Nome do Projeto
Desenvolvimento, adaptação e aplicação de metodologias para gestão e desempenho
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
03/01/2022 - 31/12/2025
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Resumo
Desde a contribuição seminal de Child (1972), o papel da gestão passou de, reativa aos desafios impostos pelo ambiente externo, para também ser vista como proativa. Nesse sentido, para a Teoria da Escolha Estratégica, a decisão dos gestores é formada por interações, construção social e autonomia. Os gestores são responsáveis por suas ações, sendo uma força que molda as organizações (ASTLEY; VAN de VEN, 1983). De maneira complementar, a gestão pode ser vista como uma capacidade estratégica, sendo capaz de conduzir as organizações ao desempenho esperado (TEECE, 2018). Desta forma, guiando-se pela Teoria da Escolha Estratégica, pela Visão Baseada em Recursos e pelas Capacidades Dinâmicas, este projeto tem como premissa que a capacidade de gestão é um aspecto central para o desempenho das organizações. Este desempenho se reflete tanto em uma posição competitiva diferenciada, na sobrevivência da organização em tempos de crise, pela adaptação às mudanças, mas também pelo atendimento das expectativas e necessidades da sociedade. Assim, o desenvolvimento, a adaptação e a aplicação de metodologias de gestão contribuem para a gestão e o desempenho das organizações.

Objetivo Geral

Desenvolver, adaptar e aplicar metodologias para melhoria da gestão e do desempenho em organizações públicas e privadas dos mais diversos setores.

Justificativa

O cotidiano organizacional tem sido cada vez mais turbulento frente as demandas que se impõem e a restrição de recursos. Por exemplo, pela ótica das organizações privadas, o constante acirramento da competitividade, margens de lucro cada vez mais baixas e a crescente disputa por clientes impelem que a gestão esteja municiada de metodologias e estratégias de gestão. Já pelo lado das organizações públicas a situação tende a ser mais sensível, o empobrecimento das famílias, a perda/redução de renda, a inflação, dentre outros fatores, pressionam de forma dramática os serviços públicos, os quais, sofrem pela não menos intensa, escassez de recursos. Assim, os gestores públicos também necessitam de metodologias de gestão que possibilitem a melhor aplicabilidade dos recursos e torne a gestão da administração pública eficiente. Metodologias mais eficientes, ágeis e integradas geram benefícios tanto para a administração pública, como para o contribuinte que acessa de forma mais ágil o atendimento das suas demandas. Este projeto não é restrito a uma realidade, mas poderá ser compartilhado e implementado em diversas organizações, se constituindo como uma agenda de pesquisa do proponente.

Metodologia

Dada a sua concepção os procedimentos metodológicos deste projeto serão guiados pela perspectiva dos métodos mistos. Como destaca Creswell (2010), a combinação das abordagens qualitativas e quantitativas, proporcionada pela metodologia dos métodos mistos, está ganhando cada vez mais popularidade na pesquisa em ciências sociais, das quais se inclui a administração. Para o autor, a metodologia dos métodos mistos permite combinar os pontos fortes das abordagens qualitativa e quantitativa, reduzindo os vieses e fragilidades. Desta forma, a natureza da ação, do contexto organizacional, do problema gerencial e da metodologia de gestão a ser aplicada, guiará a aplicação customizada dos procedimentos metodológicos. Assim, este projeto contribuirá com múltiplas percepções sobre o objetivo de: desenvolver, adaptar e aplicar metodologias para melhoria da gestão e do desempenho em organizações públicas e privadas dos mais diversos setores.

Indicadores, Metas e Resultados

Como resultado geral espera-se contribuir para a melhoria da gestão e do desempenho de organizações públicas e privadas dos mais diversos setores.
O projeto tem como metas a realização de trabalhos acadêmicos (artigos, relatos técnicos, apresentação em eventos) voltados para a melhoria da gestão e do desempenho das organizações.
Espera-se desenvolver e ou adaptar metodologias de gestão customizadas para a realidade das organizações e seus contextos, identificando não conformidades e limitações dos processos.
O projeto tem como metas a formação de recursos humanos, por meio da conclusão de trabalhos de conclusão de curso, pós-graduação e de iniciação científica.
Também espera-se aproximar a Universidade Federal de Pelotas da comunidade, introduzindo alunos de graduação, especialização e mestrado, servidores e pesquisadores na solução partícipe de problemas da sociedade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANGEL ALVES HILIAN
BRUNO DA SILVA RODRIGUES
CRISTINE PARADEDA COSTA
FABIANO LUIZ OLIVEIRA PINHO1
FELIPE FEHLBERG HERRMANN1
ISABEL CRISTINA ROSA BARROS RASIA2
JOSEFER DE LIMA SOUZA
RAFAEL SCHIAVON BOLTE
VILMAR ANTONIO GONCALVES TONDOLO3

Página gerada em 29/06/2022 00:56:23 (consulta levou 0.088692s)