Nome do Servidor
GUILHERME SPERB
Matrícula SIAPE
1890381
Data de ingresso no serviço público
27/07/2018
Data de ingresso na UFPel
27/07/2018
Data de ingresso no cargo
27/07/2018
Data de saída do Cargo
21/03/2020
Cargo
Professor Substituto
Classe / Nível
4 / 501
Titulação
Mestrado
Lotação
Regime / Jornada de Trabalho
Contratado / 40 horas

Resumo

Guilherme Vieira Sperb é natural da cidade de Pelotas, RS, no extremo sul do Brasil. Na adolescência, começa a estudar violão com Daniel Medeiros, no ambiente do Conservatório de Música da cidade. Muda-se a Porto Alegre, onde cursa Bacharelado e Mestrado em música pela UFRGS, com orientação do Prof. Daniel Wolff. Nesse período, atua como professor subtituto nessa Instituição, e se destaca como solista de violão, tendo recebido prêmios nesse âmbito, como o XXVIII Concurso Latino Americano Rosa Mística, em 2009. Em 2013, já atuando como acompanhador de choro e samba, se muda para Argentina, fixando residência em La Plata. Nessa cidade, por um ano, cursa Composição na Universidade Nacional de La Plata e começa sua produção como compositor, tanto de música instrumental como de canções, em variados gêneros da música do Cone Sul do continente, como o choro, samba, candombe, tango, folclore argentino. Nos últimos anos, integrou vários projetos de produção cultural autogestiva, especialmente na difusão da música brasileira no exterior, como o Club de Samba y Choro de La Plata (bandolinista e violonista), Maracatu Bate Forte (percussionista), Puro Dende (Forró), Duo Doble Chapa (canções rioplatenses), Duo Dois Irmãos, Camisa Amarela (choro), além de organizar e produzir oficinas e recitais de músicos brasileiros em trânsito pela Argentina e o programa de rádio "Batuque no Ar", também dedicado a difusão da cultura brasileira. Atualmente, Guilherme Sperb atualmente se desempenha como docente, intérprete, arranjador, compositor popular e também de música para a dança na Cia de Dança Daniel Amaro. Integra o grupo Chorei Sem Querer como compositor, arranjador, bandolinista e cavaquinista, papel que desempenha também no Clube de Choro de Pelotas. Lançou em 2021 o disco VIAGEM, ideia que nasce a partir de sua vivência de 6 anos na Argentina. Gravado em 6 cidades e 3 países, traz 12 composições inéditas que misturam gêneros de todo o Mercosul. Guilherme atuou como professor no curso de Música Popular da UFPEL (2018-9), tendo sido um dos coordenadores e idealizadores do Núcleo da Canção-UFPEL.

Formação acadêmica

Doutorado em Música (Universidade Federal da Paraíba, Em andamento)
Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Música (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2012)
Graduação em Licenciatura en Música - Composición (Universidad Nacional de La Plata, Incompleto)
Graduação em Bacharelado em Música - Violão (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2009)

Áreas de atuação

Música - Instrumentação Musical
Música - Composição Musical
Música - Práticas Interpretativas - Violão
Artes - Arranjo
Artes - Bandolim
Artes - Cavaquinho

Informações extraídas do Lattes

Participação do servidor em projetos nos últimos 5 anos

CH indica a carga horária semanal.

Pesquisa
Título do Projeto Início Fim CH
Avendano Júnior: a tradição do choro em Pelotas – A construção de um arquivo colaborativo da música e memória de Pelotas e região01/06/201931/07/20202
Poética da Canção: Processos Criativos da Canção Popular11/03/201931/12/20192
Ensino
Título do Projeto Início Fim CH
III Encontro de Pesquisa em Música da UFPel15/10/201816/10/20188
Extensão
Título do Projeto Início Fim CH
Núcleo de Música Popular (NUMP) - FASE III12/04/202112/04/2025
NUCLEO DE MUSICA POPULAR - Fase II11/03/201931/12/202010

Página gerada em 09/08/2022 16:17:29 (consulta levou 0.278981s)