Nome do Projeto
Projeto de Permanência e Qualidade Acadêmica do Curso de Licenciatura em Física
Ênfase
Ensino
Data inicial - Data final
12/06/2023 - 11/06/2025
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra
Resumo
O curso de Licenciatura em Física da UFPel, historicamente, sempre teve elevados índices de evasão e reprovação, especialmente nos primeiros semestres do curso. Embora essa característica não seja exclusiva do nosso curso, já que é observada em grande parte dos cursos de Física no Brasil, na UFPel o problema se agravou a partir de 2020, com o advento da pandemia de Covid-19. Nos últimos três anos o curso, além de ter reduzido fortemente o ingresso pelo SISU e PAVE, a cada semestre diversos alunos ingressantes foram desligados por abandono. Como consequência, hoje o curso tem um número bem abaixo do esperado. Soma-se a isto o fato de que o retorno para o ensino presencial produziu novos desafios aos docentes vinculados ao curso, como a dificuldade de adaptação dos alunos ao formato das aula, diretamente associada aos altos índices de reprovação, por nota ou mesmo por frequência. É dentro deste cenário que este projeto pretende atuar, já que embora as evidências apontem para o evento global de pandemia, as razões para a evasão e reprovação não são únicas. Nosso objetivo através do projeto é fazer um acompanhamento mais próximo aos alunos dos semestres iniciais, na forma de dinâmicas de grupo, oficinas, eventos, dentre outras ações que promovam o acolhimento destes discentes à vida universitária, para melhor compreender e enfrentar o fenômeno. A partir desta compreensão, o corpo docente do curso pretende reduzir os altos índices de evasão e reprovação, não somente de forma pontual, mas também através de ações permanentes vinculadas ao Projeto Pedagógico do Curso.

Objetivo Geral

O objetivo geral deste projeto é promover ações para o combate à evasão e reprovação, bem como à melhoria da formação dos discentes do curso, especialmente nos primeiros semestres.

Justificativa

O projeto se enquadra não somente como uma exigência regimental, já que o Projeto Pedagógico de Curso exige que ações que combatam a reprovação e evasão sejam propostas, mas também por ser uma preocupação constante do corpo docente e em função das características dos alunos que hoje ingressam na Universidade. Estas características não estão ligadas somente às deficiências de formação prévia, que sempre existiram, especialmente em disciplinas das áreas específicas do curso (Matemática e Física), mas também de adaptação à vida universitária, que exige autonomia, iniciativa, trabalho colaborativo e a capacidade dos alunos de superar as dificuldades impostas pela nova realidade, quando do seu ingresso no curso. Neste sentido, as ações que serão propostas dentro do projeto terão como objetivo facilitar esta transição do Ensino Médio para o ensino universitário.

Metodologia

As ações serão planejadas e desenvolvidas ao longo da duração do projeto semestralmente, a partir do calendário acadêmico 2023/1. A dinâmica de acompanhamento dos alunos envolvidos inicialmente será feita através de encontros regulares, na forma de dinâmicas de grupo com discentes e docentes do curso, especialmente no primeiro e segundo semestres após o ingresso no curso. Como é neste momento que temos observado a maior evasão nos últimos anos, seja pela infrequência ou pelas dificuldades na adaptação à rotina de estudo das disciplinas destes semestres, especialmente no primeiro, que acabam resultando na reprovação, a ideia é manter um contato mais próximo com os ingressantes. Isto será feito de diversas formas, incluindo a tutoria de grupos de alunos pelos docentes do curso, participação de alunos veteranos, especialmente os do grupo PET Física e do Diretório Acadêmico, no processo de adaptação à vida universitária, bem como no processo de rematrícula. Serão também propostos eventos de recepção aos ingressantes, como a Calourada e Semana Acadêmica, realizadas em anos anteriores à pandemia de Covid-19, palestras com egressos do curso, hoje inseridos no mundo do trabalho nas redes de Ensino (pública ou privada) e/ou que seguiram seus estudos em nível de Pós-Graduação, na área de concentração do curso ou fora dela. Oficinas de estudo em grupo, de planejamento eficiente da rematrícula, bem como da realização de Estudos Integradores e atividades de integralização da extensão, com a participação da Coordenação, docentes e discentes veteranos do curso, serão também consideradas.

Indicadores, Metas e Resultados

Os indicadores, metas e resultados esperados estão vinculados às ações que serão propostas ao longo da vigência do projeto, com foco na redução da evasão e reprovação dos discentes do curso. Na sequência apresentamos alguns deles:

Meta 1 – promover a adaptação dos discentes à vida universitária
Indicadores: número de discentes ingressantes e docentes que participam do programa de tutoria; número de discentes ingressantes e veteranos que participam das ações de acolhimento e adaptação à rotina universitária.
Resultados esperados: criação do sentimento de turma e pertencimento à UFPel; fortalecimento da empatia, da tolerância e respeito às diferenças entre alunos e docentes do curso; conhecimento dos setores de apoio aos estudantes oferecidos pela UFPel.

Meta 2 – qualificação da formação discente através de ações transversais
Indicadores: número de discentes envolvidos com o PET Física, PIBID e Residência Pedagógica; número de oficinas, eventos e cursos de formação oferecidos; número de alunos participantes em oficinas, eventos e cursos de formação oferecidos; aumento da oferta de projetos de Ensino, Pesquisa e Extensão pelos professores do curso; número de discentes envolvidos em projetos de Ensino, Pesquisa e Extensão.
Resultados esperados: melhoria do aproveitamento nas disciplinas; melhoria na formação dos discentes; redução do tempo de permanência dos discentes no curso; divulgação do curso, especialmente através de projetos de Extensão, com impacto no aumento do ingresso no curso.

Meta 3 – combate à evasão do curso
Indicadores: redução do número de alunos desligados por abandono nos primeiros dois semestres do curso; redução do número de discentes que pedem a reopção de curso através dos editais da UFPel; redução da reprovação (por frequência ou por nota) nas disciplinas do curso.
Resultados esperados: fixação dos discentes no curso.

Meta 4 – redução da reprovação nas disciplinas do curso
Indicadores: número de alunos e docentes que participam das ações de apoio acadêmico;
Resultados esperados: melhoria do aproveitamento nas disciplinas; redução do tempo de permanência no curso.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEXANDRE DIEHL15
ARLAN DA SILVA FERREIRA10
CARLOS ALBERTO VAZ DE MORAIS JUNIOR4
FABIO TEIXEIRA DIAS4
FERNANDO JAQUES RUIZ SIMOES JUNIOR12
MARUAN SILVA DOS SANTOS
MAURICIO JEOMAR PIOTROWSKI4
RAFAEL DA SILVA BRAZ
SAMANTHA CARDOSO ALVES
VALDEMAR DAS NEVES VIEIRA4
WAGNER TENFEN4

Página gerada em 21/09/2023 09:44:59 (consulta levou 0.201479s)