Nome do Projeto
Projeto Arte na Escola - Polo UFPel
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
11/03/2019 - 22/12/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Cultura
Linha de Extensão
Artes integradas
Resumo
O Projeto Arte na Escola Polo UFPEL, existente na instituição desde 1993, tem como objetivo a formação continuada dos professores atuantes na rede geoeducacional de Pelotas, para tanto disponibiliza materiais instrucionais imagéticos e bibliográficos para o ensino de artes em âmbito fundamental e médio. A missão implica sobre a formação complementar e ampliada dos futuros profissionais (licenciandos em artes visuais, teatro, dança e música), possibilitando práticas que envolvem a comunidade escolar e a universidade a fim de debater e desenvolver o conhecimento artístico. As ações de formação se organizam a partir da disponibilização gratuita do acervo, oficinas de arte e artesanato oferecidas em instituições de ensino, espaços informais ou alternativos; a formação continuada voltada para professores contempla ciclos de debates, seminários, palestras, exposições, mediações e mostras de vídeos, propiciando um repertório reflexivo e crítico em torno da arte, compreendendo as instâncias culturais e educacionais.

Objetivo Geral

Promover ações de formação e formação continuada para estudantes e professores de artes atuantes na rede geoeducacional de Pelotas, buscando construir um conhecimento crítico sobre o ensino da arte que oriente desempenhos docentes e discentes

Justificativa

O projeto é implantado visando o apoio ao ensino da arte, através da formação continuada e da disponibilização de materiais pedagógicos. São necessidades que se mantém e se ampliam por conta de embates e tendências que incidem sobre o ensino da arte na contemporaneidade, alcançando a formação dos futuros docentes e dos profissionais atuantes na rede escolar.

Metodologia

A linha metodológica segue uma abordagem contemporânea, Artografia, que reúne professor, artista e pesquisador sem estabelecer divisões de papéis. Ao contrário, reconhece o quanto são imbricados entre si, propondo inovações na produção de narrativas, artefatos e dispositivos para ampliar a compreensão dos processos e fenômenos.
A natureza aberta e híbrida permite operar com diferentes materiais e métodos para alcançar os objetivos propostos. Concorrem: identificação de demandas, discussão de propostas, redefinição de metas, pesquisa bibliográfica, cartográfica, pesquisa-ação, pesquisa poética, execução das ações (mostras, seminários, ciclos de debates, grupos de estudos, oficinas, empréstimo e manutenção do acervo), avaliação, registro, divulgação e disseminação de resultados e produtos para a rede arte na escola.

Indicadores, Metas e Resultados

Formação continuada, formação global, intercâmbio de experiências para potencializar e compartilhar o conhecimento em torno do pensar, fazer, ensinar arte, percebidos em suas dimensões pedagógicas, poéticas e processuais, relacionadas aos contextos culturais contemporâneos

Atender política de inclusão e qualificação da comunidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CARMEM REGINA SILVEIRA NOGUEIRA17
EDUARDA GONÇALVES SCHUSTER
JULIANA CHACON DE OLIVEIRA
LARISSA PATRON CHAVES SPIEKER1
LUIZA ALVES DE MACÊDO TAVARES
NADIA DA CRUZ SENNA10
RAFAELA BARBOSA RIBEIRO
RENAN SOARES
URSULA ROSA DA SILVA1

Página gerada em 19/07/2019 20:09:50 (consulta levou 0.074040s)