Nome do Projeto
Rede Colabora - Fase III
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
01/03/2022 - 28/02/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Tecnologia e Produção
Linha de Extensão
Formação de professores
Resumo
Este projeto dá continuidade a outros projetos que foram realizados a partir de 2014, visando a formação de professores da Educação Básica para a inserção de tecnologias no ensino. Os cursos são oferecidos na modalidade a distância e têm sido utilizados por mestrandos de cursos de Pós- Graduação que aplicam suas pesquisas realizando intervenções junto aos professores por meio de cursos. Esta combinação já demonstrou ter tido resultados positivos nos anos anteriores pois permite a divulgação das pesquisas em Educação Matemática realizadas na UFPEL junto à comunidade escolar.

Objetivo Geral

Oferecer cursos de formação com ênfase na utilização de tecnologias no ensino para:
- comunidade escolar da Rede Pública (professores e estudantes da Educação Básica);
- professores em formação, ou seja, alunos dos cursos de Licenciatura da UFPel.

Justificativa

Os cursos de formação de professores oferecidos na modalidade a distância atendem aqueles que não têm acesso a cursos regulares presenciais, tanto professores que residem em cidades do interior como professores com alta carga horária que não dispõem de tempo livre para participar de cursos com horários pré-estabelecidos. Os cursos a distância, agora bastante divulgados durante o isolamento social devido a pandemia, oferecem a possibilidade que os professores acompanhem suas aulas e atividades de forma assíncrona. Além disso, como são gratuitos e oferecem certificação, são uma boa opção para os docentes.
A cada curso, a cada turma oferecida o número de inscritos cresce, pois o projeto Rede Colabora já é conhecido e a divulgação é feita junto aos professores que já participaram do projeto. Até 2021, o cadastro de inscritos no Rede Colabora ultrapassava mil professores registrados em todo Brasil.

Metodologia

1) A coordenadora convida alunos de mestrado e doutorado que desenvolvem pesquisas com tecnologias no ensino para ministrarem cursos no projeto;
2) É feito um planejamento conjunto entre a coordenadora e o(a) ministrante de cada curso. O(a) ministrante do curso organiza os materiais didáticos a serem oferecidos e a coordenadora orienta as atividades pedagógicas e organiza a parte administrativa e estratégica da oferta.
3) A divulgação é feita nas redes sociais, no site do projeto (https://wp.ufpel.edu.br/redecolabora) e com o auxílio da Secretaria Municipal de Educação e a 5a Coordenadoria Estadual de Educação.
4) As inscrições são realizadas no site do projeto
5) Quando se trata de curso oferecido como intervenção junto a professores com o objetivo de pesquisa os professores da rede pública são convidados a participar, e um TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO é apresentado solicitando que eles indiquem se desejam ou não participar da pesquisa.
6) O curso é oferecido integralmente no Moodle, e uma aula semanal síncrona pelo webconf é organizada para que os participantes possam ter suas dúvidas respondidas.
7) No final do curso uma ficha de avaliação é preenchida pelos participantes e esses dados servirão para orientar a reformulação dos materiais a cada edição a fim de atender as sugestões recebidas.
8) Durante o planejamento e realização dos cursos, reuniões semanais são realizadas para organização dos materiais e avaliação do processo.

Indicadores, Metas e Resultados

Um dos indicadores que será usado para análise dos resultados é o índice de conclusão do curso.
Nas versões anteriores deste projeto que têm sido realizadas desde 2014, observou que uma média de 30% dos inscrito concluemos cursos. Este número é normal em cursos a distância onde a taxa de evasão é muito grande. Alunos desistentes consultados sobre os motivos de não concluirem o curso, isto é, não terem assistido todas as aulas ou não terem realizado as tarefas que são solicitadas como requisitos para obter o certificado, elencaram: falta de tempo, dificuldades de acesso pela internet, já terem aprendido o que precisavam e dispensam o certificado entre outros. Assim, o indicador de taxa de conclusão esperado é de pelo menos 30%.
Como meta estabeleceu-se a criação de pelo menos um novo curso a cada semestre. E também a revisão e reorganização dos materiais didáticos de cursos já oferecidos, com a provável reoferta destes.
Como meta espera-se que cerca de 30% dos inscritos concluam os cursos, pois este tem sido o percentual médio de concluintes verificado em todos os cursos oferecidos na modalidade a distância. Percebe-se que quando o curso oferecido traz conhecimentos inovadores para o uso em sala de aula o número de inscritos aumenta, porám não é possível atender a todos, pois o grupo de colaboradores é pequeno.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA CAROLINA BARBOZA DE OLIVEIRA
CHRISTIAN BERNY VOLZ
DENISE NASCIMENTO SILVEIRA1
Dulcinéia Salla Prochnow
JERONIMO MEDINA MADRUGA
LAUREN FRANCINE IRIGOITE FARIAS
MARCELO FERNANDES SOARES
RAQUEL PADILHA SILVEIRA
RODRIGO PADILHA SILVEIRA
ROZANE DA SILVEIRA ALVES4
THAÍS PHILIPSEN GRUTZMANN1

Página gerada em 30/06/2022 07:07:04 (consulta levou 0.078092s)