Nome do Projeto
Educação Matemática Inclusiva: MathLibras e outros entrelaçamentos
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/07/2021 - 30/09/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar
Resumo
O projeto de pesquisa “Educação Matemática Inclusiva: MathLibras e outros entrelaçamentos” é uma ampliação do Projeto de Pesquisa “Produção de Videoaulas de Matemática com tradução em Libras – MathLibras”, desenvolvido de 2017 a 2021. Vincula-se ao GEEMAI - Grupo de Estudos sobre Educação Matemática com ênfase nos Anos Iniciais, na linha Educação Matemática Inclusiva. Nesta perspectiva, propõem-se as seguintes questões investigativas: O que é Educação Matemática Inclusiva? Quais são os sujeitos atendidos pela Educação Matemática Inclusiva? Como discutir e problematizar a Educação Matemática Inclusiva nas aulas da graduação, da pós-graduação e em projetos? O que precisa ser considerado no ensino de Matemática para alunos surdos? E para alunos com surdocegueira? Como as questões da visualidade auxiliam no aprendizado da Matemática? Além disso, busca fazer aproximações também com o Laboratório de Ensino de Matemática, a partir de reflexões sobre a formação do professor que ensina Matemática, com a utilização de diferentes materiais didáticos. O grupo de professores e demais profissionais da área vem pensando em questões referentes ao ensino de Matemática para os alunos surdos e com surdocegueira, com um dos enfoques na acessibilidade linguística e na pedagogia visual, de forma a contribuir com a formação de professores e, principalmente, em como oferecer ao aluno surdo e com surdocegueira recursos que o auxiliem em seu processo de construção do conhecimento. A perspectiva teórico-metodológica está alicerçada nos estudos sobre Educação Matemática Inclusiva, Educação de Surdos e de pessoas com Surdocegueira e produção de materiais didáticos e/ou jogos, no sentido de aplicar e/ou analisar os materiais produzidos ao longo do processo. Pretende-se colaborar com a formação de professores que ensinam Matemática, disponibilizando os resultados da pesquisa para docentes, discentes dos cursos de licenciatura e pós-graduação e professores das escolas de Educação Básica.

Objetivo Geral

O objetivo geral é problematizar e discutir sobre a Educação Matemática Inclusiva no processo formativo, inicial e continuado, do professor que ensina Matemática.

Os objetivos específicos são:
• Organizar grupo de estudos sobre Educação Matemática Inclusiva, com ênfase na Educação de Surdos e de pessoas com Surdocegueira;
• Buscar aproximações entre a Educação Matemática Inclusiva e o Laboratório de Ensino de Matemática;
• Identificar e pensar propostas de ensino e aprendizagem para os diferentes sujeitos, incluindo os que são atendidos pela Educação Matemática Inclusiva, com possibilidade de produção de materiais didáticos e/ou jogos;
• Dar continuidade ao projeto MathLibras, a partir da elaboração, gravação e edição videoaulas de Matemática básica em Libras, incluindo legenda e áudio em português;
• Analisar as videoaulas já produzidas pelo MathLibras;
• Disponibilizar as videoaulas produzidas no canal do MathLibras no YouTube;
• Escrever artigos a partir dos resultados obtidos durante a pesquisa para divulgar o trabalho na academia e na sociedade.

Justificativa

A Educação Matemática inclusiva vem ganhando visibilidade a partir de pesquisas realizadas em diferentes Programas de Pós-Graduação e, também, com a criação do Grupo de Trabalho 13 (GT13) na Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM), denominado “Diferença, Inclusão e Educação Matemática”, do qual a coordenadora faz parte. A preocupação é pensar e desenvolver uma Educação Matemática “para todos”, na qual as particularidades associadas às práticas matemáticas dos diferentes aprendizes são valorizadas e entendidas. Como público tem-se pessoas com deficiências ou/e transtornos, com altas habilidades, com dificuldades específicas de aprendizagem de matemática e em situação de risco ou vulnerabilidade social.
Nesta pesquisa o foco são alunos surdos e com surdocegueira, a partir de pesquisas já desenvolvidas no Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática (PPGEMAT) e das ações do MathLibras, porém não limitado a eles.
Justifica-se a necessidade de ampliar a discussão e a problematização sobre a Educação Matemática Inclusiva nos cursos de formação inicial e continuada do professor que ensina Matemática, aproximando a realidade da Educação Básica as Instituições de Ensino Superior. Justifico, ainda, a escolha pela temática devido ao projeto de pesquisa desenvolvido nos últimos quatro anos, em parceria com a área de Libras do Centro de Letras e Comunicação (CLC/UFPel) e as orientações realizadas no PPGEMAT.
Além disso, busca-se uma aproximação entre o Laboratório de Ensino de Matemática e a Educação Matemática Inclusiva, de forma a pensar em propostas de ensino a partir da utilização de diferentes recursos, respeitando as diferenças de cada sujeito.

Metodologia

A abordagem metodológica seguirá os princípios de uma pesquisa qualitativa, considerando que o processo é fundamental. Assim, pode-se pensar em alguns momentos, não necessariamente executados nessa ordem, pois muitos serão simultâneos.

Será feito um convite para alunos da graduação e pós-graduação, bem como professores da Educação Básica, que queiram ingressar no grupo para estudo da pesquisa. A proposta é um encontro quinzenal, em horário específico a cada semestre.

A abordagem da temática de Educação Matemática Inclusiva será feita a partir de uma disciplina específica do PPGEMAT e das disciplinas ministradas pela coordenadora na graduação (CLM, CLMN, CLMD). Nestas, haverá um questionário para os alunos responderem, o qual será analisado em momento oportuno.

Nas disciplinas de Laboratório de Ensino de Matemática haverá construção de diferentes materiais, incluindo materiais adaptados, os quais serão analisados pelos acadêmicos em conjunto com a professora. A Ideia é pensar propostas de ensino e aprendizagem para os diferentes sujeitos, incluindo os que são atendidos pela Educação Matemática Inclusiva. Destaca-se que a visualidade será explorada com ênfase, pois auxilia nos processos de construção de conhecimento matemático.

Em relação às ações de elaboração, gravação e edição videoaulas de Matemática básica em Libras, do MathLibras, as mesmas serão retomadas assim que possível o retorno das atividades presenciais. Para isso, sempre há a produção do roteiro, estudo do roteiro pela equipe, gravação, edição, análise e discussão, para então ajustes e finalização. Se necessário, o roteiro é regravado e, por fim, vai pro Canal no Youtube. O material já produzido e a produzir será analisado, mediante análise de vídeo e com enfoque em diferentes áreas, dependo de foco da publicação: Educação Matemática, Educação de Surdos, Visualidade, entre outros.

Indicadores, Metas e Resultados

A pesquisa pretende contribuir com a formação inicial e/ou continuada do professor que ensina Matemática, na perspectiva da Educação Matemática Inclusiva.

Propomos como metas:
a) Criar grupos de estudo sobre a temática da Educação Matemática Inclusiva, agregando professores, acadêmicos, mestrandos e professores que ensinam Matemática na Educação Básica.
b) Disponibilizar materiais de pesquisa para docentes, discentes dos cursos de licenciatura e pós-graduação e professores das escolas de Educação Básica.
c) Produzir materiais para o ensino da Matemática na perspectiva da Educação Matemática Inclusiva, tendo como exemplo as videoaulas do MathLibras.

Ao final da realização da pesquisa, esperamos os seguintes resultados:
a) Efetivação do grupo de estudo sobre Educação Matemática Inclusiva;
b) Produção de artigos para periódicos com qualis;
c) Organização e produção de materiais didáticos e/ou jogos na perspectiva da Educação Matemática Inclusiva;
d) Socialização dos dados com pesquisadores e professores da área;
e) Qualificação da formação inicial do curso de Licenciatura em Matemática e com a formação continuada de professores que ensinam Matemática.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEXANDRE DE LIMA DE MELO
BIANCA ABEL LIMA
Clara de Mello Maciel
Cristiane Winkel Elert
DANIELE PEREIRA FERREIRA
HENIANE PASSOS ALEIXO
JULIANA CARVALHO BITTENCOURT
LUIS CARLOS LEAL DE LIMA JUNIOR
MARCOS AURÉLIO DA SILVA MARTINS
MARISTEL CARRILHO DA ROCHA
MELISSA NOVACK OLIVEIRA RIBEIRO
Marta Cristina Cezar Pozzobon2
PATRICIA MICHIE UMETSUBO GONÇALVES
RODRIGO GONÇALVES OLIVEIRA
TAINARA PORTO DA SILVA
TATIANA BOLIVAR LEBEDEFF2
THAÍS PHILIPSEN GRUTZMANN5

Página gerada em 04/07/2022 06:22:24 (consulta levou 0.075175s)