Nome da Disciplina
EXTENSÃO RURAL
CÓDIGO
01180012
Carga Horária
45 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A Realidade da Agricultura Brasileira, a Questão Tecnológica na Agricultura, a Extensão Rural no Brasil, Comunicação Rural, Planejamento e Metodologia em Extensão Rural, Organização da População Rural, Novos Paradigmas para a Agricultura e para a Extensão Rural

Objetivos

Objetivo Geral:

Proporcionar condições para que os alunos possam atuar de forma consciente, crítica e criativa no desenvolvimento do meio rural e da sociedade como um todo, levando em consideração as dimensões culturais, sociais, ambientais, políticas e econômicas da realidade brasileira.

 

Objetivos Específicos:

- Analisar o papel da Extensão Rural no processo de desenvolvimento da agropecuária brasileira e suas relações com os demais instrumentos de Política Agrícola do Estado. Estudar os modelos teóricos de difusão e adoção de tecnologia. As questões relacionadas à comunicação; metodologia e planejamento em Extensão Rural.
- Estudar os desafios e os novos paradigmas para o desenvolvimento da agropecuária; desenvolvimento rural sustentável, agropecuária familiar; agroecologia. Enfoque sistêmico e construtivismo no processo de participação, produção e organização rural.
- Proporcionar: através de seminários, debates, programas de rádio, cartas circulares, etc.; condições para, que os alunos “exercitem as diversas formas de expressão”, fundamentais num trabalho de Extensão Rural. Através de excursões e dias de campo, estabelecer uma aproximação com o meio rural.

Conteúdo Programático

I A REALIDADE DA AGRICULTURA E DO RURAL NO BRASIL
1.1.O modelo de desenvolvimento brasileiro e suas implicações para a agricultura e o desenvolvimento rural
1.2. Concepções de desenvolvimento rural e da agricultura no Brasil
1.3. A questão agrária: formas clássicas e contemporâneas
1.4. A modernização da agropecuária brasileira enquanto projeto de desenvolvimento para o Brasil rural
1.5. Os impactos da modernização agropecuária brasileira: elementos para análise
1.6. As perspectivas da agropecuária brasileira: enfoques, dinâmicas e proposições

II A QUESTÃO TECNOLÓGICA NA AGRICULTURA
2.1. Considerações sobre a Pesquisa Agropecuária
2.2. A Tecnologia Agropecuária e os produtores rurais
2.3. As Biotecnologias agrícolas e os desafios da sustentabilidade

III A CONTEXTUALIZAÇÃO DA EXTENSÃO RURAL NO BRASIL
3.1. Origens e Histórico da Extensão Rural no Brasil
3.2.Modelos Orientadores da Ação Extensionista: modelo clássico e modelo difusionista-inovador
3.3. Modelos Contemporâneos Orientadores da Extensão Rural

IV COMUNICAÇÃO RURAL
4.1.O processo de comunicação e sua importância
4.2. O modelo clássico de comunicação rural
4.3. A nova concepção crítica do modelo de comunicação rural

V METODOLOGIA EM EXTENSÃO RURAL
5.1. O método e sua importância
5.2. Métodos de comunicação e métodos de Extensão Rural
5.3. Métodos em Extensão Rural: classificação, características, uso, limitações.

VI PLANEJAMENTO EM EXTENSÃO RURAL
6.1. Importância e princípios básicos do planejamento
6.2. Planejamento participativo

VII ENFOQUES CONTEMPORÂNEOS EM EXTENSÃO RURAL
7.1. Extensão Rural e Pobreza Rural
7.2. Extensão Rural e Segurança Alimentar
7.3 Extensão Rural e as novas formas de ocupação na agricultura: pluriatividade e multifuncionalidade
7.4 Extensão Rural e Desenvolvimento Rural Sustentável
7.5 Extensão Rural e a Nova Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (PNATER).

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • AGUIAR, Ronaldo C. Abrindo o Pacote Tecnológico: Estado e Pesquisa Agropecuária no Brasil. Ed. Polis/CNPq, 1986.
  • ALTIERI, Miguel. Agroeologia: a dinâmica produtiva da agricultura sustentável. Porto Alegre – RS, Ed. Da UFRGS, 1998. 110p.
  • BENEYTO, Juan. Informação e Sociedade: os mecanismos sociais da atividade informativa. Tradução de Maria de Lurdes Allan), Petrópolis, Vozes, 1974. 208 p.
  • BERLO, David Kenneth. O processo da comunicação: Introdução à teoria e à prática. Tradução de Jorge Arnaldo Fortes). São Paulo, Martins Fontes, 1979. 295 p.
  • CARVALHO, Horácio Martins de. A tecnologia agrícola e o pequeno produtor rural. Paraná, 1986. 42 p.
  • CARVALHO, Horácio Martins de. Introdução à teoria do planejamento. São Paulo, Brasiliense, 1979. 176 p

Bibliografia Complementar:

  • CASTRO, Josué de. Geografia da Fome. São Paulo, Brasiliense, 1957
  • CÉSAR, Paulo Bastos. A política agrícola e a produção de alimentos no Brasil. Boletim do Grupo de Conjuntura. Rio de Janeiro, CPDA/EIAP/FGV, 1980.
  • BIASI, Antonio Carlos Ferrare. Métodos e meios de comunicação para Extensão Rural. 1º vol. Curitiba, ACARPA, 1978.
  • BORDANAVE, Juan E.D. O que é Comunicação Rural. Ed. Bras. SP, 1983.
  • BORDANAVE, Juan E.D. O que é participação. SP ed. Brasiliense, 1983.
  • BORDANAVE, Juan E.D. A Transferência de tecnologia e o pequeno agricultor. IICA/Brasil, Série Publicações Miscelâneas nº 213. 1980. 119 p.
  • BRUM, Argemiro Jacob. O desenvolvimento econômico brasileiro. 2 ed. Rio de Janeiro, Vozes, 1982. 220 p.
  • DIAS, Cleimon E. A. Espaço de conflito e permanência das agências de estado: O exemplo da Extensão Rural em Santa Catarina. Tese de Mestrado. 97 p.
  • UFRRJ/CPDA. Rio de Janeiro/RS, dezembro de 1990 EHLER, Eduardo. Agricultura sustentável: Origens e perspectivas de um novo paradigma. Guaíba/RS, Ed. Agropecuária Ltda., 1999. 157 p
  • EMATER, Seminário de Extensão Rural: Enfoque participativo. Porto Alegre. EMATER/RS. 1987. 52 p.
  • EMBRATER. A comunicação na Extensão Rural: Fundamentação e diretrizes operacionais. Brasília. 1987. 52 p.
  • FONSECA, Maria Tereza Lousa da. A Extensão Rural no Brasil, um projeto educativo para o capital. São Paulo, Ed. Loyola, Coleção popular nº 3, 1985. 192 p.
  • FREIRE, Paulo. Extensão ou Comunicação? 4 ed., Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1979. 93 p.
  • FREIRE, Paulo. Educação como Prática da Liberdade. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1967. 150 p.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M2 2019 / 2 40 35 Medicina Veterinária (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEX14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
16:00 - 16:50
NADIA VELLEDA CALDAS
Professor Regente

PAULO RIGATTO
Professor responsável pela turma

ABEL PERINAZZO CASSOL
Professor Regente

MARIO DUARTE CANEVER
Professor Regente

GABRIELITO RAUTER MENEZES
Professor Regente

FLAVIO SACCO DOS ANJOS
Professor Regente

M1 2019 / 2 40 26 Zootecnia (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
TER14:00 - 14:50
14:50 - 15:40
16:00 - 16:50
LUCIO ANDRE DE OLIVEIRA FERNANDES
Professor Regente

ABEL PERINAZZO CASSOL
Professor Regente

FLAVIO SACCO DOS ANJOS
Professor Regente

MARCELO FERNANDES PACHECO DIAS
Professor responsável pela turma

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
EXTENSÃO RURAL Medicina Veterinária (Bacharelado)
EXTENSÃO RURAL Medicina Veterinária (Bacharelado)
EXTENSÃO RURAL Zootecnia (Bacharelado)

Página gerada em 18/11/2019 14:37:26 (consulta levou 0.167523s)