Nome do Projeto
Boas práticas e tecnologias de produtos alimentícios - do campo à mesa
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
01/06/2020 - 28/02/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Eixo Temático (Principal - Afim)
Tecnologia e Produção / Saúde
Linha de Extensão
Desenvolvimento regional
Resumo
Diante à demanda de realização de eventos de aperfeiçoamento ao público em geral, produtores rurais, acadêmicos e técnicos extensionistas nos temas de saúde pública, saneamento rural, zoonoses de origem alimentar e hídrica, boas práticas na produção de alimentos de origem animal, procedimentos operacionais de sanitização e tecnologias de produtos de origem animal, o projeto tem como objetivo realizar eventos de capacitação para suprir essa necessidade. Esses cursos demandam a disponibilização de material didático, sendo assim, o projeto prevê a confecção e comercialização de folders, cartazes, livros, apostilas e manuais de boas práticas a serem utilizados tanto nos cursos de capacitação como futuros materiais de consulta para público abrangente. Como complementação à formação e desenvolvimento das atividades, observa-se a necessidade de fornecer ao público externo em geral a realização de análises laboratoriais de superfícies, ambientes de produção, água e produtos de origem animal e alimentos que contenham ingredientes de origem animal.

Objetivo Geral

Objetivo geral: Proporcionar a realização de eventos de extensão aberto ao público geral de cursos de capacitação em relação à saúde pública com os temas saneamento rural, zoonoses de origem alimentar e hídrica, boas práticas na produção, fabricação, transporte, armazenagem, comercialização e consumo de alimentos de origem animal e alimentos que contenham ingredientes de origem animal, procedimentos operacionais de sanitização e tecnologias de produtos alimentícios, gestão da produção de alimentos de origem animal. Fornecer a público externo em geral a realização de análises laboratoriais de superfícies, ambientes de produção, água e produtos de origem animal e alimentos que contenham ingredientes de origem animal. Elaboração de material didático como folders, cartazes, livros e manuais de boas práticas. Comercialização de material didático.

Objetivos específicos:

1. Organização de eventos: destinados a profissionais que atuam na área da saúde pública e de alimentos, produtores rurais, profissionais que atuam em órgãos públicos e privados de extensão rural, alunos de graduação e pós-graduação de instituições públicas e privadas de ensino superior e alunos de cursos de nível técnico.

1.1. Caracterização dos eventos:
Eventos: cursos de curta duração e workshops sobre saúde pública com os temas saneamento rural e tecnologias de tratamento de água e resíduos orgânicos, controle e prevenção de zoonoses relacionadas à produção de alimentos e água, boas práticas na produção de alimentos de origem animal e alimentos que contenham ingredientes de origem animal, procedimentos operacionais de sanitização e tecnologias de produtos alimentícios.

2. Realização de análises laboratoriais:

2.1 análises microbiológicas de água de múltiplos usos e alimentos tendo como público alvo: produtores rurais, estabelecimentos comerciais e de produção, instituições privadas, instituições públicas, público em geral.

2.2. análises físico-químicas de alimentos tendo como público alvo: produtores rurais, estabelecimentos comerciais e de produção, instituições privadas, instituições públicas, público em geral.

2.3. análises microbiológicas de superfícies e ambientes de produção, fabricação, transporte, armazenagem, comercialização e consumo de alimentos tendo como público alvo: produtores rurais, estabelecimentos comerciais e de produção, instituições privadas, instituições públicas, público em geral.

2.4. realização de teste de esterilidade comercial de alimentos.


3. Elaboração de material didático como folders, cartazes, apostilas, livros e manuais:

3.1. Formatação, registro e impressão de material didático

3.2. Comercialização de material didático.

Justificativa

Desde 2013 a equipe envolvida no projeto de extensão vem desenvolvendo ações extensionistas voltadas para a área de saúde pública e produção e inspeção de produtos de origem animal tendo como cenários envolvidos na produção, saneamento, elaboração, consumo e comercialização de produtos de origem animal. A partir disso, foi criada uma nova demanda em relação à organização de eventos extensionistas ao público em geral, de cursos de capacitação em relação à saúde pública com os temas saneamento rural, zoonoses de origem alimentar e hídrica, boas práticas na produção de alimentos de origem animal, procedimentos operacionais de sanitização e tecnologias de produtos de origem animal. Esses cursos geram uma necessidade de disponibilização de material didático como folders, cartazes, livros, apostilas e manuais de boas práticas a serem utilizados tanto nos cursos de capacitação como futuros materiais de consulta para público abrangente.
Também foi verificada a necessidade de fornecer ao público externo em geral a realização de análises laboratoriais de superfícies, ambientes de produção, água e produtos de origem animal e alimentos que contenham ingredientes de origem animal. A equipe do projeto e os profissionais da área de saúde pública e inspeção e produção de produtos de origem animal tem observado uma deficiência na formação acadêmica dos alunos de graduação e pós-graduação dos cursos de Medicina Veterinária, Agronomia e Zootecnia em relação à atuação profissional nas áreas de abrangência do presente projeto. Sendo assim, a proposta contempla a participação efetiva e contínua dos alunos na preparação, desenvolvimento, avaliação e discussão das ações envolvidas e seus resultados, contribuindo para uma formação profissional completa e compatível com as exigências do mercado de trabalho atual.
Além disso, a necessidade de curricularização da extensão (Resolução Nº 42, de 18 de dezembro de 2018 - Dispõe sobre o Regulamento da curricularização das atividades de extensão nos cursos de Graduação da Universidade Federal de Pelotas - UFPEL e dá outras providências) e do atendimento das novas diretrizes curriculares nacionais do curso de Medicina Veterinária do MEC de 2019 (Resolução nº 3, de 15 de agosto de 2019, que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina Veterinária e dá outras providências) determina a participação direta dos graduandos em projetos de extensão, bem como realização de estágio nas diferentes áreas da Medicina Veterinária, incluindo Inspeção de produtos de origem animal e Saúde Pública, demandando um número maior de atividades para os alunos.

Metodologia

Os eventos extensionistas de capacitação serão preferencialmente realizados nas dependências da Universidade Federal de Pelotas, visando a uma aproximação da comunidade externa com o meio acadêmico, reunindo os atores dos diferentes cenários de abrangência do projeto. Essas capacitações serão realizadas em diferentes formatos, tais como palestras ministradas pelos docentes e alunos de graduação e pós-graduação da equipe do projeto, cursos práticos de curta duração tendo como local os laboratórios da UFPel.

Elaboração de material didático como folders, cartazes, livros, apsotilas e manuais de boas práticas a serem utilizados tanto nos cursos de capacitação como futuros materiais de consulta para público abrangente. Os conteúdos dos materiais serão confeccionados pelos alunos envolvidos no projeto com supervisão e orientação dos docentes envolvidos no projeto, havendo necessidade, será contratado serviço especializado de diagramação e impressão.

Comercialização do material didático produzido. A venda do material será intermediada por Fundação de Apoio à UFPel através de contrato.

Realização de análises laboratoriais: disponibilizar através de prestação de serviço a possibilidade do público externo em geral realizar análises laboratoriais de superfícies, ambientes de produção, água, produtos de origem animal e alimentos que contenham ingredientes de origem animal. As metodologias serão realizadas segundo legislação vigente.

As análises laboratoriais serão realizadas pelos alunos envolvidos no projeto com supervisão e orientação dos docentes e técnicos. A cada semestre existe uma rotatividade nos alunos que ingressam no projeto, uma vez que aqueles que foram devidamente capacitados para a execução e interpretação das análises concluem o período de graduação, finalizando sua participação no projeto, ao mesmo tempo que novos alunos ingressam como colaboradores, necessitando de treinamento adequado. Dessa forma, justifica-se a necessidade de continuidade do projeto unificado.

Indicadores, Metas e Resultados

Indicadores:
- Número de pessoas participantes dos eventos.
- Número de análises laboratoriais realizadas.
- Número de material didático confeccionado e comercializado.

Metas:
- Eventos: o projeto objetiva realizar 8 cursos (20 vagas cada), sendo 2 por ano, e 4 workshops (40 vagas cada), sendo um por ano.
- Realização de análises laboratoriais: o projeto objetiva realizar aproximadamente 150 análises anuais.
- Material didático: o projeto objetiva organizar e confeccionar 5 folders por ano e um manual a cada dois anos, 12 cartazes, 8 apostilas e um livro.

Resultados esperados:
- Atingir pelo menos 90% das metas estabelecidas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRUNA GAROFALI SIMONE DRABER
CAROLINE SCHMECHEL SCHIAVON
DANIELE BONDAN PACHECO
FABIO RAPHAEL PASCOTI BRUHN21
FERNANDA DE REZENDE PINTO24
FERNANDO DA SILVA BANDEIRA21
HELENICE GONZALEZ DE LIMA24
JOZI FAGUNDES DE MELLO2
JÉSSICA DAL VESCO
NATACHA DEBONI CERESER23

Recursos Arrecadados

FonteValorAdministrador
Material DidáticoR$ 5.000,00Fundação Delfim Mendes da Silveira
Cursos de capacitaçãoR$ 25.000,00Fundação Delfim Mendes da Silveira
Análises LaboratoriaisR$ 55.360,00Fundação Delfim Mendes da Silveira

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
BolsasR$ 4.000,00
Hospedagem e alimentaçãoR$ 4.000,00
Manutenção de máquinas e equipamentosR$ 8.000,00
Confecção de cartaz para divulgaçãoR$ 1.000,00
Adequação do espaçoR$ 3.000,00
Despesa administrativa da fundação de apoioR$ 14.167,84
Outros serviçosR$ 2.600,40
Passagens e despesas com locomoçãoR$ 9.000,00
Despesas com diáriasR$ 4.000,00
Material de laboratórioR$ 19.591,76
Material de manutenção de máquinas e equipamentosR$ 5.000,00
Material de limpezaR$ 1.000,00
Obras e instalaçõesR$ 5.000,00
Equipamentos e material permanente (móveis, máquinas, livros, aparelhos etc.)R$ 5.000,00

Página gerada em 15/06/2021 03:44:00 (consulta levou 0.396219s)