Nome do Projeto
Janelas do feminino
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
18/05/2020 - 13/12/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar
Resumo
O Projeto de Pesquisa JANELAS DO FEMININO é um desdobramento, uma renovação e continuidade do projeto “Gênero e Teatro: processos artístico-sociológicos”. O diálogo entre o feminino e o teatro, as relações históricas e a contemporaneidade serão investigados através do estudo teórico, histórico, bibliográfico, biográfico e empírico, entre diferentes opções e escolhas, buscando, também, desenvolver processos criativos de composição cênica. Intervenções, performances, esquetes, espetáculos nos ambientes acadêmicos e do município são parte substancial da pesquisa, conformando seu compromisso com a extensão.

Objetivo Geral

Investigar o diálogo entre o feminino e o teatro, identificar relações históricas e contemporâneas; desenvolver processos criativos propondo a composição plástica e sua apresentação nos ambitos acadêmicos e da cidade; participar de publicações, seminários e congressos, com os materiais de estudos e reflexão, da memória, dos trabalhos plásticos, etc.

Justificativa

O teatro é um processo de expressão, educação e desenvolvimento humano que enfatiza o potencial humanista, semeador da consciência estética, crítica e ética. Mostra outras imagens da realidade que permitem sua compreensão. É um espaço rico e imensurável de (re)criação. A arte e o teatro traduzem a realidade humana em formas que invocam a mobilização dos sentidos e o intelecto, provocando a reflexão aguda da experiência da vida.
O teatro explora o desconhecido, o que é ignorado, o que não é percebido ou o que não se tolera revelar. O que é dito “normal e habitual” nem sempre é conhecido e refletido. No palco, a rotina e o hábito sofrem uma mudança de registro: saltam da “normalidade” para tocar a sensibilidade e o pensamento.
O Projeto de Pesquisa JANELAS DO FEMININO objetiva investigar a presença do feminino no teatro e suas relações históricas e contemporâneas; e desenvolver processos criativos propondo a composição plástica e sua apresentação para o público acadêmico e em geral. É um projeto de pesquisa em teatro no qual os temas do feminino, da cultura, da história, da sociologia, do processo criativo e da composição estética, entre outros, conformam o seu fazer. O teatro se debruça sobre os diversos e diferentes âmbitos humanos, resignifica relações e fenômenos, revela o que está oculto, o que não se permite ou não se quer ver.
O feminino, em síntese, se relaciona aos diferentes papéis definidos historicamente e sócio-culturalmente às mulheres (e aos homens). Contudo, ao longo da trajetória civilizatória, o abismo de desigualdade e injustiça que os dividi, lança as mulheres de quase todas as partes do mundo à condição de pobreza, impotência, sofrimento e submissão. As tradições e heranças culturais conformam com as diversas religiões, os meios de perpetuação da injustiça em relação às mulheres. Onde o machismo impera (falocracia), e é em todos os países pobres, como o Brasil, a pobreza, a injustiça e a desigualdade tendem a cravar mais fundas as suas raízes. No Brasil, a tela da condição feminina tem tons cinza e tristes. Embora alguns avanços, a maior parte das mulheres, especialmente as mais pobres, sofrem todo o tipo de coerção, sujeição, injustiça e violência. Os índices de violência contra a mulher são estarrecedores, em pleno século XXI. Nas Instituições ainda predomina o pensamento masculinista, o que dificulta, em parte, as ações e projetos políticos que possam mudar esta realidade. A ascensão e multiplicação das igrejas neopentecostais tendem a aumentar e a aprofundar o abismo da iniquidade.
Os índices de desenvolvimento humano e o avanço civilizatório dependem do fim da desigualdade de gênero. Nesse sentido, a Universidade deve se colocar como protagonista de ações e projetos de ensino, extensão e pesquisa que venham ao encontro de uma sociedade justa e fraterna. A pesquisa, em especial, se aponta como um processo cardinal para que avanços nestes âmbitos humanos sejam sentidos.

Metodologia

A metodologia pode ser descrita em formas complementares, em respeito ao perfil qualitativo da pesquisa (teórica-plástica):
• Leituras, estudos teóricos, biografias, fatos do momento, dramaturgia, do feminino, história, religião, políticas públicas para mulheres, cultura e sociedade (realizados em grupo ou individualmente a partir da delegação de tarefas); grupo de discussão sobre o feminino e o teatro;
• Montagem e apresentação de cenas, esquetes e/ou espetáculos teatrais como resultado da pesquisa teórica e plástica;
• Intervenções teatrais em espaços públicos como parte da experimentação teórico-plástica;
• Memorial descritivo e de imagens do processo de pesquisa;

Indicadores, Metas e Resultados

• Ao desvelar as diferentes relações entre o feminino e o teatro em contextos históricos e contemporâneos, contribuir, de maneira sistemática e diligente, com a discussão do tema do feminino e com a criação de políticas públicas justas em relação às mulheres;
• A partir de sua inserção no projeto, estimular a estudante a descobrir potenciais que possam contribuir para sua conduta ética e política como cidadão, pesquisador, docente e ator/atriz;
• Criar um espaço permanente de pesquisa teórica e plástica;
• Criar um espaço de discussão sobre o feminino e o teatro;
• Partilhar por meio de apresentações de fragmentos de processos e de montagens, publicações e participações seminários e congressos, os estudos e avanços da pesquisa teórica-plástica;
• Realizar intervenções teatrais nos espaços da Universidade e da cidade propondo a reflexão contundente.

Quanto aos resultados esperados, o projeto deseja ampliar e intensificar sua presença na universidade e na cidade (escolas, praças, eventos, etc.) através das intervenções plásticas. De modo semelhante, a participação em congressos, seminários, cursos e em publicações.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA PAULA AMBROSANO RIBEIRO
BRENDA SENEME GOBBI
CÍNTIA LANGIE ARAUJO6
ELIZIANE HERNANDES DA FONSECA
ESTELA DAMIAN CORREA
GISELLE MOLON CECCHINI8
JANETE RODRIGUES DA SILVA
KAROLINA DA ROSA MENDES
KEVIN THIENE DAVID PROENÇA
LEANDRO ERNESTO MAIA2
LETICIA CONTER DA CUNHA
MARIA FONSECA FALKEMBACH6
MARIANA CORREA PEREIRA
MARINA DE OLIVEIRA6
PAULO JOSE GERMANY GAIGER8
RAYSSA DE OLIVEIRA FONTOURA
SHAIANE MOLINA DA LUZ
TATIANA DUARTE CUBA

Página gerada em 18/10/2021 10:05:03 (consulta levou 0.134628s)