Nome do Projeto
Garantia da Longitudinalidade do Cuidado na Atenção Primária em Saúde durante a Pandemia de Covid-19: a UBS On-line
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
01/12/2020 - 31/12/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Eixo Temático (Principal - Afim)
Saúde / Comunicação
Linha de Extensão
Desenvolvimento tecnológico
Resumo
Unidade Básica de Saúde On-line – a UBS On-line é um serviço de teleconsulta na Atenção Primária à Saúde -APS criado pelo Departamento de Medicina Social – DMS da Universidade Federal de Pelotas - UFPel como uma das respostas da APS à pandemia do coronavírus. A proposta do UBS On-line atende a todos os ditames da Portaria do Ministro da Saúde, de origem do gabinete do Ministro de número 428, publicada no Diário Oficial da União em 20 de março de 2020 - Portaria MS/GM n º 467 de 20 de março de 2020 (1). O objetivo do UBS On-line é evitar, ao máximo, os deslocamentos de usuários dos seus domicílios até a UBS para resolver questões burocráticas, queixas de saúde mental ou mesmo queixas clínicas nas quais o exame físico não é imprescindível, considerando as condições atuais de saúde pública, e o quanto o risco de exposição ao coronavírus é maior do que o risco relativo a queixa que o paciente apresenta. Na experiência vivenciada até o momento, observamos que praticamente todas as demandas do escopo da APS acabam sendo apresentadas, mesmo nas que apresentam manifestações clínicas passíveis de exame, temos o recurso da imagem e vídeo que conseguem ainda resolver boa parte dos casos. O serviço permite também o acompanhamento dos casos suspeitos domiciliares de coronavírus que, que neste momento, em particular, são relevantes. O único recurso material necessário é um celular para cada UBS, já adquirido pela UFPel. Os recursos humanos são os médicos lotados em cada UBS que, no período da Pandemia, cumprirão sua jornada de trabalho em revezamentos quinzenais, de modo que sempre tenha algum profissional médico no seu domicílio realizando atendimentos dos pacientes da sua área pelo Whats app. Também podem compor médicos e outros profissionais do DMS que estejam afastados pela perícia da UFPel para trabalho remoto.

Objetivo Geral

Evitar os deslocamentos de usuários dos seus domicílios até a UBS para resolver questões burocráticas, queixas de saúde mental ou mesmo queixas clínicas nas quais o exame físico não é imprescindível, considerando as condições atuais de saúde pública, e o quanto o risco de exposição ao coronavírus é maior do que o risco relativo a queixa que o paciente apresenta. Na experiência vivenciada até o momento, observamos que praticamente todas as demandas do escopo da APS acabam sendo apresentadas, mesmo aquelas que apresentam manifestações clínicas passíveis de exame, temos o recurso da imagem e vídeo que conseguem ainda resolver boa parte dos casos. O serviço permite também o acompanhamento dos casos suspeitos domiciliares de coronavírus que, que neste momento, em particular, são relevantes.

Justificativa

Estudo de demanda realizado pelo Departamento de Medicina Social da UFPel (2) revelou a realização média de 177 consultas médicas por dia nas 4 UBS do DMS. Considerando que, aproximadamente metade desta demanda é de crônicos e ações programáticas, conclui-se que metade da demanda podem ser resolvidas por meios eletrônicos ou, até mesmo, adiada. Ainda assim, a outra metade é de demanda espontânea que, se não for atendida na UBS de alguma forma, irá aumentar as filas no Pronto-Socorro e UPA.
Um ponto forte do Sistema Único de Saúde em Pelotas é ter 50 UBS distribuídas no território e com longos anos de funcionamento. Em várias das UBS existem profissionais médicos lotados há bem mais de 5 anos. Sendo assim, o vínculo entre profissional e usuário construído pelo Sistema há tantos anos pode ser forte aliado para prosseguir oferecendo cuidado a população para todas as queixas, tanto queixas respiratórias como as demais queixas, buscando reduzir o risco de contágio pelo coronavirus. A vivência da UBS Online tem demonstrado percepção da relação de confiança pelo profissional, por ser este profissional o mesmo que atende presencialmente na UBS.
O sentimento de abandono dos cuidados regulares, aliado ao desconforto causado pelo isolamento social e a dificuldade de acesso ao medicamento pode ser um forte gerador de descompensação de muitos casos clínicos e de saúde mental.
Estudos apontam que de 4 a 26% da população tem transtornos mentais no período de um ano, com variações entre os países (3) , sendo aproximadamente, 20% depressão, de 3 a 4% tem doença mental severa, de 22 a 44% da população adulta tem hipertensão (4), 5 a 7% dos adultos tem diabetes (5). Quanto maior a dificuldade de acesso a acompanhamento e tratamento destes quadros, maior o risco de descompensações e de sobrecarga do Sistema de Saúde. Todos os quadros citados acima, antes da pandemia, eram acompanhados em visitas presenciais ao serviço de saúde. A UBS Online tem potencial para inverter a lógica da questão de que os crônicos, muitas vezes, acabam procurando o sistema somente em agudizações, o que dificulta a compensação. O atendimento telefônico pode ser uma ferramenta potente para identificação e acompanhamento longitudinal dos pacientes crônicos.
Diante do risco do coronavírus, quando evitar visitas ao serviço de saúde é proteger a saúde, então a Teleconsulta na APS, mantendo vínculo profissional usuário, com acesso ao prontuário eletrônico e fornecimento de receitas passa a ser a alternativa mais racional.

Metodologia

Metodologia
1. Cada UBS recebeu dois aparelhos celulares da UFPel com linha telefônica para uso no serviço UBS Online
2. As equipes definiram profissionais para atuar na UBS Online e seus horários de trabalho
3. Médico faz chamada de whats app para os pacientes selecionados, enviando uma mensagem padrão que descreve em poucas palavras o serviço da UBS ONLINE.
4. Na consulta médico tenta fazer chamada de vídeo ou por escrito.
5. O primeiro passo da consulta é pedir documento de identidade ao paciente e o médico se identificar
6. A anamnese é realizada normalmente e registrada no E-SUS
7. No caso de necessidade de exame físico, o médico avalia a alternativa de esperar momento mais seguro para consulta ou buscar consulta na UBS
8. Médico avisa UBS do dia e horário que o paciente irá para consulta
9. Receitas, requisições de exames e atestados devem ser preenchidos no E-SUS, assinados eletronicamente e poderão ser enviados eletronicamente ao paciente no caso de não se tratarem de medicamentos de controle especial
10. Poderão ser enviados ao paciente por whats app os atestados e requisições
11. Receitas poderão ser enviadas ao e-mail da UBS, se forem medicamentos a ser fornecidos na UBS para que sejam impressas na UBS e assinadas pelo colega em trabalho presencial
12. No caso de faltarem dados no prontuário eletrônico que possam estar disponíveis no prontuário papel, médico da UBS Online pode solicitar à recepção da UBS física que fotografe parte do prontuário papel que seja necessária e envie ao médico Online por whats app, permitindo a este completar o prontuário eletrônico.

Indicadores, Metas e Resultados

Indicadores:
Número de turnos de funcionamento com atendimento da UBS On-line por UBS.
Número de consultas por turno/UBS.
Metas:
Realizar atendimento pelo menos 8 turnos por semana por UBS.
Realizar 10 consultas por turno por UBS.
Resultados:
Reduzir aglomeração nas UBS.
Ser resolutivo nas necessidades de saúde.
Agendar pacientes que necessitem atendimento.

Página gerada em 31/07/2021 21:22:53 (consulta levou 0.166628s)