sem necessidade, aos serviços de saúde.
favorecer o isolamento domiciliar da população potencialmente contaminada ou do grupo de risco que não possua sinais de gravidade e de evitar ao máximo o esgotamento dos serviços presenciais de saúde.

Metodologia

O serviço funciona mediante um 0800, com três linhas telefônicas de atendimento, sendo uma para triagem e orientações das pessoas com suspeita de COVID-19, operada por vários profissionais da área da saúde das instituições envolvidas, uma segunda linha de atendimento médico e a terceira opera com atendimento psicológico. que todas as informações são gravadas e armazenadas, que possibilitará a tomada de decisões e entendimento da evolução da pandemia no município de Pelotas. Todas as pessoas que acessarem o sistema passarão por um sistema de classificação, no qual o profissional com base em um questionário pré-estabelecido identifica a necessidade do usuário e realiza o atendimento pré-clínico. As orientações e condutas são baseadas no Protocolo de Manejo Clínico do Coronavírus (COVID-19) na Atenção Primária à Saúde (Versão 5 e 6 Brasília - DF Março de 2020, Secretaria de Atenção Primária à Saúde-SAPS). O serviço estará em constante atualização conforme a revisão dos protocolos do Ministério da Saúde.

Indicadores, Metas e Resultados

Indicadores
O serviço da Central de Atendimento COVID-19 se organizou para dar cobertura a toda população do município de Pelotas, aproximadamente 328 mil pessoas (IBGE, 2010), sendo que a estrutura da central permite atender de 300 a 400 ligações por dia e para tanto conta com um grupo técnico de profissionais de várias áreas. Segundo os dados do sistema de informação da Central de Atendimento COVID-19, até o dia 07/05/20 foram realizados um total de 683 atendimentos pela central, deste total foram atendidos 290 pacientes, 123 ligações foram para pedir informações, 12 pessoas estão no aguardo de opinião médica e 139 pacientes foram liberados. O total de pacientes aguardando contato para acompanhamento é de 16 pessoas.
Dados levantados pela Central mostram que pessoas entre 13 e 60 anos são as que mais procuram o serviço (75,9%), seguidos por a faixa etária de idosos que são os maiores de 60 anos (20,4%). O público predominante é feminino, representando 72,8% dos chamados.

Metas
A meta da Central de Atendimento COVID-19 é atender 100% dos usuários que procurarem o serviço, orientando adequadamente todos os atendimentos de acordo com a necessidade e fazendo os encaminhamentos necessários para os casos de síndrome gripal e suspeita de covid-19.

Resultados esperados
Espera-se que ao ter acesso a tele consulta os usuários com síndrome gripal e aqueles que têm necessidade de tirar dúvidas sobre a pandemia de coronavírus, ou mesmo aqueles que estão se sentindo angustiados em função do isolamento possam ter uma alternativa para ouvir a palavra de um profissional de saúde, relatar seus sintomas e receber encaminhamentos sem sair de casa, o que configura uma estratégia muito importante para minimizar os efeitos da propagação da pandemia do novo coronavírus.



Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AFRA SUELENE DE SOUSA6
CLARICE ALVES BONOW2
DIOGO HENRIQUE TAVARES
EVELYN DE CASTRO ROBALLO4
Eduardo Alves Carpena
GABRIELA LOBATO DE SOUZA8
LIENI FREDO HERREIRA
MARIANA FONSECA LAROQUE4
Paulo Antonio Bordalo Gnutzmann
RENATA CUNHA DA SILVA4
SUELE MANJOURANY SILVA DURO2
ÂNGELA ROBERTA ALVES LIMA

Página gerada em 25/11/2020 04:43:07 (consulta levou 0.254788s)