Nome do Projeto
Barraca da Saúde: cuidado interdisciplinar com as comunidades da zona sul (Versão Turbo)
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
16/03/2021 - 31/12/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde
Eixo Temático (Principal - Afim)
Saúde / Educação
Linha de Extensão
Saúde humana
Resumo
O presente projeto de extensão se constituiu da parceria de Professores e estudantes de graduação e pós graduação da Faculdade de Enfermagem com a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura e com os estudantes e os professores e professoras dos cursos de Nutrição, Farmácia, Psicologia, Terapia ocupacional, Medicina Veterinária, Medicina, Educação Física, Odontologia, Jornalismo, Gestão Ambiental, Engenharia Geológica, Química, Letras, Zootecnia, Ciências Biológicas, Antropologia e Direito. Desenvolver atividades de extensão relacionadas as práticas interdisciplinares de educação em saúde na comunidade urbana e rural, comunidades indígenas e quilombolas, sua, cultura, e modos de vida, aproximar todos estudantes envolvidos com a diversidade que pode e deve ser vivenciada pela extensão universitária disponível na relação universidade comunidade. Objetivos específicos: realizar atividades interdisciplinares de prevenção de riscos e agravos, capacitar estudantes sobre práticas interdisciplinares, estabelecer parceria e capacitações com outros projetos de extensão, capacitar profissionais, realizar oficinas de promoção de saúde, e organizar atividades virtuais de extensão. O percurso metodológico prevê os seguintes passos: 1) Realização de reuniões esporádicas entre coordenação do projeto e os estudantes, professores, técnicos e representantes de serviços e ou de comunidades, bem com reuniões esporádicas com a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura a fim de compartilhar informações sobre as atividades realizadas, 2) Ampliar a aproximação com os membros do Fórum Social, com escolas e escolares, com Secretarias Municipais de Saúde e de educação, Unidades Básicas de Saúde, com os grupos comunitários e com os movimentos sociais. 3) Estimular continuamente a participação de no mínimo 200 estudantes e mais professores de diferentes cursos (graduação e pós-graduação) para participar das atividades de extensão do projeto, 4) Elaborar o cronograma de trabalho a partir de março de 2021 até dezembro de 2024, 5) Solicitar apoio estrutural das gestões municipais e da própria Pró-Reitoria de Extensão e cultura na ocasião de convite para as visitas aos municípios da zona sul, 6) Definir atividades mensais a serem desenvolvidas pelo grupo, 7) Elaborar trabalhos, artigos e produções textuais, bem como a organização dos relatórios das atividades, 8) Elaborar instrumentos de avaliação das atividades para que possam ser utilizados pelas comunidades envolvidas, 9) Realizar de reuniões semanais com a equipe de trabalho para definição das atividades e 10) Realizar sempre que possível rodas de avaliação com os participantes das atividades comunidades visitadas. Dentre os Resultados Esperados: expandir atividades de extensão para no mínimo 5 municípios da região sul, favorecendo o acesso e a troca de informação entre estudantes, profissionais e comunidade. Ampliar para no mínimo de 200 estudantes participantes, 20 mil pessoas assistidas direta e indiretamente, A partir disso, cabe a todos nós das universidades, dos cursos de graduação e pós graduação, dos cursos técnicos, das secretarias municipais de saúde e de educação, dos poderes executivos, legislativo, dos movimentos sociais a partilha dos ensinamentos científicos e populares sobre a formação universitária alicerçada no cuidado interdisciplinar ao humano, a natureza, aos territórios com vistas a produção de recursos e estratégias que confluam com a qualidade de vida e nas vidas.

Objetivo Geral

Desenvolver atividades de extensão relacionadas as práticas interdisciplinares de educação em saúde na comunidade urbana e rural, comunidades indígenas e quilombolas, sua, cultura, e modos de vida, aproximar todos estudantes envolvidos com a diversidade que pode e deve ser vivenciada e possibilitada pela extensão universitária oferecida na relação universidade comunidade.
Objetivos específicos: realizar atividades interdisciplinares de prevenção de riscos e agravos, capacitar estudantes sobre práticas interdisciplinares, estabelecer parceria e capacitações com outros projetos de extensão, capacitar profissionais de diferentes áreas, realizar oficinas de promoção de saúde, e organizar atividades virtuais de extensão, que foram devidamente ampliadas com as experiências que estamos vivendo e que estão relacionadas a pandemia da covid 19.

Justificativa

No projeto de extensão Barraca da Saúde existe uma sinergia solidaria de trabalho que favorece o acolhimento e respeito da diversidade, da pluralidade e da convivência com diferentes culturas, considerando que seu embrião se deu no amago de atividades de extensão entre outros grupos de extensão dentro da própria Faculdade de Enfermagem no amago da comunidade Quilombola Rincão da Faxina do município de Piratini e em comunidade rural do município de Santa vitória do Palmar. Desde o inicio de suas atividades nós convidamos estudantes da zona urbana e rural, de comunidades quilombolas e indígenas, de cursos da área da saúde, da área das humanas, das ciências biológicas, das ciências agrarias, e das ciências exatas.
Durante o último período de realização do projeto nós contamos com a colaboração voluntária de trabalho de aproximadamente 184 estudantes de graduação e pós graduação, oito professores de diferentes áreas do conhecimento da UFPEL, uma técnica em educação da UFPEL, uma profissional enfermeira da Secretaria Municipal de Saúde de Pelotas, duas trabalhadoras terceirizadas da UFPEL. Além disso, também, na construção de sua história foi possível ampliar parceria com cursos da Faculdade Anhanguera, da Universidade Católica de Pelotas e de Cursos técnicos de Enfermagem do município de Pelotas. Foram mais de cinco municípios visitados, mais de 12 escolas, uma instituição filantrópica, foram várias participações em manifestações em defesa da Universidade Pública, mais de 5 mil pessoas assistidas presencialmente, e por volta de 8 mil pessoas que acessaram nossas produções virtuais. A versão turbo possibilitada pela extensão universitária oferecida na relação universidade comunidade. Esse projeto transforma um sonho de extensão universitária o qual consegue potencializar a relação e sobretudo a força da relação interdisciplinar na formação dos futuros profissionais que estarão no mundo e pelo mundo, buscando com seus aprendizados promover a construção de um mundo com justiça social, comprometido com o respeito e acolhimento da diversidade, com a sustentabilidade, com a ciência, com os conhecimentos populares e originários e fazer isso com todas as pessoas envolvidas.

Metodologia

O percurso metodológico prevê os seguintes passos: 1) Realização de reuniões esporádicas entre coordenação do projeto e os estudantes, professores, técnicos e representantes de serviços e ou de comunidades, bem com reuniões esporádicas com a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura a fim de compartilhar informações sobre as atividades realizadas, 2) Ampliar a aproximação com os membros do Fórum Social, com escolas e escolares, com os grupos comunitários e com os movimentos sociais. 3) Estimular continuamente a participação de estudantes e professores de diferentes cursos (graduação e pós-graduação) para participar das atividades de extensão do projeto, 4) Elaborar o cronograma de trabalho a partir de março de 2021 até dezembro de 2024, 5) Solicitar apoio estrutural das gestões municipais e da própria Pró-Reitoria de Extensão e cultura na ocasião de convite para as visitas aos municípios da zona sul, 6) Definir atividades mensais a serem desenvolvidas pelo grupo, 7) Elaborar trabalhos, artigos, resumos e outras produções textuais, bem como organizar os relatórios das atividades, 8) Elaborar instrumentos de avaliação das atividades para que possam ser utilizados pelas comunidades envolvidas, 9) Realizar reuniões semanais com a equipe de trabalho para definição das atividades e 10) Desenvolver rodas de avaliação com os participantes das atividades comunidades visitadas.

Indicadores, Metas e Resultados

Expandir atividades de extensão para no mínimo 8 municípios da região sul, favorecendo o acesso e a troca de informação entre estudantes, profissionais e comunidade. Ampliar para no mínimo de 200 estudantes participantes, e ampliar para aproximadamente 20 mil pessoas assistidas direta e indiretamente pelas ações do projeto.
A partir disso, cabe a todos nós das universidades, dos cursos de graduação e pós graduação, dos cursos técnicos, das secretarias municipais de saúde e de educação, dos poderes executivos, legislativos, da sociedade civil, dos movimentos sociais: a partilha dos ensinamentos científicos e populares sobre a formação universitária alicerçada no cuidado interdisciplinar ao humano, a natureza, aos territórios com vistas a produção de recursos e estratégias que confluam com a qualidade de vida e nas vidas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANO TEIXEIRA DOS SANTOS FILHO
AGUIMAR DA SILVA LIMA FILHO
ALICE KUNZGEN SCHEER
ALINE BRANDAO
ANA CAROLINA LEAL SANTOS
ANA CAROLINA OLIVEIRA NOGUEIRA3
ANA PAULA DOS SANTOS DUARTE
ANDRIELI SIEMIONKO LACERDA
ARIADNE FERNANDES
BRUNA VIEIRA PEGORARO
BRUNA ZACARIA VILLELA
BRUNO ESPEL CALLEARI
BRUNO SAVIUS SILVEIRA FRANCK
CAMILA SEBAJE DA SILVA DIAS
CARINA LEMOS GONZALES
CARLOS ALBERTO COSTA DUARTE JUNIOR
CAROLINA LESSA VIEGAS
CAROLINE SA BRITTO GRIEP
CLEITON EUDIS NUNES SILVA
CRISTIANE DOS SANTOS OLIVEIRA
DAIANE MONFRIN MEIATO
DANIELA KONRADT DOS SANTOS
DENYAN ALVES SILVEIRA
ELISANGELA COUTINHO DA SILVA
ENYA CAROLINE JACOBSEN
ESTELA MONTES DE OLIVEIRA JORGE
FELIPE FEHLBERG HERRMANN5
FILIPE PEREIRA DE MORAIS
FRANCINE NUNES FERREIRA
GABRIEL MOURA PEREIRA
GABRIELA RUSCH
GRAZIELA DA SILVA SCHILLER
GRAZIELLA MARTINS GUIMARAES
GUILHERME REINHARDT UGOSKI
GUILHERME RICHER DOS SANTOS OLIVEIRA
ISABEL DE AGUIAR VAZ
ISABELLA ANDRADE DA SILVA
JADE MAUSS DA GAMA
JANAINA GONCALVES TAVARES
JESSICA CRISTINA ALVES
JESSICA DOS SANTOS RIOS
JESSICA VIEGAS PEREIRA
JOAO GABRIEL MUNHOZ PEREIRA
JOSIANE KÖNZGEN SCHNEID
JOSUÉ BARBOSA SOUSA
JULIANE FERNANDES MONKS DA SILVA2
KARINA RANGEL GAUTERIO
LARISSA MELLO ZOK
LUANA PEREIRA DE AZEVEDO
LUCAS CANEZ BEDUHN
LUCAS DA SILVA DELLALIBERA
LUIS NATANAEL ADAM CARDOSO
LUIZ HENRIQUE GOMES DA COSTA
LUTIANE GABRIELLE BRITO VICTORIA
MARTA SOLANGE STREICHER JANELLI DA SILVA2
MATHEUS DOS SANTOS RODRIGUES
MATHEUS MARQUES COSTA E SILVA
MAUREN MOTTA DE SOUZA
MICHELE MANDAGARA DE OLIVEIRA9
MICHELE PEGORARO DA SILVA
MILENA QUADRO NUNES
MONIKE AMORIM DA SILVEIRA
Moisés Roque da Silva Lelis
NATALIA GONCALVES TAVARES
NATHANY DEBORTOLLI RODRIGUES
NAYENE GOUVEA HENRIQUES
OTAVIO PEREIRA D AVILA
RAFAEL BUENO ORCY
RAYSSA SILVA DA CRUZ
RENAN PEREIRA PINTO
ROSIANE VERGARA LEMOS
SAMANTA BRIZOLARA COUTINHO
SAMANTA BRIZOLARA COUTINHO
SIDNEI ALVES MORALES
TAÍS ALVES FARIAS
THOMAS DA LUZ RODRIGUES
VAGNER CAZAROTTO ONUCZAK
VALERIA CRISTINA CHRISTELLO COIMBRA2
VICTORIA RIPPOL CARDOSO
VINICIUS KAISER QUEIROZ
VINICIUS QUINTANA NUNES
VIRGÍNIA MARIA NUNES LEITE
VITORIA PERES TREPTOW
VIVIAN PEIXOTO GONCALVES
WILSON TEIXEIRA DE ÁVILA
ZAYANNA CHRISTINE LOPES LINDOSO2
alexia vargas de vargas

Página gerada em 06/12/2021 02:38:49 (consulta levou 0.183203s)