Nome do Projeto
Encapsulação do óleo essencial de pimenta (Schinus terebinthifolius Raddi)
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
04/01/2021 - 30/12/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Resumo
Schinus terebinthifolius Raddi é uma espécie florestal nativa do Brasil, pertencente à família Anacardiaceae. Seu fruto é conhecido como pimenta rosa, do qual pode ser extraído o óleo essencial reconhecido por suas atividades antimicrobianas e antioxidantes, as quais são atribuídas aos compostos bioativos como terpenos, fenóis e flavonoides. Apesar de suas atividades funcionais e biológicas, a aplicação dos óleos essências em alimentos é limitada, em razão do forte odor e sabor, das altas taxas de volatilização, baixa solubilidade em água e degradação pela exposição ao calor, luz e oxigênio. Uma alternativa para minimizar tais limitações é promover a encapsulação do óleo essencial. Com isso, objetiva-se com o estudo extrair e encapsular o óleo essencial das sementes de pimenta rosa em acetato de celulose pelo método emulsificação/evaporação do solvente utilizando diferentes emulsificantes. Primeiramente, será extraído o óleo essencial da pimenta rosa por hidrodestilação, sendo avaliado o rendimento, conteúdo em compostos fenólicos, terpenos e umidade, atividade antioxidante e antimicrobiana, tanto no óleo essencial quanto na matéria-prima. Após, o óleo essencial será encapsulado em acetato de celulose pelo método de emulsificação/evaporação do solvente utilizando diferentes emulsificantes, sendo avaliado a estabilidade da emulsão, a eficiência da encapsulação, o comportamento térmico das partículas, os grupos funcionais, morfologia, a atividade antioxidante, a atividade antimicrobiana e digestão in vitro. As partículas produzidas serão aplicadas em um produto alimentício, o qual será avaliado sensorialmente. Com este estudo espera-se obter partículas de óleo essencial de pimenta rosa que apresentem efeitos antimicrobiano e antioxidante e liberação controlada nas condições gastro-intestinais e que não propiciem alteração do sabor e aroma do alimento.

Objetivo Geral

Extrair e encapsular o óleo da pimenta rosa em acetato de celulose pelo método emulsificação/evaporação do solvente utilizando diferentes emulsificantes, e avaliar a estabiliade e liberação controlada dos encapsulados.

Justificativa

Apesar de suas atividades funcionais e biológicas, a aplicação dos óleos essênciasde pimentas em alimentos é limitada, em razão do forte odor e sabor, das altas taxas de volatilização, além de sua baixa solubilidade em água. Somando a isso, os óleos essências obtidos da pimenta são facilmente degradados pela exposição ao calor, luz e oxigênio, devido a instabilidade dos seus compostos bioativos. Uma alternativa para proteção dos compostos presentes nos óleos essências é a técnica de encapsulação, que permite manter a sua funcionalidade, e a aplicação em alimentos, resultando em liberação controlada.

Metodologia

Será extraido o óleo essencial da pimenta rosa por hidrodestilização. Tanto a matéria prima quanto o óleo serão avaliados quanto a umidade, teor de compostos fenólicos e atividade antioxidante. Após o calculo do rendimento em óleo, os mesmos seráo encapsulados pela técnica de emulsificação/evaporação do solvente. Após serão realizadas análises das microcápsulas quanto ao rendimento, morfologia, DSC, FTIR, atividade antioxidante, atividade antimicrobiana, e liberação controlada in vitro.

Indicadores, Metas e Resultados

Produzir microcápsulas de óleo essencial de pimenta com poder antioxidante eantimicrobiano, passíveis de serem aplicadas em produtos alimentícios.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINE DELLINGHAUSEN BORGES2
ELIEZER AVILA GANDRA2
HELEN DA SILVA SILVEIRA
RUI CARLOS ZAMBIAZI4

Página gerada em 01/07/2022 19:31:06 (consulta levou 0.079986s)