Nome do Projeto
Arqueologia e História Indígena do Pampa: Estudo das populações pré-coloniais na bacia hidrográfica da Laguna dos Patos e Lagoa Mirim
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
29/04/2013 - 07/05/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Humanas - Arqueologia - Arqueologia Pré-Histórica
Resumo
Buscaremos com esse trabalho estudar a história indígena de longa duração referente aos grupos Guarani e construtores de cerritos que habitaram a região da serra do Sudeste e bacia hidrográfica da Laguna dos Patos e Lagoa Mirim. Articularemos fontes históricas, etno-históricas, orais e arqueológicas em busca da constituição de narrativas sobre o período pré colonial e colonial da região de Pelotas.

Objetivo Geral

1. Objetiva-se realizar um estudo arqueológico sistemático na porção meridional da laguna dos Patos e lagoa Mirim, retomando a arqueologia dos cerritos estagnada no Brasil desde, pelo menos, os anos 1980 e dando continuidade à arqueologia Guarani. Objetiva-se, em grande medida, compreender o sistema regional de assentamento dos construtores de cerritos e dos grupos Guarani através de uma perspectiva de estudo de padrão de assentamento, funcionalidade, tecno-tipologia, territorialidade, subsistência e economia. Com isso, objetiva-se também testar os modelos interpretativos de padrão de assentamento em regiões próximas a fim de perceber continuidades e descontinuidades nas estratégias de escolha e uso do espaço.
2. Objetiva-se estudar o padrão de distribuição dos sítios arqueológicos no ambiente, a fim de entender os significados dessa distribuição no que se refere aos seus aspectos estratégicos, econômicos, simbólicos e políticos. Além do padrão de distribuição, buscaremos entender as particularidades composicionais dos sítios, a fim de compreender os seus significados composicionais.
3. Outro objetivo do projeto é compreender as relações interculturais entre os grupos Guarani e construtores de cerritos, com base em indicadores que permitam perceber contatos culturais e interações sociais, contribuindo para a discussão de fronteiras sociais na região de estudo. Para essa discussão de fronteiras e interações sociais, novas datações na região serão fundamentais para se estabelecer um horizonte cronológico em que se percebam contemporaneidades entre os grupos. Nesse sentido, o estudo dessas relações interculturais poderá trazer informações sobre as escolhas dos espaços e seus significados culturais.
4. Outro objetivo a ser destacado é uma avaliação pormenorizada dos sítios em estado avançado de degradação. Atividades de educação patrimonial junto a escolas do município e a associação de bairro do Valverde, Pelotas-RS, já são desenvolvidas desde o ano de 2006, a fim de que os sítios venham a ser preservados e resignificados pela própria comunidade. Neste sentido, este projeto poderá fornecer subsídios teórico-científicos a serem divulgados nas escolas, reuniões de associações, etc., trazendo à tona a importância histórica e turística dos montículos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
1
1
1
1
1
1
1
2
2
2
2
2
2
4
AMANDA MARQUES1201/08/201331/12/2013
ANA CLAUDIA RODRIGUES DE LIMA129/04/201307/05/2014
ANDERSON MARQUES GARCIA229/04/201307/05/2014
CHAIANE ALVES QUADRADO229/04/201307/05/2014
CLEITON SILVA DA SILVEIRA501/03/201407/05/2014
CRISTIANO VON MÜHLEN1201/08/201331/07/2014
CRISTIANO VON MÜHLEN429/04/201307/05/2014
DAIANE AMARAL MARIN529/04/201307/05/2014
FABIO VERGARA CERQUEIRA129/04/201307/05/2014
JOAO MANSUR NETO429/04/201307/05/2014
JORGE EREMITES DE OLIVEIRA129/04/201307/05/2014
JORGE LUIZ DE OLIVEIRA VIANA229/04/201307/05/2014
JULIA MARIA GOLIVA DIAS429/04/201301/03/2014
LOREDANA MARISE RICARDO RIBEIRO129/04/201307/05/2014
LUCIANA DA SILVA PEIXOTO229/04/201307/05/2014
MATEUS GUEDES PEÇANHA229/04/201307/05/2014
PATRICIA SAMPAIO MOTA429/04/201307/05/2014
PRISCILLA FERREIRA ULGUIM129/04/201307/05/2014
SARA CORADI429/04/201307/05/2014
SIMONE DE FREITAS ORTIZ1201/01/201431/07/2014
SIMONE DE FREITAS ORTIZ429/04/201307/05/2014
SUZANA ELIZA ROLL MUNSBERG1201/08/201331/07/2014
SUZANA ELIZA ROLL MUNSBERG529/04/201307/05/2014
Tiago Attorre Penna129/04/201307/05/2014
VINICIUS UGOSKI BACCHIERI429/04/201307/05/2014

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
Conselho Municipal de Meio Ambiente de PelotasR$ 0,00
Outros organismos nacionaisR$ 0,00

Página gerada em 11/12/2018 04:57:52 (consulta levou 0.097809s)