Nome do Projeto
Exposição Anatômica: um passeio pelo corpo humano - 2ª Edição
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
12/06/2023 - 22/12/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Saúde
Linha de Extensão
Saúde humana
Resumo
A exposição anatômica consiste numa apresentação temporária da história deste segmento das ciências da vida. De tal modo, será disponibilizado um tour guiado pela exposição, com auxílio de alunos da área da saúde, apresentando o conteúdo e espaço preparado para a comunidade. Com isso, acreditamos que será possível aproximar a população em geral e a comunidade acadêmica, e, com isso, desmistificar questões da natureza humana. Também,almeja-se complementar a formação dos acadêmicos envolvidos no projeto, através do conhecimento continuado na área da anatomia

Objetivo Geral

Propor a difusão de ciência, do conhecimento científico, e das artes, por meio de novas experiências de aprendizado.

Justificativa

A Exposição Anatômica vem da necessidade de contribuir para o aumento do ingresso de estudantes oriundos de escolas públicas na universidade, atingindo públicos diversificados; além disso busca-se facilitar a compreensão da comunidade escolar sobre a formação dos cursos da área da saúde aumentando assim o conhecimento da população sobre Anatomia Humana, ao mesmo tempo em que desmistificam-se as questões envolvendo o estudo anatômico e a doação de corpos para ensino, retribuindo, de tal modo, à sociedade. Ademais a exposição serve como um importante ferramenta no estudo continuado de anatomia por parte dos acadêmicos vinculados ao projeto, envolvendo-os na elaboração dos materiais da exposição e no acolhimento da comunidade, através de apresentação da exposição.

Metodologia

O projeto será realizado no departamento de morfologia na UFPel, e consistirá em um passeio anatômico de cunho expositivo e histórico. De tal
modo, organizar-se-á exposição, a ser percorrida no modelo tour guiado, mediados por acadêmicos da área da saúde. Contará com equipes
formadas com uma média de 10 acadêmicos capacitados para participar da confecção dos materiais da exposição, assim como auxiliar no
acolhimento da comunidade externa. A seleção poderá ocorrer por meio de prova e/ou entrevista, que serão agendadas previamente. A exposição
terá duas partes. A primeira contará com quadros, poemas e outros materiais de cunho artístico, que auxiliem a contar a história da dissecação e
anatomia, assim como a sua influência e importância para o campo da saúde. Já, a segunda etapa, consistirá na exposição de peças anatômicas e
patológicas, que visem informar, disseminar conhecimento, e expor a relevância do conhecimento anatômico, no geral, assim como para o
desenvolvimento acadêmico. A exposição será aberta para o público, porém, terá como foco a comunidade escolar, na tentativa de aproximar este
grupo da universidade. Assim, serão oferecidos horários para frequentar a exposição, que terá tempo limitado de 1h em média. A exposição ficará
disponível para a comunidade durante uma semana. Em virtude da maior disponibilidade de salas de aula, propõe-se que o período previsto para o
evento corresponda ao período do SIIEPE. Planeja-se disponibilizar 2 dias para a visitação de escolares, e 2 dias destinados à comunidade geral. O
evento será divulgado em plataformas digitais, e será encaminhado convites às escolas da rede pública e privada.

Indicadores, Metas e Resultados

Indicadores:
Realizar pesquisa com as turmas que visitarem o ambiente, buscando compreender o interesse e agregamento de conhecimentos obtidos na vistação;
Apresentar resumos para eventos, buscando o aperfeiçoamento das ações e posterior submissão de artigos a periódicos na área de Educação.
Metas:
Elaborar peças ilustrativas e material textual de suporte;
Realizar o contato com escolas públicas e privadas da região, para formalização do convite e contato dos alunos com a história anatômica;
Atingir órgãos de fomento, com ações que evidenciem a importância da divulgação científica em ciências da saúde;
Conscientizar o público acerca da importância da doação de corpos para o estudo anatômico;
Realizar a formação continuada em anatomia aos estudantes que não puderam desenvolver suas atividades práticas presenciais durante a pandemia, capacitando-os para atuarem como guias;
Atingir no mínimo 30% da comunidade escolar de Pelotas e cidades vizinhas, do Ensino Médio e último ano de Ensino Fundamental; assim expandindo as barreiras da Universidade e demonstrando que o conhecimento anatômico pode ser transpassado como mais que isso, se tratando também de autoconhecimento.
Resultados esperados:
Busca-se promover a disseminação e exposição do conhecimento contido no corpo humano, para a comunidade além da
Universidade; realizando de forma conjunta a desmistificação da doação e estudo destes corpos para a área de ensino

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADAM ARAI MARTENS
ALISSON ANDRE ROBE FONSECA20
ANA LUIZA DUARTE PICH
ARTHUR DE FARIAS BETEMPS DA SILVA
BRUNO SAVIUS SILVEIRA FRANCK
CAROLINE CRESPO DA COSTA44
DANIEL ANGELO BERNIN
Erica Paiva Espinosa
FABIANE KNEPPER ZEHETMEYR FERNANDES20
HIAGO REIS CHERUBINI
JOSEANE JIMENEZ ROJAS46
JULIA ALMEIDA BRUM
KAROLINE COELHO NEDEL
LARISSA FERREIRA DA SILVA
LEONARDO VELLAR AUGE
LUIZ FERNANDO SCHENQUE TAVARES20
Laura Coimbra Borba
MARCIO OSORIO GUERREIRO42
MARIANA SOARES VALENCA44
MAURICIO BUTTOW REICHOW
MILEICA CRISTIANE BOBSIN DA SILVA
MURILO DI GREGORIO
MURILO PERTILE CAMPOS
Mateus Casanova dos Santos22
PITÁGORAS TERRA MACHADO
RENAN MOSCATTO PAULINO
RENAN TERRA DE OLIVEIRA
RENATO AZEVEDO DE AZEVEDO20
RICARDO NETTO GOULART
SAMUEL BOSSLER CHAGAS
Shelen dos Reis da Silva
VINICIUS MAIA SILVA

Página gerada em 27/05/2024 23:04:45 (consulta levou 0.240508s)