Nome do Projeto
Ações educativas em defesa da reforma agrária
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
08/08/2023 - 31/10/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Meio ambiente
Linha de Extensão
Desenvolvimento Rural e Questão Agrária
Resumo
O projeto tem por objetivo planejar e realizar a IX Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária (JURA) - Reforma Agrária Popular: Em Defesa da Natureza e de Alimentos Saudáveis!" Homenagem à Conceição Paludo. A JURA objetiva criar espaços de reflexão e debate acerca da reforma agrária, da defesa do meio-ambiente e da produção e consumo de alimentos saudáveis. A JURA é articulada, nacionalmente, por diferentes instituições de ensino e movimentos sociais, como ferramenta para o fortalecimento da reforma agrária. Em nossa região, diferentes instituições - como a UCPel, a UFPel, os campus Pelotas e Jaguarão do IFSUL, UNIPAMPA Campus Jaguarão, a Escola Família Agrícola da Região Sul (EFASUL), a Escola Técnica Estadual Santa Isabel (ETESI), o Colégio Municipal Pelotense, Instituto Estadual Assis Brasil, a Escola Estadual Adão Preto e o Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) - tem protagonizado a organização das Jornadas, que ocorrem em um formato itinerante. Em 2023, a JURA irá ocorrer entre os dias 21 de agosto a 6 de setembro, e será constituída de mesas redondas, atividades culturais, exposição e oficinas pedagógicas direcionadas a estudantes da Educação Básica da região sul do Rio Grande do Sul.

Objetivo Geral

Promover ações educativas que visam promover o debate sobre a reforma agrária, a defesa do meio-ambiente e a produção e consumo de alimentos saudáveis, no sentido de aproximar essas discussões de um público mais amplo.

Objetivos específicos:

Integrar diferentes instituições de ensino, envolvendo professores/as e estudantes nos debates em torno da reforma agrária;
Promover oficinas pedagógicas para estudantes da Educação Básica, oportunizando espaços para tratar de temas vinculadas à reforma agrária e a defesa do meio ambiente, especialmente sobre o marco temporal;
Realizar uma homenagem à professora Conceição Paludo, ex-professora da UFPel e uma das principais pensadoras da educação do campo no Brasil, que nos deixou no ano de 2023.

Justificativa

A Jornada Universitária em Apoio a Reforma Agrária (JURA), ao ampliar o debate e o diálogo com a sociedade sobre a importância e a necessidade do direito à terra, da agroecologia e da preservação do meio-ambiente, fomenta a reflexão acerca de uma questão central na contemporaneidade. As JURAS são desenvolvidas em diferentes instituições de ensino, comprometidas com este processo, tratando dos mais diversos temas que envolvem a questão agrária, agroecologia, sustentabilidade, soberania e segurança alimentar e direitos territoriais vinculados aos povos originários. Esta é a nona edição da Jornada que, dando sequência ao processo ocorrido nos anos anteriores, é construída por diferentes instituições e realizada em vários municípios da região sul do Rio Grande do Sul. Neste sentido, para além da qualificação dos processos já existentes, esta dinâmica estreita as relações entre as instituições de ensino da região proporcionando parcerias e potencializando produções acadêmicas futuras.

Metodologia

A IX Jornada Universitária em Apoio a Reforma Agrária compreende um cronograma de atividades que serão realizadas entre agosto e outubro de 2023. A programação da JURA inclui mesas redondas, atividades culturais, exposição e comercialização de produtos agroecológicos, vivências em assentamento da Reforma Agrária e oficinas direcionadas a estudantes de educação básica das escolas da região.

As ações realizadas a partir da proposição de oficinas temáticas visam a promoção de espaços pedagógicos destinados a trocas de conhecimentos e estão associados ao aprofundamento de dois (02) temas, quais sejam: “Reforma Agrária e Agroecologia” e “Marco Temporal”. Nesse sentido, as escolas e/ou instituições indicarão uma temática de interesse, cuja elaboração e execução será efetuada pelo PET Diversidade e Tolerância/ UFPel. A disponibilização de infraestrutura e mobilização do público participante (estudantes, trabalhadores, docentes e comunidade) será de responsabilidade de cada parceiro/instituição. A construção logística para deslocamento dos/as oficineiros/as, bem como para a realização das vivências junto aos territórios, serão objeto de deliberações da comissão organizadora da JURA Regional. As mesas de abertura e encerramento da jornada deverão ocorrer na Universidade Federal e Católica de Pelotas respectivamente.

Indicadores, Metas e Resultados

As ações e atividades que integram a Jornada, organizadas coletivamente e realizadas em diferentes espaços educativos, tanto em escolas quanto em institutos federais e universidades, permitirá ampliar e qualificar o diálogo sobre o tema, bem como aproximar essas diferentes instituições e os atores envolvidos neste processo. Neste sentido, se espera que a JURA possa fomentar outras ações e projetos comuns em torno de temas como a reforma agrária e a agroecologia.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALESSANDRA GASPAROTTO5
CAROLINE TERRA DE OLIVEIRA3
DULCINEIA ESTEVES SANTOS
Dirlei de Azambuja Pereira3
Herison de Carvalho Silva
LUIZ FILIPE DAME SCHUCH3
VANIA GRIM THIES3

Página gerada em 18/07/2024 20:28:45 (consulta levou 0.171275s)