Nome do Projeto
Cidades de médio porte do extremo do sul do Brasil e em zona de fronteira: qualificação e proposição de espaços públicos sensíveis às relações intergeracionais, inclusivas e sustentáveis
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/06/2023 - 31/05/2027
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Resumo
O projeto pretende, a partir do estudo sobre a qualidade de espaços urbanos das cidades de médio porte Pelotas e Bagé, situadas em zonas de fronteira no extremo sul do Brasil, em zonas de fronteira, estabelecer parâmetros de avaliação e construção de espaços urbanos qualificados e inclusivos nos aspectos culturais, sociais e ambientais. Com base no reconhecimento das especificidades culturais, históricas, sociais e ambientais de cada contexto o estudo propõe a promoção de relações intergeracionais e inclusivas em uma cidade saudável e sustentável.

Objetivo Geral

1. Estudar parâmetros de qualidade urbana para a construção de espaços de inclusão intergeracional, que sirvam como subsídios à atuação de planejadores projetistas, pesquisadores e docentes.
2. Propor amplo debate sobre o direito à cidade e sobre políticas públicas promovidas para as cidades de médio porte que levem em conta aspectos espaciais, culturais, sociais e ambientais.

Justificativa

A proposta deste projeto de pesquisa com atuação que considera as complexidades do lugar social trará um incremento substancial do conhecimento na área de arquitetura e urbanismo e áreas afins.
Também proporcionará:
- Continuidade e ampliação dos temas de estudo junto ao projeto CapesPrInt (Núcleo de Estudos sobre
Cidades Saudáveis, Envelhecimento e Cidadania);
- Concretização de trabalho integrado entre as várias linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo com potencial incremento substancial da produção científica do Programa;
- Realização de ações extensionistas como lugar de diálogo com a sociedade e de estabelecimento de processos colaborativos para a detecção de demandas e formulação de soluções.

Metodologia

Este é um estudo que pretende abordar a análise da qualidade do espaço urbano a partir de várias metodologias concernentes aos diversos campos do conhecimento na área de arquitetura e urbanismo.
Propõe os seguintes procedimentos:
- Consolidação do cronograma - verificando todas as etapas do projeto, revisão das metas e dos pesquisadores envolvidos;
- Realização de seminário –aberto à comunidade da graduação e pós-graduação - de apresentação dos trabalhos e da metodologia de trabalho da equipe de professores e alunos;
- Revisão e sistematização do temas tratados e regiões geográfica estudadas nas dissertações concluídas do PROGRAU: pesquisa nas dissertações depositadas no repositório Guaiaca, destacando: regiões estudadas, corte temporal, corte geográfico, palavras chaves predominantes, participação de membros externos e internos nas bancas;
- Análise de setores da cidade de Pelotas e Bagé apropriados para desenvolvimento de pesquisas-modelo quanti-qualitativa: - organização e sistematização das dimensões do espaço urbano a serem analisadas e das questões a serem respondidas pela pesquisa;
- Consolidação das áreas de estudo: revisão do potencial e dos limites das áreas previamente consideradas utilizadas na pesquisa do grupo PlaceAge em Pelotas e avaliação das áreas passíveis de estudo em Bagé;
- Revisão bibliográfica preliminar: pesquisa do estado da arte referente a investigações sobre estudo do espaço urbano no PROPAR e no PROPUR, ambos programas de pós-graduação da Faculdade de Arquitetura da UFRGS, averiguando principais bibliografia e metodologias empregadas. Determinação da bibliografia básica da pesquisa;
- Coleta de dados sobre as áreas urbanas de estudo determinadas em Bagé e Pelotas: revisão dos estudos realizados sobre a região e áreas e levantamento de material gráfico, iconográfico e teórico;

- Seminário grupo 1- Temas Teoria, história e patrimônio: - reuniões/seminários com grupos de trabalho; convite a pesquisadores externos à instituição e com expertise no assunto;
- Preparação da publicação dos resultados dos seminários sobre aspectos teóricos e conceituais;
- Seminário grupo 2- Temas percepção, cartografias e conforto: reuniões/seminários com grupos de trabalho; convite a pesquisadores externos à instituição e com expertise no assunto;
- Preparação da publicação dos resultados dos seminários sobre aspectos técnicos
- Revisão bibliográfica complementar: pesquisa do estado da arte referente a investigações sobre estudo do espaço urbano em Programas de Pós-Graduação e Centros de pesquisa nacionais e internacionais selecionados, averiguando principais bibliografia e metodologias empregadas. Complemento da bibliografia básica da pesquisa;
- Levantamentos e estudos preliminares - históricos, culturais, sociais, ambientais;
- Oficinas e cartografias com as comunidades locais;
- Análise das zonas urbanas de Pelotas e Bagé em suas várias dimensões integrando as várias metodologias de espaço urbano das diversas Linhas de Pesquisa do PROGRAU;
- Levantamentos e estudos físicos, históricos, culturais, sociais, ambientais do espaço urbano;
- Seminário: discussão sobre o andamento dos trabalhos e avaliação dos resultados preliminares do estudo. Preparação de relatórios técnicos;
- Complementação da análise das zonas urbanas de Pelotas e Bagé em suas várias dimensões integrando as várias metodologias de espaço urbano das diversas Linhas de Pesquisa do PROGRAU;
- Seminário discussão e avaliação dos resultados parciais da pesquisa. Reflexões sobre pesquisa teórica x pesquisa empírica;
– Seminários de avaliação dos resultados e proposições;
– Preparação de material para publicação.

Indicadores, Metas e Resultados

Metas e Produtos:
- Apresentação de artigos em pelo menos 10 conferências nacionais e internacionais
- 10 Artigos de autoria exclusiva ou coletiva publicados em periódicos revisados por profissionais da área;
- Livro com participação dos pesquisadores do programa participantes da proposta com base nos resultados encontrados (idiomas português, inglês e espanhol);
- Resumos expandidos/artigos curtos em jornais e revistas relevantes para área, sendo publicados nos estágios intermediários do projeto;
- Conjunto de parâmetros e critérios para análise da qualidade do espaço urbano em cidades de porte médio e localizadas no extremo sul do Brasil ;
- Disciplinas do Programa de Pós-graduação que contemplem a conexão entre as várias Linhas de Pesquisa e a interdisciplinaridade;
- Diretrizes para oficinas comunitárias com o fim de inserção da população nos processos de diagnóstico e proposição em relação aos seus espaços de vivência.

Resultados:
- Consolidação das interações entre as áreas intra e extra disciplinares nas práticas de pesquisas com o consequente desenvolvimento e aprimoramento de metodologias de estudo e tecnologias auxiliares. Se espera que tal feito contribua para o aumento qualitativa e quantitativo da produção de dissertações e se alcance uma maior equilíbrio na distribuição das orientações entre os docentes do Programa.
- Incremento da produção de conhecimento em geral e científica em especial, em particular sobre os temas de cidades com caráter de porte médio e em contextos de fronteiras. Se espera que a relação com instituições de ensino e pesquisa da região - Universidade Católica de Pelotas (UCPel), Centro Universitário da Região da Campanha (URCamp) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSUL) - os dois últimos localizados na cidade de Bagé, amplie a produção científica, técnica e didática na área geográfica em estudo.
- Aumento do impacto e aprimoramento das comunicações e trocas com diversas representatividades do mundo acadêmico, científico, político e comunitário, aprimorando os processos de internacionalização com as diversas parcerias com instituições de ensino superior e centros de pesquisas, dentro de inúmeros projetos já realizados e em andamento no âmbito de cooperação internacional.
- Construção e consolidação dos veículos de comunicação com as comunidades urbanas para o fortalecimento da função social da universidade por meio da produção de conhecimento acessível.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANA ARAUJO PORTELLA4
ADRIANE BORDA ALMEIDA DA SILVA4
ALEXSANDRA DA ROSA DE LOS SANTOS
ALINE MONTAGNA DA SILVEIRA4
ANA LUCIA COSTA DE OLIVEIRA
ANTONIO SOUKEF JUNIOR18
Alexandre Tarouco Nunes
Alice Bemvenuti
CELIA HELENA CASTRO GONSALES5
CINTIA VIEIRA ESSINGER
CLAUDIA TURRA MAGNI3
CRISTHIAN MOREIRA BRUM3
CRISTIANO CORREA FERREIRA
EDUARDO ROCHA4
FABIO DANIEL MENDES CAETANO
FRANCIELE FRAGA PEREIRA2
Fernanda Jahn Vetti
GUILHERME PINTO DE ALMEIDA
ISADORA BAPTISTA ALVES
LISANDRA FACHINELLO KREBS4
LOUISE PRADO ALFONSO4
MAIRA EVELINE SCHMITZ
MONIQUE GRECHI
NATALIA NAOUMOVA4
NATÁLIA TORALLES DOS SANTOS BRAGA
NIRCE SAFFER MEDVEDOVSKI4
RAFAEL EINHARDT FISS

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPES / Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível SuperiorR$ 48.000,00Coordenador

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
339014 - Diária Pessoa CivilR$ 9.600,00
339018 - Auxílio Financeiro a EstudantesR$ 4.500,00
339030 - Material de ConsumoR$ 4.000,00
399032 - Material de Distribuição GratuitaR$ 3.000,00
339033 - Passagens de Despesas de LocomoçãoR$ 15.000,00
339036 - Outros Serviços de Terceiro - Pessoa FísicaR$ 6.000,00
339039 - Outros Serviços de Terceiro - Pessoa JurídicaR$ 5.900,00

Página gerada em 27/05/2024 00:46:31 (consulta levou 0.322368s)