Nome do Projeto
APOSTILA INTERDISCIPLINAR: UMA VISÃO ANATÔMICA, HISTOLÓGICA, GENÉTICA E FISIOLÓGICA – Parte II
Ênfase
Ensino
Data inicial - Data final
15/06/2020 - 15/06/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Biológicas
Resumo
Para suprir a demanda exigida pelos profissionais no mercado de trabalho, o ensino superior precisa manter-se em constante renovação. É necessário haver uma ligação cada vez maior entre as disciplinas básicas e às profissionalizantes, a fim de fortalecer a apropriação e a aplicação do conhecimento adquirido durante o percurso acadêmico. Entretanto, a realidade social e científica atual é marcada por uma fragmentação nas informações, com o conhecimento geralmente organizado de forma estanque. Além disso, a forma de ensino tradicional e unidirecional, nem sempre é suficiente para o aprendizado. Os temas transversais e a interdisciplinaridade são ferramentas necessárias para uma política institucional e legitima uma prática inovadora que estimula a sociedade a pensar, refletir, compreender e agir de forma consciente e preventiva frente aos desafios apresentados pela realidade. Os conteúdos de anatomia, histologia, genética e fisiologia são necessários para que os acadêmicos que as cursam possam trabalhar com as especificidades das áreas biológicas e da saúde e para o reconhecimento das estruturas sujeitas a alterações patológicas, entretanto, nenhuma ciência se sustenta sem o diálogo com outras disciplinas. Constatar o desconhecimento de material de apoio com essas características, para ser utilizado no processo de aprendizagem dessas disciplinas, mostrou que a elaboração de uma apostila que retrata temas relacionados ao corpo humano, expondo a morfologia macroscópica e microscópica e o funcionamento, de forma interligada, proporcionará ao leitor um entendimento abrangente do conteúdo e uma inequívoca facilitação do aprendizado. O projeto “Apostila interdisciplinar: uma visão anatômica, histológica, genética e fisiológica- parte II”, visa preencher a lacuna oriunda da fragmentação, através de um material de apoio com uma abordagem interdisciplinar, atrativa e de fácil entendimento. O projeto será realizado por professores do Departamento de Morfologia com a colaboração dos professores do Departamento de Fisiologia e Farmacologia e do Departamento de Ecologia, Zoologia e Genética. A edição da apostila, será realizada por bolsistas com o auxílio de livros didáticos, conteúdo das aulas e esquemas. A ilustração será através de imagens dos modelos anatômicos e lâminas histológicas, do acervo do departamento, visando tornar o material mais didático e adaptado a realidade das aulas práticas. Em cada capítulo serão incluídas algumas patologias e síndromes e sua relação com a morfologia, a genética e a fisiologia. Esse material será revisado de forma concomitante ao seu desenvolvimento, pelo corpo docente das disciplinas de Anatomia, Histologia, Genética e Fisiologia e pelos discentes que participam do projeto. Após aprovação, esse material de apoio será disponibilizado de forma on-line para facilitar o acesso. Esse material ser construído por alunos que vivenciam a dificuldade da fragmentação dos conteúdos e, contribuição dos professores que vivenciam a dificuldade de entendimento, devido a essa falta de contextualização, causará maior impacto nos discentes, pois será direcionado para as dificuldades que também enfrentam. Ademais, ao longo do curso de graduação, outras disciplinas também abordam os temas vistos nestas disciplinas básicas, e se o aluno já tiver essa visão mais holística do processo, certamente será um profissional mais crítico e reflexivo, atento a detalhes e mais cuidadoso em seus diagnósticos.

Objetivo Geral

A intenção da proposta consiste em elaborar um instrumento didático, com informações atualizadas, articulando morfologia macro e microscópica ao funcionamento do organismo.

Objetivos Específicos
Desenvolvimento de material didático para:
• Servir como um Instrumento de apoio, oportunizando a integração de conteúdos afins e a superação da fragmentação entre as disciplinas;
• Incentivar o aprendizado através de uma abordagem atrativa;
• Ampliar o entendimento das estruturas do organismo, através de ferramentas de navegação em imagens histológicas;
• Auxiliar os professores na contextualização dos conteúdos e nas perspectivas das tecnologias da informação.

Justificativa

O conhecimento da anatomia, da histologia e da genética são fundamentais para a compreensão das estruturas relacionadas aos processos fisiológicos e para o reconhecimento das estruturas sujeitas a alterações patológicas. Por isso é importante cada vez mais que o papel do professor seja redimensionado e ele se torne um incentivador dos alunos na instigante aventura do conhecimento (MORAN, 2000). Perante o exposto, a apostila interdisciplinar: uma visão anatômica, histológica, genética e fisiológica pretende ser um material de apoio criado no intuito de auxiliar os alunos ingressantes, nos cursos das áreas biológicas e da saúde, pois apresenta uma abordagem atrativa e de fácil entendimento, visando através da interdisciplinaridade preencher a lacuna oriunda da fragmentação presente na metodologia de ensino utilizada atualmente.

Metodologia

O projeto será realizado por professores do Departamento de Morfologia com a colaboração dos professores do Departamento de Fisiologia e Farmacologia e do Departamento de Ecologia, Zoologia e Genética Será elaborado um material de apoio no qual os conteúdos de Anatomia, Histologia, Fisiologia e Genética serão abordados de forma conjunta e contextualizada. A edição da apostila ocorrerá a partir de um esboço realizado por um aluno, que observou que as explicações orais dos professores ocorriam de forma interdisciplinar, mas que o material de apoio disponível apresentava o conhecimento de forma fragmentada. A edição será realizada por bolsistas com o auxílio de livros didáticos, conteúdo das aulas e esquemas. E será ilustrado com imagens dos modelos anatômicos e lâminas histológicas, do acervo do departamento, visando tornar o material mais didático e atrativo. Em cada capítulo também serão incluídas algumas patologias e síndromes e sua relação com a morfologia, a genética e a fisiologia. Esse material será revisado de forma concomitante ao seu desenvolvimento, pelo corpo docente das disciplinas de Anatomia, Histologia, Genética e Fisiologia e pelos discentes que participam do projeto. Após aprovação, esse material de apoio será disponibilizado de forma on-line para facilitar o acesso. Nessa etapa do projeto denominado de “APOSTILA INTERDISCIPLINAR: UMA VISÃO ANATÔMICA, HISTOLÓGICA, GENÉTICA E FISIOLÓGICA – Parte II, ocorrerá a edição dos capítulos referentes aos Sistemas Circulatório, Imunitário, Digestivo, Respiratório, Urinário, Endócrino e Reprodutor Masculino e Feminino, com informações atualizadas, articulando morfologia macro e microscópica, fisiologia e genética ao funcionamento do organismo. Na primeira etapa, conforme informação disponível no relatório final foram realizadas a elaboração dos capítulos sobre Osteologia, Tegumento, Artrologia e Tecidos Básicos.

Indicadores, Metas e Resultados

Indicadores:
Elaborar capítulos de todos os sistemas do organismo até maio de 2023;
Apresentar no mínimo três órgãos com ferramentas de navegação em imagens histológicas;
Apresentar seminários, durante a vigência do projeto, para aferir a eficiência das abordagens e ferramentas de navegação, com a comunidade acadêmica.
Consultar comunidade acadêmica, sobre qualidade de recursos e ferramentas utilizadas na edição, através do Google forms ou seminários;
Produzir resumos para quatro eventos nacionais e um internacional durante a vigência do projeto e dois artigos para periódicos em Educação.

Metas:
Realizar a contextualização e conexão das disciplinas afins no conteúdo dos capítulos;
Utilizar fotografias, esquemas, gráficos e mapas conceituais, para facilitar a compreensão dos conteúdos;
Realizar o sistema de navegação em imagens histológicas, para facilitar a visualização geral de órgãos extensos;
Produzir resumos e artigos durante a vigência do projeto.

Resultados Esperados:

Material editado apresentar conteúdo contextualizado e em conexão com as outras disciplinas que fazem parte do projeto;
Material de apoio causar impacto nos discentes e motivar utilização, por ser construído com auxílio de alunos que vivenciam dificuldades da fragmentação dos conteúdos, e professores que vivenciam a dificuldade de entendimento, devido a essa falta de contextualização.
Tecnologias utilizadas servirem como suporte para facilitar o entendimento da morfologia de órgãos e sistemas e sua relação com outras disciplinas básicas;
Propiciar através da forma como o material foi desenvolvido e dos seminários, uma visão holística do processo de aprendizagem, incentivando os discentes a serem profissionais críticos, reflexivos, atento a detalhes e consequentemente mais cuidadosos em seus diagnósticos.

Página gerada em 14/08/2020 10:22:43 (consulta levou 0.539247s)