Nome do Projeto
Rodas de conversas: Ortodontia e Saúde da Criança
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
30/05/2023 - 30/05/2027
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Eixo Temático (Principal - Afim)
Saúde / Educação
Linha de Extensão
Saúde humana
Resumo
A proposta tem como público alvo primário profissionais da saúde, e está embasada na premissa de interação da academia com profissionais atuantes na comunidade objetivando promover atividades de educação continuada com foco na área de Ortodontia e saúde da criança. O projeto será desenvolvido considerando dois eixos principais materializados em ação continuada de seleção crítica, preparação das temáticas de interesse e o estabelecimento de estratégias de difusão do projeto; e as ações em formato de evento dialógico objetivando a promoção de eventos educativos e de atualização junto ao público alvo primário, que são profissionais da área da saúde. O desenvolvimento das atividades terá como ancora temáticas clínicas com impacto na saúde na da criança que recebe atenção em saúde, visando a educação continuada em formato de debates no estilo “rodas de conversa”, incentivando a mobilização e a integração entre acadêmicos e profissionais, numa perspectiva multiprofissional, e ao mesmo tempo, oferecendo a oportunidade para que alunos de graduação participantes tenham contato com experiências profissionais concretas durante seu crescimento acadêmico, em um nível que ultrapassa as fronteiras formais da academia.

Objetivo Geral

Promover ações de educação continuada em Ortodontia dirigida a interessados e profissionais e envolvidos com saúde da criança, seja visando atuação individual ou coletiva, privada ou institucional da rede pública de assistência, de modo a contribuir com o aumento da qualidade na assistência a saúde do público infantil integrando contatos entre acadêmicos e profissionais.

Justificativa

A extensão constitui a dimensão acadêmica que favorece a conexão direta da universidade com a sociedade em todos os seus âmbitos. A universidade exerce ainda um papel destacado produção de novos conhecimentos, e por isso deve ser também agente promotor e incentivador de comportamentos que visam a atualização e a educação continuada dos seus egressos e da comunidade profissional. Esse modelo reconhecido de atualização contínua pode resultar em impactos significativos sobre o atendimento de pacientes e comunidades que recebem atenção a saúde de profissionais, desse modo cada vez mais capacitados.
A experiência prática adquirida no exercício profissional ao longo do tempo pode ser importante, e até decisiva, na condução muitos tratamentos, entretanto, o desempenho dos profissionais da saúde pode declinar com o tempo em razão de constantes avanços técnicos e do desenvolvimento de novas tecnologias, por essas razões com frequência profissionais buscam oportunidades atualização e compartilhamento de conhecimento. Nessa direção, também na Ortodontia e nas áreas multidisciplinares correlacionadas, o desenvolvimento de recursos e técnicas preventivas, de diagnóstico e de tratamento não param de evoluir nos seus saberes.
Uma das atribuições das instituições públicas de ensino é o exercício de difusão de conhecimentos gerados no seu interior, tornando-os acessíveis a sociedade. Nessa perspectiva, o projeto de extensão universitária: “Rodas de conversas em Ortodontia e Saúde da Criança”, tem a finalidade de promover ações de educação no âmbito da especialidade, que possam contribuir com a melhoria da atividade profissional em saúde, e por consequência da qualidade da assistência em saúde do público infantil.
O Projeto que busca articular atividades acadêmicas de formação complementar com a comunidade profissional, consolidando a relação indissociável entre a ensino e extensão, por meio do desenvolvimento de atividades que visam estimular o público alvo por meio de temas ligados às ciências da saúde, vinculado ao processo de formação e geração do conhecimento ao profissional da saúde em prol de sua formação cidadã

Metodologia

O projeto será desenvolvido por intermédio de intervenções considerando dois eixos principais: Ação continuada de seleção crítica e preparação das temáticas de interesse e estabelecimento de estratégias de difusão do projeto; e as Ações em formato dialógico com o público alvo propriamente.
O primeiro eixo de trabalho será materializado em ação caracterizada por atividades de mobilização da comunidade acadêmica da Faculdade de Odontologia da UFPel para proporcionar a seleção e organização de material audiovisual, revisões da literatura associadas no âmbito da Ortodontia, considerando temáticas multidisciplinares correlatas e sensíveis ao público, bem como, envolverá reuniões quinzenais da equipe executiva do projeto para seleção de estratégias de divulgação, sobretudo, para garantir a análise prévia dos materiais audiovisuais a serem apresentados nas demais ações do projeto. Nessa ação a equipe executiva irá realizar a organização de agendas de trabalho, distribuição de funções na equipe em si, elaboração de guias para acadêmicos da equipe, busca por soluções e especificidades à partir da avaliação do desenvolvimento das ações previstas, assim como para atribuições de outras tarefas visando o cumprimento dos objetivos propostos.
O segundo eixo de trabalho envolverá a efetivação de ações eventuais, abertas e gratuitas dirigidas à comunidade profissional. Nestas, as apresentações audiovisuais, previamente organizadas, terão como ponto de partida central a exibição de dados e casos clínicos, selecionados na literatura ou no banco de dados da disciplina de Ortodontia da UFPel. As ações poderão ser organizadas prevendo seguimento de formato painel ou mesa de debates presenciais, com ou sem convidados externos, como poderão ocorrer em formato expositivo individual, podendo ainda ser moduladas em sua execução considerando formato exclusivamente presencial, ou envolvendo meios digitais gratuitos de acesso amplo, visando assim aumentar a audiência e a abrangência, além de viabilizar ausência de custos. Os debates serão coordenados pelos docentes encarregados dessa responsabilidade no projeto, e com apoio discente, quando houver bolsista ou voluntários com disponibilidade para tal, cabendo a equipe executiva do projeto ainda o exercício dos papeis de debatedores e mediadores nos referidos eventos. Os temas clínicos propostos serão precedidos por apresentações introdutórias informativas, acompanhadas de exposição de desfechos clínicos desafiadores e problemas terapêuticos a eles relacionados, seguidos de rodadas de debates. A organização e a divulgação dos eventos se dará pelo uso de meios digitais diversos, ao encargo da equipe executiva do projeto, assim como a efetivação das inscrições do público, as quais serão realizadas por e-mail através do uso dos recursos do Google Formulário. As certificações dos participantes será realizada pelo sistema Cobalto da UFPel após encerramento das ações.
Em termos de infraestrutura, serão usados espaços, segundo a disponibilidade e conveniência presentes na unidade e nas demais dependências da UFPel, como anfiteatro do quinto andar da Faculdade de Odontologia, salas de aula, espaços no Museu do Doce da UFPel, entre outras opções.
A avaliação do projeto e das ações nele previstas se dará igualmente pela disponibilização de questionário aos participantes igualmente utilizando os recursos do Google Formulário. Os resultados das avaliações serão usados para avaliar a necessidade de mudanças ou adaptações no desenvolvimento prático das ações, e a possiblidade de modular a implementação, ou não, de ações adicionais àquelas já previstas no escopo do projeto.

Indicadores, Metas e Resultados

-Concluir 100% de contatos educativos propostos.

-Ampliação de oportunidades no ambiente de relacionamento interpessoal entre profissionais e acadêmicos.

-Aumento qualitativo da atenção a saúde de crianças com base no incentivo de práticas de educação continuada profissional.

-Proporção de contatos entre acadêmicos e profissionais bem sucedidos.

-Realizar 01 Publicação acadêmica com os resultados do projeto por ano e 01 participação em eventos por ano.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CATIARA TERRA DA COSTA
DOUVER MICHELON
FELIPE BARBOSA PEREIRA
FERNANDA ESTIVALET PESKE
GABRIELA KRAEMER
Isabella Ferreira Michelon
JAQUELINE BARBIERI MACHADO
KAMILA PAGEL RAMSON
LARISSA WULFF OLIVEIRA
LETICIA MARAN SANSAO
MANOEL BOIJINK SOARES
MARCOS ANTONIO PACCE27

Página gerada em 03/12/2023 13:41:00 (consulta levou 0.134014s)