Nome do Projeto
Atividade antimicrobiana in vitro de extratos vegetais comuns do Bioma Pampa frente a cepas de Staphylococcus aureus.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/02/2018 - 31/03/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Inspeção de Produtos de Origem Animal
Resumo
Levando em conta a importância do desenvolvimento de micro-organismos resistentes à antimicrobianos convencionais na saúde humana e animal, se faz necessário a pesquisa de alternativas terapêuticas à essa problemática, e os extratos vegetais apresentam-se como um importante elemento na busca por novos compostos e matérias-primas. Tendo em vista que bactérias do gênero Staphylococcus são os principais agentes envolvidos na contaminação de produtos e no desenvolvimento de mastite bovina, o objetivo do estudo é verificar o potencial de ação de extratos vegetais de Acacia mearnsii (acácia negra), Rosmarinus officinalis L. (alecrim) e Eugenia uniflora (pitanga) frente a isolados já estocados e identificados de Staphylococcus aureus fortes formadores de biofilme bacteriano obtidos em ambiente de ordenha, utilizando-se dos métodos de difusão em disco e microdiluição em placa (concentração inibitória mínima e concentração bactericida mínima). Após a obtenção dos resultados, os extratos mais eficazes podem ser sugeridos como matéria prima para a composição de produtos de higiene e sanitização do ambiente de ordenha, bem como para o tratamento de mastite.

Objetivo Geral

Geral
Verificar o potencial antibacteriano dos extratos vegetais extraídos de Acacia mearnsii, Rosmarinus officinalis L. e Eugenia uniflora perante cepas de Staphylococcus aureus fortes formadoras de biofilme bacteriano isoladas do leite de conjunto e dos tetos de animais em lactação.
Específico
- Avaliar a atividade antimicrobiana dos extratos vegetais por meio do método de difusão em disco e posteriormente relacionar com os resultados obtidos no método de microdiluição em placa.
- Determinar a Concentração Inibitória Mínima e a Concentração Bactericida Mínima dos extratos vegetais de Acacia mearnsii, Rosmarinus officinalis L. e Eugenia uniflora frente ao Staphylococcus aureus.
- Com os resultados obtidos, verificar a relação entre as cepas identificadas como resistentes à atividade antimicrobiana dos referidos extratos vegetais àquelas identificadas como fortes formadoras de biofilme bacteriano.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CLAUDIO DIAS TIMM101/02/201831/03/2019
EMANUELLE BALDO GASPAR101/02/201831/03/2019
EMANUELLE BALDO GASPAR101/02/201831/03/2019
FERNANDA DE REZENDE PINTO101/02/201831/03/2019
GREYCE SILVEIRA MELLO101/02/201831/03/2019
HELENICE GONZALEZ DE LIMA101/02/201831/03/2019
JULIANA FERNANDES ROSA601/02/201831/03/2019
KATLYN FLAVIA RODRIGUES SOARES101/02/201831/03/2019
LISIANE CRUZ DA SILVA101/02/201831/03/2019

Página gerada em 08/12/2019 19:27:45 (consulta levou 0.075326s)