Nome do Projeto
Efeito do butafosfan no metabolismo celular, qualidade oocitária e desenvolvimento embrionário
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/10/2018 - 30/09/2019
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Resumo
Tecnologias de reprodução assistida auxiliam na multiplicação da genética de animais superiores, bem como na concepção de mulheres com reduzida fertilidade. No entanto, a expansão da utilização dessa ferramenta esbarra na variada resposta dos indivíduos. Tal problema apresenta variada etiologia, sendo a condição metabólica uma das origens. Dentre as patologias com origem no metabolismo, a obesidade é uma condição metabólica que reflete negativamente na foliculogênese e qualidade do oócito. Estudos são realizados buscando alternativas para minimizar esse efeitos. Dentre várias estratégias, a modulação metabólica tem sido investigada como ferramenta para a melhora da reprodução. Nesse cenário, o butafosfan, uma fonte orgânica de fósforo, apresenta diversas indicações populares para a melhora na fertilidade de fêmeas. Alguns autores observaram uma redução nos marcadores bioquímicos indicativos de lipólise em animais tratados com butafosfan. Entetanto, a rota de sinalização celular e molecular do butafosfan, bem como os efeitos no oócito e no embrião permanecem a ser elucidados. O objetivo desse trabalho é verificar o mecanismo através do qual a molécula de butafosfan atua no metabolismo celular, qualidade do oócito e desenvolvimento embrionário. Serão realizados três experimentos, sendo dois com camundongos e um com bovinos. No primeiro experimento, 42 camundongos machos serão divididos em 6 grupos para avaliação da ação celular e molecular do butafosfan em condições de obesidade, obesidade seguida de restrição alimentar e sob condições metabólicas normais. Será avaliada a expressão de genes ligados ao metabolismo, bem como a verificação da presença das proteínas sintetizadas por esses genes. No segundo experimento, será utilizado o mesmo número de animais do estudo anterior, com o mesmo desenho experimental. No entanto, nesse experimento serão utilizadas camundongos fêmeas, cujos cios serão sincronizados e metade de cada grupo será acasalada para posterior verificação do efeito do butafosfan na qualidade oocitária e desenvolvimento embrionário através de análise da expressão gênica. Por fim, no terceiro experimento serão utilizadas vacas doadoras de ovócitos e embriões em condições de obesidade,cujas análises serão as mesmas do segundo experimento. Ao final, espera-se melhor entender o mecanismo de ação da molécula de butafosfan, possibilitando a sua melhor utilização como estratégia de aumento da fertilidade em programas de reprodução assistida.

Objetivo Geral

Objetivo geral

O objetivo desse estudo é verificar o efeito da molécula de butafosfan no metabolismo celular, qualidade do oócito e desenvolvimento embrionário.

Objetivos específicos

1) Determinar o efeito do butafosfan na regulação do metabolismo celular;
2) Determinar o efeito das alterações na expressão de genes ligados ao metabolismo energético decorrentes do butafosfan na qualidade oocitária;
3) Determinar o efeito das alterações na expressão de genes ligados ao metabolismo energético decorrentes do butafosfan no desenvolvimento embrionário;

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANTÔNIO AMARAL BARBOSA401/10/201810/01/2019
AUGUSTO SCHNEIDER101/10/201408/03/2016
CARLOS CASTILHO DE BARROS101/10/201430/10/2017
CASSIO CASSAL BRAUNER101/10/201430/10/2017
EDUARDO SCHMITT131/10/201730/09/2018
FRANCISCO AUGUSTO BURKERT DEL PINO131/10/201730/09/2018
ILUSCA SAMPAIO FINGER101/10/201430/10/2017
JOAO ALVEIRO ALVARADO RINCON131/10/201730/09/2018
LUCAS TEIXEIRA HAX801/10/201430/10/2017
MARIA AMÉLIA AGNES WEILLER101/10/201430/10/2017
PATRÍCIA MATTEI101/10/201430/10/2017
THAÍS CASARIN DA SILVA101/10/201430/10/2017
VIVIANE ROHRIG RABASSA101/10/201430/10/2017

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 5.000,00
FINEPR$ 13.000,00

Página gerada em 19/07/2019 20:10:38 (consulta levou 0.074393s)